Especial

Foto:

[Crítica] O Vingador do Futuro (2012)


Direção: Len Wiseman
Ano: 2012
País: EUA
Duração: 118 minutos
Título original: Total Recall

Crítica:

O que é real?


Desde que a notícia que um remake de O Vingador do Futuro seria produzido, eu fui contra. Tudo bem que eu não comecei a repudiar o filme, mas certamente o achei desnecessário. Vários fãs do original começaram a disseminar contra esta nova versão, e eu apenas esperei. Conforme o projeto ia ganhando forma, ele foi me atraindo. Quando o trio de protagonistas foi escolhido, eu fui pego. Colin Farrell, Kate Beckinsale e Jessica Biel no mesmo filme? É claro que eu estaria lindamente no cinema. Dito e feito! Agora, a questão, foi realmente necessária esta versão?

A história desse filme gira em torno de um Planeta Terra morto, onde os humanos só podem viver em dois lugares, enquanto todos os outros estão contaminados. Isso causa acaba causando uma super população e péssimas condições de vida. No meio de tudo isso, está Douglas Quaid, um trabalhador honesto, que tem uma linda esposa. Mas nada é o que parece e Quaid começa a ter sonhos esquisitos, que, na verdade, são memórias, que foram apagadas de sua cabeça. Depois de ir na Recall, ele passa a ser perseguido freneticamente por pessoas que querem os segredos que sua mente guarda, mas que nem ele mesmo consegue se lembrar.

Apesar de não conseguir superior o clássico original, este remake consegue se sair muito bem. Esta nova versão consegue manter a maioria dos acontecimentos do original, contando uma história completamente diferente. É interessante, no entanto, ver essas diferenças entre os dois. Além disso, temos alguns momentos e diálogos que prestam algumas homenagens ao filme de 1990. A maior referência que aparece neste filme, é na cena em que o protagonista tenta fugir disfarçado, e câmera acompanha uma mulher gorda, muito parecida e com a mesma roupa, da mulher que Schwarzenegger se disfarçou no original. Foi muito maneiro de acompanhar e mostrar respeito ao clássico.

Uma das coisas que mais faz falta  nesta versão, é toda a trama envolvendo Marte. Toda a história envolvendo o outro planeta, foi completamente descartada. Apesar disso, a nova também é muito interessante, ao mostrar uma espécie de metrô, que corta pelo núcleo da Terra. Temos alguns elementos do original, que, aqui, são mostrados por um ângulo diferente (ou menos trash, já que o tom deste remake é mais sério e obscuro). Um exemplo disso, é o telefone-mão, que também é um tipo de rastreador. No original, o protagonista tem que tirar uma bolinha pelo nariz. Pelo menos uma vez não muda, temos a volta da prostituta de três peitos.

Agora, em quais partes este remake é melhor do que o original? Temos duas. Os efeitos visuais, obviamente. Eles estão fantásticos e muito mais capazes do que antes. Mas, a maior qualidade que este filme tem, é Kate Beckinsale. Ela interpreta Lori, a grande vilã do filme. Seu papel ganha muito mais destaque do que no original, onde Sharon Stone mal consegue chegar até metade do filme. A personagem de Beckinsale parece que está possuída. Ninguém parece ser capaz de enfrentá-la. Sem contar que a atriz ela LINDÍSSIMA. É realmente bom aos olhos vê-la atirando e lutando. Destaque para o bitch fight entre ela e a personagem de Jessica Biel, que é completamente ofuscada por Beckinsale.

Para concluir, devo dizer que não gostei nada da revelação final. Temos uma reviravolta parecida com a do original, mas, neste filme, ela foi amenizada. Completamente desnecessário, fazendo a revelação perder completamente o impacto desejado. Enfim, entre altos e baixos, eu gostei bastante deste remake, que tem entre os seus pontos altos, as cenas de perseguições e lutas. Destaco o momento agonizante que acontece dentro de um complexo de elevadores. Foi uma cena original, muito divertida e tensa de ser acompanhada. Eu recomendo, com certeza. Por mais do que o original ainda seja melhor, este remake nos traz uma visão diferente e interessante da mesma história.



Trailer Legendado:

Comentário(s)
2 Comentário(s)

2 comentários:

  1. vanessa vasconcelos30 de agosto de 2012 20:56

    não cheguei a assisti o original,e se vi nem lembro,mas verei esse aí on line mesmo,não vou lindamente no cinema como vc foi pois nem acho que valha a pena hehehe, por que fora a sua crítica,evebody está metendo o pau nesse filme ,mas depois eu assisto:)

    ResponderExcluir
  2. Esse filme não é ruim, mas não ´pe Vingador do Futuro, cade Marte?

    ResponderExcluir