quinta-feira, 11 de outubro de 2012

[Crítica] 90210 - 5x01: Til Death Do Us Part (Season Premiere)

Hey I just met you, but my boyfriend is dying.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Quem estava com saudades? Parece que anos se passaram desde a Season Finale épica e o término da temporada mais what the fuck de todas. Sei que muitos questionaram a qualidade da série nos últimos episódios, mas acho que insatisfação sempre vai existir mesmo que ela faça um bom trabalho. Porque uma série que nem beirou o cancelamento só pode mesmo estar em boa forma. A única duvida que fica no ar, é se ela vai conseguir se manter por muito tempo apenas mostrando mais do mesmo de uma forma divertida. E foi caindo na previsibilidade que 90210 começou sua quinta e nova temporada.

Não se enganem, não acho que todas as séries são obrigadas a fazer um grande retorno, muito pelo contrário. Só acho que para uma série que está acostumada a fazer isso, foi um pouco decepcionante nenhuma expectativa ser superada neste primeiro episódio. Da segunda metade da quarta temporada pra cá, o roteiro está se perdendo demais, com apenas alguma exceções como a Season Finale. Eles não conseguem mais surpreender, ou chocar, ou emocionar. Parece que a série ficou acomodada com o sucesso e decidiu não se esforçar mais pra agradar o público. E se o status “normal” de 90210 não fosse ótimo, as coisas teriam sido bem piores.

Vamos começar falando da trama principal, o acidente de Dixon. Poucos foram os momentos em que a trama fez o telespectador sentir emoção, mas era exatamente o esperado. Porque a Shenae Grimes não é do tipo que comove muita gente, sabe? E achei todo esse drama ao redor dela muito forçado. Mas ok, nem todos tiveram a chance de ser uma Jennifer Carpenter da vida e brincar com nossas glândulas lacrimais. Só acho que se for pra ser a protagonista de uma série, o mínimo que ela deveria fazer era melhorar a atuação ou então pode tentar uma vaga em Malhação que ninguém vai ver a diferença.

O episódio ainda tentou fazer um mistério sobre Dixon estar vivo ou não, quando não havia necessidade nenhuma pela resposta ser tão óbvia. Dixon conseguiu sobreviver ao acidente, no entanto, vai haver sequelas. Algo como não poder andar ou mover as mãos, o que com certeza será seu próximo drama na temporada. Já que Dixon é o tipo de personagem que todos odeiam desde o começo, por que não apelar pra ele finalmente ganhar o público?

Pelo menos a história dos outros personagens seguiu normalmente. Ninguém ficou parado porque Dixon estava morrendo. Na verdade, ele estar entre a vida e a morte era mais um motivo pra repensar na vida em que eles estavam levando. Liam e Navid decidiram não colocar mais uma garota entre eles dois, enquanto Teddy finalmente tomava uma decisão a respeito da proposta de Silver. A vida é curta demais pra esperar o depois e brigar por besteiras, né gente? Sinto que eles todos estão finalmente amadurecendo (Aleluia!) e tomando decisões sensatas. Será que ainda teremos a chance de ver 90210 em tramas mais adultas daqui por diante? É esperar pra ver.

A única que ficou fora de toda essa lição de vida foi a Naomi. Passou o episódio inteiro em mais uma aventura maluca – do jeito que a gente gosta – junto de seu mais novo amor. Preciso confessar que vê-los juntos ainda me causa náuseas, mas já estou começando a aceitar toda essa referência as histórias de amor vistas apenas em The Big Bang Theory. De todos os namorados Max foi mesmo o que mais se destacou (Saudades Ethan) e eles merecem ficar juntos. Ainda mais agora que chegou o melhor amigo do Max pra dar uma de vilã Mexicana com os dois. Se você quer que o público torça por um casal, coloque alguém sem escrúpulos pra tentar separá-los. É tiro e queda.

