Especial

Foto:

[Crítica] Projeto Dinossauro


Direção: Sid Bennett
Ano: 2012
País: UK
Duração: 83 minutos
Título original: The Dinosaur Project

Crítica:

Tema a extinção.


Aqui estamos mais uma vez, encarando a extinção dos bons filmes e a reprodução descontrolada de filmes found footage. Uma ousada mistura de Jurassic Park e A Bruxa de Blair? É bastante pretensioso para um filme irregular como este. Parece que até os produtores caíram na real e perceberam que este estilo em primeira pessoa não está rendendo como antes. Resultado? Mistura os gêneros. E, claro, manter a câmera tremendo para ter a desculpa de tirá-la de foco nas cenas que os fariam gastar mais dinheiro. Os produtores podem até ter pensado que seria uma boa jogada, mas, sinceramente, faltou muito para este filme conseguir ser bom.

A história acompanha um grupo de exploradores e pesquisadores que já descobriram diversas criaturas que, antes, só faziam parte da imaginação e mito. Em sua nova jornada, eles estão convencidos de que podem encontrar dinossauros vivos em uma parte da Terra completamente inabitada. Não demora muito para embarcarem em sua missão de gravar e documentar tudo, mas seus planos se transformam em um verdadeiro pesadelo depois o avião cai e eles descobrem da pior forma possível que estavam certos. Agora, o pequeno grupo de sobreviventes terá que unir forças para enfrentar um habitat desconhecido e totalmente hostil, na esperança de voltar para casa e mostrar ao mundo suas descobertas.

Antes do filme ser lançado, várias pessoas já estavam falando mal pela internet. Sinceramente, eu até que estava ansioso. Gosto dessas ideias absurdas e, se fosse conduzida de uma forma inteligente, poderia render um filme divertido. Mas, depois de já ter assistido, sou obrigado a concordar com todas as pessoas que estavam depreciando a produção, porque é apenas outro filme com uma série de cenas clichês, com um roteiro mais raso que um prato e uma porção de atores ruins, que sabem que tudo está perdido, então conduzem suas atuações de qualquer maneira, optando pela mais cretina (de um jeito ruim!) e canastrona possível.

Vamos começar a enumerar os defeitos da produção? Bem, se o grupo é aventureiro, já participou de outras jornadas antes, por que parece que eles estão mais despreparados do que eu, a enfrentar uma situação dessas? A sensação que dá, é que eles foram escolhidos aleatoriamente nas ruas. Ninguém convence em seu papel, porque suas "funções" são completamente descartáveis. Do que adianta ter uma bióloga ou uma verdadeira exploradora, se, no final, elas só vão sair correndo e morrendo como todos os outros? E o cúmulo da estupidez, como um garoto menor de idade pode ser mais preparado e inteligente do que uma equipe que está acostumada com gravações? É normal deixar gente burra sair em expedições importantes como essas?

Quando o avião é derrubado, eu fiquei perplexo. Se eles estavam indo atrás de dinossauros, como nem passou pela cabeça deles que aquilo poderia um pterodátilo? E ainda tinha um especialista no assunto olhando (!!!!). E ainda existem outros muitos erros e furos que simplesmente não descem pela nossa garganta, como o fato de índios terem feito um acampamento no lugar (!!) ou então quando o grupo ouve algo mexendo por perto e acharem ser um animal comum, mesmo depois de saber que o lugar está infestado de dinossauros de todos os tipos (!!!). Enfim, o roteiro é tão descuidado que eu poderia falar sobre os seus erros por uns 10 parágrafos direto. Mas vou parar por aqui, porque acho que vocês já pegaram a ideia, certo?

Como ponto positivo, devo dizer que o começo foi interessante, mostrando que outras criaturas já haviam sido descobertas. A ordem das mortes também acontece de uma forma um pouco diferente do esperado, principalmente a segunda. Mas não se empolguem, todas as mortes acontecem em offscreen, então não podemos ver nada. Uma verdadeira pena, porque se víssemos melhor a sequência do ataque dentro da água, poderíamos ter nos divertido muito mais. Os efeitos visuais, tão criticados, estão bons. Pelo menos as criaturas são bem feitas. Definitivamente, o que mais contribuiu contra a produção, foi o roteiro patético. Não recomendo, apesar de não ser o pior filme do mundo, acho que vocês devem procurar por melhores.


Trailer Legendado:

Comentário(s)
1 Comentário(s)

Um comentário:

  1. ´vanessa vasconcelos reznor30 de setembro de 2012 13:48

    que pena,mas tem nada não,nem dava nada pra ele mesmo.filme bom com esse tema é jurassic park.

    ResponderExcluir