segunda-feira, 22 de outubro de 2012

[Crítica] Beauty and the Beast - 1x02: Proceed with Caution


Esqueça o passado. Pense no futuro.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Apesar desta série ter ido muito bem na Series Premiere e ter alcançado um ótimo número em relação a demo, temos que ficar de olhos abertos. Neste segundo episódio, os números caíram significamente, mas ainda não devemos nos preocupar. A demo ainda está superior a muitas outras séries do canal CW e já era previsível uma queda na audiência. Agora teremos que rezar para que os números se estabilizarem e que não caia muito mais, porque os números forem parecidos, a CW sempre toma partido das veteranas e o cancelamento é certo. Enfim, não vamos nos preocupar com isso agora, não é mesmo?

O episódio desta semana foi fraco. Bem mais fraco que o anterior. Estou dizendo em todos os sentidos. A investigação policial da protagonista foi fraca, o relacionamento entre a Cat e o Vincent e a trama geral da temporada. Nada andou direito, mas pelo menos uma cena fofa no final salvou o episódio para ir para a minha sessão pessoal de "episódios ruins". Vamos começar falando sobre o enredo geral desta semana, onde nada acontece, e apenas se repete alguns momentos do Piloto, o que é trágico, de certa maneira. Não tivemos mais nenhuma informação nova e o episódio seguiu o mesmo molde da semana anterior. Tivemos um caso, diversos encontros entre os protagonistas e em determinado momento ela é atacada. E apesar dela saber lutar muito bem, o que é interessante, ela sempre tem que ser salva pelo Vincent no final. Espero que até o final da temporada, ela consiga sair de uma briga sozinha.

E eu sou obrigado a reconhecer que se fosse o Vincent teria dado um soco na cara da Cat. Certo, brincadeira, mas certamente ficaria com raiva. E quando ele fica com raiva, vocês sabem o que acontece. O importante mesmo é que ela estava muito chata, só perguntando sobre a sua mãe o tempo inteiro. Faltou desenvolvimento, faltou objetivo, entende? Acompanhamos 42 minutos de uma personagem tentando uma informação que era óbvio que não viria neste começo de temporada, o que é muito frustrante. Pelo menos no final ela percebeu o quanto estava insuportável e se deu por vencida, percebendo que estava se alimentando do passado e isso não é saudável para o seu futuro.

Mas o pior momento ainda estava por vir, quando a folgada roubou uma foto do Vincent e simplesmente colocou a todos em perigo. Espero que tenha uma explicação muito boa para isso tudo. Como foram liberadas algumas informações (bem poucas!), a mãe da Cat não estava trabalhando em uma cura para o Vincent, como eu havia pensado. Mas ela definitivamente estava envolvida com alguma coisa muito séria. Vincent, por sua vez, foi muito compreensivo. Ficou com raiva e mostrou o seu rosto monstruoso uma vez, mas nada que ele não controle. Aliás, ele matou o cara que atacou a Cat. Sabe como é, apenas uma porradinha e o cara morreu, mostrando o quanto ele é poderoso e mortal. Adoro quando os personagens matam outros e nem se importam.

Já quanto ao caso da semana, não posso dizer que foi ruim, mas eu sabia desde o começo quem era o responsável. Não tivemos muitos personagens para desconfiar e trabalhar no desenvolvimento do caso, então eu escolhi o único que aparentemente não era culpado e pronto, acertei em cheio. Espero muito que o próximo seja mais complexo. Gostaria também de casos mais sangrentos, algo épico e doentio. Até agora, as coisas estão muito normais, espero que tenha um crescimento na qualidade e na emoção que a trama nos passa. Eu vou perdoar porque ainda estamos no começo da temporada, mas eu estou de olho.

O final foi mesmo o melhor. Já disse e repito, a química entre os dois é excelente. Então quando eles tiveram aquela conversa sincera e cheia de clima no terraço, eu quase esqueci os pontos negativos do episódio. Espero muito que a Cat deixe sua obsessão para trás e foque no Vincent, porque eles dois juntos é o que há de melhor na série. Aliás, espero que a parceira da Cat apareça mais, porque ela parece ser uma ótima personagem, mas ainda não recebeu o seu devido espaço. Enfim, torcendo por uma melhora. PS. Kristin Kreuk (que interpreta a Cat) estava lindíssima neste episódio!
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
3 Comentários

Comentário(s)

3 comentários:

  1. Ela é linda em todos os episódios e fim u-u KKKKKK
    Eu gostei desse episódio. Assim como você comentou eu queria um caso mais sagrento e com mais mistério. A parceira da Cat terá seu devido espaço no próximo episódio com um par. Agora em relação ao caso mais sangrento, acho que não é bem o perfil da CW.Se fosse a HBO... Continuando, deu pra aguentar. Acho que o caso da mãe não vai ser encerrado tão cedo, por que ela quer respostas e irá tentar encontrar! Acho que a mão fazia parte do projeto Murfield e "criou" as feras. Seria foda tipo, ele conviver com a filha da pessoa que fez aquilo com ele. E talvez a Murfield quisesse manter total segredo e então matou ela :)

    ResponderExcluir
  2. Cat tava tão insuportável nesse episódio, que já quase me fez desistir da série.

    ResponderExcluir
  3. Eu estava tipo com muita preguiça de assistir esse episodio, não gostei tanto do pilot como a maioria das pessoas, mas eu achei esse episódio melhor que o pilot, não sei porque, acho que foi a cena final, mas enfim, acho que sou meio do contra

    ResponderExcluir