quinta-feira, 25 de outubro de 2012

[Crítica] Dexter - 7x04: Run

Pernas pra que te quero.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Para a temporada mais temida pelos fãs, um grande retorno. E para uma semana qualquer, mais um grande episódio. Não é a toa que Dexter coleciona uma legião de fãs satisfeitos que anseiam por mais a cada expectativa superada. Já disse isso, e me sinto no dever de repetir: Tivemos o melhor início de temporada até agora, e já podemos depositar toda nossa confiança em Dexter para termos um ano ainda mais épico que o anterior. Claro que os mais exigentes vão me achar um exagerado, mas quanto a isso, só o que posso fazer é lamentar.

Cinquenta minutos é muito pouco pra Dexter, não acham? Principalmente depois que o roteiro nos jogou no meio desse confronto entre ética e moral, onde o certo e o errado é apenas uma questão de opinião... Ou de necessidade. Vimos uma Deb relutante quanto a aceitar a condição do irmão, e com bastante razão, considerando seu emocional abalado e sua conduta como Tenente. Mas o único motivo para que ela não conseguisse aceitar ter um irmão que mata apenas assassinos, era exatamente o motivo pelo qual ele matava. Se Dexter fosse apenas o justiceiro da cidade que elimina o lixo por se achar no dever, seria plausível, e até mesmo curável. Mas tudo isso vinha junto de troféus, frieza, obsessão, e uma série de outros fatores que podem colocar em risco a vida de quem está ao seu redor, incluindo a sua.

O mais interessante de tudo isso foi ver Deb questionando tudo o que Dexter questionou em si mesmo no decorrer da série. Temas como a culpa pela morte da Rita, a capacidade de amar alguém, tudo o que ele tentou descobrir nesses anos todos e precisa urgentemente lhe explicar. Talvez no livro as respostas fossem duras demais pra serem ditas, mas na série, Dexter conseguiu se aproximar de sua humanidade o suficiente para que o Tabu do amor ao próximo fosse explicado.

Por outro lado, se sentar pra conversar resolvesse acho que Dexter já teria tentado. O único jeito que eu vi pra contornar a situação era Deb conseguir se desprender dos contras de levar aquela vida para enxergar a situação como um mal necessário. Para isso foi trazido o Assassino Minotauro que fugiu no episódio passado, por quem Deb criou um ódio pessoal. Apesar de ter dado um SHOW para que conseguisse uma confissão, ele foi solto devido a um equívoco – muito estranho – e voltou as ruas todo montado no touro ousado pra cometer mais um homicídio. Até seguiu a Tenente e tirou sarro do seu escândalo, o que me levou a conclusão de que se Dexter não tivesse intervido, Deb provavelmente seria sua próxima vítima.

Então, ponto pro nosso herói mais uma vez. Não é fácil lidar com uma irmã pentelha, um filho pequeno, um assassino com mais de oito mil de poder de luta e ainda conseguir fazer um bom trabalho.  Isso porque ele ainda não sabe que tem uns ucranianos banhados na saliência dando um preço pela sua cabeça. Aí eu já fiquei preocupado. Acho que nosso vilão Isaak tem tudo o que um assassino bem sucedido pode ter. Dinheiro, contatos, subordinados, e a ausência de um coração, que o ajuda a ser frio para tomar certas atitudes. Ou seja, se Dexter continuar achando que a morte de Viktor já deu o que tinha que dar, vai ser pego desprevenido.

Por sorte sua trama foi petrificada essa semana para que Dex resolvesse alguns assuntos pendentes. Nada de tão importante aconteceu se não uma tramoia – estranhíssima - de Isaak para que a Miami Metro Homicides deixe seu pessoal em paz. Ele obrigou seu barman a confessar o assassinato da stripper e do policial e se matar em seguida, ou então acabaria com toda sua família. Oi? É isso mesmo, Evaristo? Foi uma cena completamente desnecessária, ainda mais por causa da reação da pobre vítima. Isaak só precisou lançar duas ameaças pro homem estourar os miolos, não teve clima algum, e nem fazia sentido alguém desistir da sua vida quando estava com uma arma nas mãos e podia atirar em todos que estavam naquela sala. Triste, mas o trash infelizmente se apossou dessa cena.

Dentre outros acontecimentos, gostaria de ressaltar a reaparição da loira oxigenada com quem Dexter teve um clima no episódio anterior. Será mesmo que devemos nos preocupar ou a aparição dela foi apenas aleatória? Porque né... Dexter fez suspense com a história do Louis desde a sexta temporada e simplesmente o matou antes que nos dessem explicações. Não acharia nada estranho a garota se aproximar apenas para ser mais uma vítima da “grande batalha” que está por vir, ou qualquer outra coisa não tão relevante. De qualquer modo, ela é linda, e sua participação na série é super válida. Mas e se estivermos lidando com uma Lila 2.0, como lidar?

Promo 7x05 "Swim Deep" Legendado
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
6 Comentários

Comentário(s)

6 comentários:

  1. Estranhamente esse vilão da temporada só me convenceu como vilão após essa cena do suicídio, não achei que foi forçado você observa pelo personagem do barman que parecia ser um cara muito ''fraco'' desde quando apareceu na primeira cena e o ''exterminador'' percebeu isso, achei a cena muito boa, quase morri de medo na cena do Touro kkk

    ResponderExcluir
  2. Também gostei da cena do assassinato, mas a melhor fala foi: "Eu não corro, eu faço as pessoas correrem de mim... A não ser que um touro com um machado esteja me perseguindo". Eu ri.

    ResponderExcluir
  3. vanessa vasconcelos reznor26 de outubro de 2012 00:10

    é,realmente a cena do suicídio foi trash pra kralho,o cara nem lutou por sua vida,estou sem palavras quanto a isso.mas de resto foi bem legal esse episódio.

    ResponderExcluir
  4. Poxa! Fiquei esperando a crítica do episódio 5... CADÊ? :-(

    ResponderExcluir
  5. Emilson
    A Crítica sairá no Domingo, porque meu computador estava com problemas, e nenhum outro autor do Blog acompanha a série, por isso não puderam me substituir. Mas, já está tudo certo, e todas as críticas atrasadas sairão logo =D

    ResponderExcluir
  6. É isso aí! Não quis apressar heim? Só cobrando pois acho um complemento interessante aos episódios, e muitas vezes engraçado. Parabéns

    ResponderExcluir