domingo, 30 de setembro de 2012

[Crítica] Grimm - 2x05: The Good Shepherd



Thank’s Grimm, It’s Friday.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Confesso que não senti tanta falta de Grimm nesse hiato, a verdade é que estava sem tempo até pra respirar, então o hiato da série foi quase uma benção. Se me lembro bem a série entrou em hiato com um excelentíssimo episódio, e bom, a volta conseguiu ser tão boa quanto. E olhem que foi mais um episódio procedural, com andamento na trama principal mais devagar. Quer dizer, nem tão devagar assim, né?

Acho que a série se encontrou e apesar de vira e mexe ter uns escorregões – mas que série não tem, não é verdade? Desde o meio da temporada passada Grimm vem apresentando uma média muito boa. Por isso gosto de ser paciente com as séries que me conquistam. Como senão bastasse essa semana ainda sou agraciado com a noticia de que Claire Café (Adalind) foi promovida a personagem regular. Como não amar não é verdade? Certo, vamos ao episódio, porque eu já escrevo bem pouco sem ficar me devaneando em outros assuntos.

Pra começar o excelente caso da semana, que conseguiu me prender, eu já disse que Grimm não é do tipo que nos prende pelo suspense, então, o episódio fica bem melhor quando sabemos quem é o suspeito e a tensão fica por conta de como Os Panteros – Nick, Hank e Monroe – vão desmascarar (momento Scooby Doo) o vilão. Eu gosto quando as séries tocam nesse ponto religioso, principalmente, pra mostrar as coisas ruins desse meio. E achei interessante como os roteiristas fizeram uma adaptação excelente, incorporaram os termos usados pelos evangélicos e colocaram ao pé da letra: ovelhas, rebanhos e tudo o mais. O único erro está nos efeitos especiais, gente, eles virando “ovelhas” foi muito ruim. #MomentoVergonhaAlheiaTotal.

Adorei a interação dos Panteros, sem falar que o olhar do Hank pro Monroe é ótimo, eu ri muito quando o Monroe fala “Hank, você está me olhando daquele jeito de novo.” e Hank conseguiu estar menos irritante do que de costume, estava até aceitável e coerente. E ele até ganhou um apelido novo, que agora eu esqueci, mas é a denominação para aqueles que não são Wesens ou Grimms, tipo os “trouxas” de Harry Potter (saudades). Já Juliette continua conseguindo não ser chata, grande parte graças a atriz, mas eu não sei por mais quanto tempo eu aguentaria esse plot de Bela Esquecida, ainda bem que acaba na próxima semana, ops, dei spoilers. O importante é que eu achei super fofo a cena deles, tem muito amor retraído ali.

Em meio a tudo isso, Nick ainda é atacado pela aquela criatura enviada pelos Ceifadores no episódio passado, gente, eles precisam se empenhar mais, né? O Nick já matou três Ceifadores e as quatro criaturas que eles mandaram pra destruir o Grimm, quer dizer, é muita ineficiência pra uma seita só. Sem falar que se o Renard está tentando proteger o protagonista, convenhamos que ele está falhando miseravelmente. Até agora o Nick que está mostrando habilidades de luta nunca antes vista em Portland.

Bom, mais um episódio bom pro balanço geral da serie, e pela promo o próximo episódio vai ser BOOM total na nossa cara, é melhor a gente ir preparando os corações. Até lá!
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
1 Comentários

Comentário(s)

1 comentários:

  1. "Remember me?" OMG, Adalind (ela sempre foi minha personagem favorita em Grimm, e que ela volte 2 vezes mais bitch do que antes) #Ansiosu

    OBS: Também gostei do ep., e não achei os efeitos especiais das ovelhinhas toscos, elas ficaram um pouco "fofas" >.< kkkkkkkkkkkkk Mas mesmo assim, os efeitos são melhores que alguns de OUAT

    ResponderExcluir