Especial

Foto:

[Crítica] Garotos Perdidos 2: A Tribo


Direção: P.J. Pesce
Ano: 2008
País: EUA
Duração: 92 minutos
Título original: Lost Boys: The Tribe

Crítica:

Nunca envelhecer. Nunca morrer. Nunca mais sentir medo novamente.


Para alguns, uma sequência pode significar uma coisa ruim para a imagem do original. Ainda mais quando o original foi feito há mais de 20 anos. E o que esperar de uma sequência direto em DVD de um grande clássico? Todos os fãs surtam, com razão. As coisas ainda ficaram bem piores depois, quando o elenco começou a ser escalado. O único consolo, seria o retorno de Corey Feldman, reprisando o seu papel de Edgar Frog. Mesmo assim, as expectativas quanto a esta sequência estavam bem baixas.

A história, desta vez, segue dois irmãos órfãos, Chris e Nicole, que se mudam para uma cidade pequena, a fim de começar uma nova vida junto de sua tia. Não demora muito para eles se enturmarem e serem convidados para uma festa na casa de um ex-surfista profissional, assim como Chris (mas, obviamente, abandonaram o esporte por motivos diferentes). Lá, Nicole se envolve com Shane, que parece ser o líder dos vampiros da região. Depois de uma confusão, Chris leva Nicole para casa, mas se assusta ao perceber que sua irmã não é mais humana, mas sim, meia-vampira. Agora, ele terá que contar com a ajuda de um experimente caçador de vampiros da região, com o objetivo de tirar sua irmã das trevas. Mas, Chris é avisado que se ele chegar muito perto das trevas, pode acabar sendo consumido por elas.

Esta sequência realmente me surpreendeu. Ao meu ver, tinha tudo para ser uma enorme bomba, mas superou todas as expectativas e se transformou em um filme decente, que respeita a mitologia do original. A história não é das melhores, porque, se vocês repararem bem, é basicamente a mesma que a do primeiro filme. É claro que o roteiro deu uma atualizada para os dias atuais, já que os vampiros não costumam mais ser os mesmos que os daquela época. Não estou dizendo que há alguma mudança drástica na mitologia desses seres, muito pelo contrário. Mas há algumas diferenças sutis.

Enquanto no original, os vampiros eram motoqueiros, neste, eles são surfistas. Na verdade, sabemos disso logo na primeira cena do filme, que é muito divertida, mostrando um grupo de jovens invadindo uma propriedade de um vampiro. Mas, surpresa, os jovens também são vampiros. Esta foi uma brincadeira divertida do roteiro e, considerando o tamanho da violência da morte de abertura, já sabia que o tom seria mais obscuro e sangrento. De fato! Não são apenas os vampiros que se dão mal. Temos algumas vítimas com mortes bem violentas. E o melhor, sangue em abundância.

Alguns reclamaram do clima romântico apresentado pela história. Eu não achei ruim ou que tenha prejudicado o andamento do filme. Este quesito, foi uma das coisas atualizadas. Temos algumas cenas entre um vampiro e a protagonista. Nada muito grave, mas é interessante de acompanhar. Os atores também, em sua grande maioria, são jovens e formados por rostos bonitos, principalmente os protagonistas. Não acho que isso seja ruim, na verdade. Quanto a estes problemas, eu simplesmente não achei nada demais. Está muito longe de ser um filme água com açúcar.

Os efeitos especiais e visuais estão bons, assim como a direção. Nem parece que este é um filme feito direto para o vídeo, com um orçamento bem limitado. A fotografia, edição, trilha sonora, tudo é conduzido de uma forma satisfatória. É claro que não supera o original, mas ainda sim, é um bom representante da franquia. É uma pena que não tivemos uma reviravolta final, assim como no primeiro. Enfim, eu recomendo. Nem precisa ter assistido o primeiro para acompanhar este. Como conexão ao original, temos o retorno de Edgar Frog, como havia adiantado no começo. Sua participação está OK. Nada fantástico, apenas uma homenagem aos seus fãs, que são muitos.



Trailer:

Comentário(s)
3 Comentário(s)

3 comentários:

  1. vanessa vasconcelos reznor4 de setembro de 2012 23:22

    nunca vi,se algum dia passar na tv eu vejo,mas vai ser difício superar o 1,mas valeu .

    ResponderExcluir
  2. Eu só quis assistir por causa da Taylor de O.C., mas eu esperava um terror puro, e tinha um tom mais cômico

    ResponderExcluir
  3. A história dos vampiros é antiga. O cinema e a literatura sobre vampiros são muito interessantes! Se você gosta deste tópico, você provavelmente assista Anjos da Noite ❤️ Poucos seres fantásticos são tão interessantes quanto os vampiros, estes são seres sedutores e misteriosos! Eu realmente recomendo!

    ResponderExcluir