Ade também teve espaço pra brilhar, uhu, ainda bem que 90210 nunca esquece ninguém (Saudades Ivy). Guardei um parágrafo especialmente dedicado a Adrianna Tatu-Dancan porque ela arrasou na piranhagem. Transar com um desconhecido e nem sequer perguntar o nome? É isso aí Ade, você merece coisa melhor que o Dixon. E pra que perguntar o nome dele? Você não vai fazer sexo com um nome, você não vai beijar um nome, você nem vai ligar pra esse nome. Deveria aproveitar que agora ele é o novo personagem recorrente e provavelmente vai investir no bar do Liam pra um round 2. E um round 3, até vocês ficarem íntimos o suficiente pra você descobrir que quem estava organizando seu show em Vegas era ele. Será que rola um feat com Carly Rae Jepsen ou isso é muito promíscuo?

Ai ai, olha eu aqui de novo querendo ensinar os roteiristas a fazerem seu trabalho e Ade dar um chute no Dixon enquanto ele está a beira da morte. Bom, é a vida. O mundo é feito de ganhadores e perdedores. Acho que todos concordam quando eu digo que nada disso teria acontecido se o Dixon não tivesse desistido da namorada pela sua carreira, mas enfim. Acham que ele pode morrer? Acham que Ade vai ficar com ele? Isso só saberemos semana que vem. Por enquanto, vamos orar para que a velha 90210 entre na nossa casa, e entre na nossa vida. Porque nossa vitória hoje tem sabor de mel. 

Promo 5x02 "The Sea Change"
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
6 Comentários

Comentário(s)

6 comentários:

  1. Eu tinha lido que o Dixon não morreria, mas por um momento eu fiquei TÃO empolgado achando que ele tinha realmente morrido por causa da reação deles, que cheguei a gritar quando a Silver viu o terceiro corpo kkkkkkkkkkkk

    Tinha que ter morrido, maior erro do episódio.

    ResponderExcluir
  2. Não gostei muito do episódio não, principalmente pela volta da mãe da Annie, parecia ser outra personagem em nenhum momento ficou desesperada pelo filho, estava toda conformada é tipo assim ( só to aqui nesse episódio, dane-se ele)
    Max e Naomi são argh, fico torcendo para as cenas deles acabarem, outra que eu não suporto mais é a Silver e seu drama de quem vai me fazer um filho.
    Adrianna conseguiu me conquistar de novo, ela tem q deixar o dixon e ficar com o cara sem nome kkk
    Já Annie que sempre foi minha preferida, ainda sonho em ve-la com Liam novamente!
    sinto falta da IVY

    ResponderExcluir
  3. Episodio pessimo assim como essa review escrota, eu sempre respeito a opiniao alheia mas isso que voce defecou pelos dedos nao pode ser chamado de opiniao. Nao perde tempo escrevendo sobre essa serie escrota nao amor, vai ver o mundo la fora e para de poluir mais ainda a internet com tanta coisa nonsense.

    ResponderExcluir
  4. O nome do blog faz todo sentido, porque só vivendo em um mundo alternativo pra escrever tanta bosta.
    Querido, vou te dar uma dica de amiga: Vá ler um bom livro, ou procurar outra ocupação. Fazer reviews não é com você.

    ResponderExcluir
  5. Nunca li tanta merda em uma review. Mas obrigada eu ri muuuito do seu texto.

    ResponderExcluir
  6. Nossa, será que eu sou tão ruim assim? Porque até onde eu sei, foi o próprio criador do CinePop (O melhor site sobre cinema e TV do Brasil) que me pediu para postar minhas Reviews por lá. E ainda adicionou no convite que elas eram completas e bem formuladas. Além disso, se vocês forem dar uma olhada nos meus outros posts, vão ver um número considerável de pessoas que discordam de vocês três - Isso se não for só uma pessoa querendo denegrir minha imagem - e ainda me dão elogios. Então, considerando que vocês foram as únicas pessoas que comentaram de forma hostil num dos meus posts nesses dois anos como blogueiro e dentre todos esses que fazem parte das nossas quase 2 Milhões de Page Views, creio que há uma enorme possibilidade de que estejam equivocados. Sinto muito, de verdade. Fazer Reviews é uma coisa que eu amo fazer, e acreditem, Estou apenas começando. Vocês podem lidar com isso de forma civilizada e ignorar um blog que lhes causa tanta repulsa, ou podem continuar aqui, sendo desprezíveis e criticando alguém só porque não fez uma Review do jeito que vocês acham que deveria ser feita. Na dúvida, poupem a si mesmos e escolham a primeira opção.

    ResponderExcluir