domingo, 5 de agosto de 2012

[Crítica] Dallas - 1x08: No Good Deed

Diga X.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Por favor, surtando. Como um episódio que começou no cumulo da chatice pode ter ficado tão divertido? hahaha, Dallas sempre surpreendendo né. E fazendo jus a audiência de novela das nove que vem tendo, diga-se de passagem.

Se eu bem me lembro, o episódio anterior terminou quando John Ross foi levado a delegacia pela morte de Marta Del Sol AKA Veronica Martinez AKA Vadia Maluca que faz Cosplay da Heloísa. Então, parece que ser filho de um velho milionário e namorar uma ex Veloz Furiosa não foi o bastante pra ele ser inocentado. Só pensei que ele sofreria mais um pouquinho antes dos protagonistas apresentarem a solução mais “mocinha” da história do Texas.

Não achei o desfecho ruim, é claro, mas achei que foi rápido demais. Foi só John Ross levar uma surra dentro daquele presídio pro elenco inteiro parar o mundo e resolver ajudá-lo. Até entendo, já que Vicente não era o negociante mais paciente, e se não ganhasse um parque aquático de petróleo em menos de 24 horas, tomaria o rancho. Claro que não queria aquela fazenda né, precisaria criar gados durantes uns 20 anos pra ficar tão rico o quanto ficaria se tivesse o petróleo. Só queria mesmo que dessem seus pulos pra conseguir o que quer. Ou talvez seja algum psicopata que fica feliz vendo a desgraça dos outros. Como é que o John Ross conseguiria o petróleo no prazo se estava preso? Nem todo mundo foi pra Hogwarts, tio Vicente, mas eu entendo que você não quer ser tratado como um trouxa.

E não teve como não sentir pena do John Ross. Aposto que quem era Team Christopher mudou completamente de lado com os últimos episódios, como eu. Enquanto temos alguém disposto a lutar pelo que quer como o John Ross, será que ainda tem gente que aguenta aquela personalidade insuportável do Christopher? Tem vezes que preciso dar uma olhadinha de vinte segundos no meu facebook só pra não olhar pra cara dele e ouvir mais um discurso sobre o quanto John Ross merece tudo de ruim que lhe acontece.

Vocês nem imaginam o quanto fiquei com a cara na poeira quando vi que era ele quem salvaria o primo. Sério Dallas, você não pode nos fazer odiar um personagem e depois fazê-los subir no nosso conceito de repente. Temos que tomar conta de um blog de críticas, vão pensar que somos bipolares ou esquizofrênicos por odiar alguém dia sim dia não. Mas que a ajuda foi digna, isso foi. Tudo por causa do gelinho bilionário do Christopher que pega fogo. Se fosse trinta anos no futuro John Ross ia morrer na cadeia, porque aquecimento global é coisa séria e petróleo não derrete com o Sol, FIKDIK.

Vale ressaltar também a evolução da Rebecca no episódio, e como ela vai facilmente de mocinha a vilã como se a passagem fosse grátis. Teve a chance de dizer toda a verdade pro Christopher, mas o que ela fez? Omitiu que na verdade seu irmão não era seu irmão, e vai levar o farelo nos episódios seguintes. Fiquei com a cara na poeira 2x quando ele tascou um beijo na garota e revelou que ele só era um bandidinho, e não um lunático que adora incesto. Espero que essa trama prospere e que esse “irmãozinho” ainda dê muita dor de cabeça pros Ewing. Principalmente pra Matriarca Ewing, If you know what I mean rsrsrs.

PS: E que frases de efeito são essas criadas pelos legenders a cada fim de episódio? Sério gente, alguém deveria dar um prêmio pra esses nerds por tanta criatividade, hahaha.

Promo 1x09: Family Business
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
2 Comentários

Comentário(s)

2 comentários:

  1. Quando sai a próxima crítica?

    ResponderExcluir
  2. As próximas críticas não têm previsão para serem lançadas ainda. Elas agora estão sendo assumidas pelo Mateus, e ele está tendo alguns problemas.

    ResponderExcluir