sexta-feira, 24 de agosto de 2012

[Crítica] Grimm - 2x02: The Kiss



Mentiras, flertes, perdas de memória, perseguições, assassinatos, personagens misteriosos e ambíguos... Marlene King assumiu o roteiro da série?

Review:

Isso mesmo, Grimm. Pode sambar na minha cara mas da próxima coloca uma pantufa, pfvr. Gente, o que foi isso?! Alguém me abana porque o ar foi acabando enquanto eu assistia. Tudo que eu achava que ia acontecer, não acontecia. Sabe quando você vai assitir um episódio e pensa “Bah! Vai acontecer isso, isso, aquilo e um pouco mais disso”? Então, fui ver e essa semana foi uma sucessão de banhos gelados, quase pego um hipotermia. Surpresa, surpresa e mais surpresa.

Vamos começar falando de coisa ruim, tá gente?! Hank - que eu acabei esquecendo de falar sobre na review passada - continua com aquela coisa de ficar sentado na poltrona com a arma na mão, olhando pra porta e lembrando do Monroe na forma de blutbad. Gente, me desculpem os fãs do personagem (se é que ele tem fãs) mas isso só pode ser desejo sexual pelo blutbad. Não tem outra explicação pra pessoa ficar armada (if you know what i mean) olhando pra porta, esperando um ser peludinho vir fazer uma visitinha.

Bom, vocês sabem que eu não gosto do Hank desde sempre, nesse episódio ele só ficou fazendo a beiçuda e com charminho porque ele, muito geniosamente, percebeu que Nick tinha algo haver com a morte do Muavais Dentes. Querido, vai falar de crimes na Sônia Abrão, porque só aqueles detetives pra serem mais óbvios. Quero que ele saia da série mesmo, alguém acha o personagem bom?! Ele estaria fazendo um favor pro mundo se matando ao som de Gaganás. E vocês também acham que o personagem sofre de Alzheimer?! Porque ele ainda não associou o Nick aos elementos sobrenaturais.

Bom, mas chega de falar de coisa ruim. Agora vamos falar de coisa feia. Mamãe Grimm, vulgo Kelly Key, continuou nesse episódio, toda montada na tartaruga manca dos mistérios. Gente, eu falei que aquela mulher estava escondendo algo, o final, com ela fingindo que ia embora e roubando um carro foi tão...bom. Não esperava por aquilo, já estava quase certo que ela era boazinha mesmo. Eu só não gostei dela matando a Mamãe Bruxa, ela quer ser a única mãe da série, é isso?! Pra mim foi inveja da beleza da Mama Hexenbitch, só pode, né gente?! Quero Adalind montada no cavalo vermelho da vingança de volta na série.


Bom, o episódio girou entorno do plot da Juliette, e adivinhem? Ela acordou sem memória nenhuma, mais outra com Alzheimer na série. #Alok. Acho bem interessante que as séries abordem a temática, o assunto é tão polêmico que nem Ryan Murphy abordou ainda. Bom, achei melhor ela perder logo toda a memória do que esquecer só a parte do Nick ser o Grimm, como geralmente acontece nesse tipo de trama.

E como o título do episódio já deixava óbvio, “um beijo” foi o que acordou Juliette, mas engana-se quem pensa que o beijo foi dado por Nick e engana-se mais ainda quem pensa que foram Monroe e Rosalee os responsáveis pela quebra do feitiço. O feitiço foi quebrado claro por Mama Hexenbitch, antes de ser brutalmente assassinada pela Mamãe (Ogra?) Grimm, e o beijo que Juliette recebeu, foi claro, de Renard.

Agora eu tenho que aplaudir Sasha Roiz – ator que faz o Renard - de pé, ele estava perfeito no episódio. A cena dele bebendo a poção purificadora feita por Mamãe Bruxa foi incrivél. E graças a isso, descobrimos que ele também é uma criatura, na hora que ele está tendo um ataque de pelancas, arracando a camisa e gritando ‘Vem ni mim que eu tô facin”. Mas, adorei a cena. Ainda na trama do Renard, vimos que o líder daquele núcleo de franceses que apareceu no episódio passado, é irmão dele e teve toda uma conversa, bem de irmãos mesmo. Fazer o quê? Irmãos são aqueles que odiamos amar. Mas enfim, ele é uma realeza, e pelo que eu entendi ele é um bastardo. Mas a questão é o porquê. Mas no meio de uma cena tão boa, a NBC encarnou a Record e inventou de usar efeitos especiais feitos por um adolescente, moral o Renard até mudou de cor, passando por tons pasteis até as cores quentes.Não tô assistindo um desenho, né produção?! Vamos corrigir isso aí.


 Já o casalzinho mas fofo da TV, Monroe e Rosalee só serviram de Táxi no episódio, ficaram carregando Mamãe (Monstro?) Grimm pra cima e pra baixo. Mas o humor ficou todo por conta deles, os diálogos estavam afiadissimos, e não pude deixar de imaginar, uma série de humor com a temática sobrenatural. Nunca vi nada assim antes.

Achei o episódio anterior melhor que esse, pra ser sincero, não estou dizendo que esse foi ruim, apenas não foi tão bom quanto o anterior. Mas achei um jeito legal de terminar a trama que foi aberta na season finale passada. Só nos resta torcer pro nivél manter, e trago uma boa (ao menos pra mim) noticia, um dos meus atores favoritos, o Michael Grant Terry (conhecido como Wendell em Bones) vai entrar em Grimm até a metade da temporada como personagem regular. O personagem dele será uma espécie de ajudante pro protagonista, apesar de que aparentemente ele será humano. Será que isso indica uma possivél saída de Hank? Afinal, o ajudante humano do Nick é ele.

Bom, o jeito é segurar a ansiedade e se a qualidade for mantida já torço por uma terceira temporada, já que os indices de audiência estão elevadissímos pra NBC, que é conhecida por aí como a Errei de TV dos Estados Unidos.

P.S.
Jornal Enrolado VS Faca...Quem ganha?!

P.S.S
Vários críticos roubaram o apelido que eu dei pra Kelly, podem perceber.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
3 Comentários

Comentário(s)

3 comentários:

  1. Serie de humor com toques de sobrenatural? Familia Adams?

    ResponderExcluir
  2. Quero saber o que a Mamma Grimm está escondendo,fiquei curiosa do por que ela fingiu que iria embora,a cena do Renard mudando de cor foi estranha e sem sentido,foi uma pena a mãe da Adalind ter morrido mais talvez esse acontecimento sirva para que a Hexenbitch de as caras novamente,quero saber mais sobre o Capitão e principalmente do por que ele protege o Nick,então eu estava certa a Juliette foi despertado com um beijo mais me pegou de surpresa ver quem seria o homen de coração puro que a despertaria e quase que o Grimm pega o chefe no quarto da namorada.

    ResponderExcluir
  3. Ah, eu queria ser depsertada por um beijo daquele homem lindo...rsrs...gosto muito da série e também me pergunto pq ele protege o Grimm, embora viva um romance com a noiva dele.

    ResponderExcluir