segunda-feira, 20 de agosto de 2012

[Crítica] Baby Daddy - 1×08: The Daddy Whisperer

A mamãe enlouqueceu. Câmbio desligo.

Review:
(Spoilers Abaixo)

É com um imenso prazer que inicio esta review dando uma notícia que vai agradar a todos os fãs. Baby Daddy foi renovada pela ABC e teremos uma segunda temporada, oba! Isso mesmo, você não leu errado, Baby Daddy começou fraquinha, mas acabou conquistando os telespectadores e continuará por pelo menos mais um ano. E receber uma notícia dessas na semana em que a série volta pros eixos, não tem preço.

Muitos devem se perguntar porque continuar assistindo uma série que semana está divertida e na outra já caiu a qualidade né? Mas é tudo muito simples. A qualidade de todas as séries um dia cai, mesmo que seja por um episódio, e desistir dela apenas pelo lado ruim não faz muito o meu feitio. Essa semana, por exemplo, tivemos um dos melhores episódios da temporada. Tão fiel e engraçado, que cheguei a achar que os roteiristas leram nossas reviews e fizeram exatamente o que estávamos querendo. Porque hackear computador de gente famosa é viajar demais quando podemos acreditar que Deus ouve nossas preces.

Para conseguir provar que é um bom pai até para si mesmo, Ben decide começar um curso chamado “Mamãe e Eu”, onde ele aprenderia mais sobre como deixar um bebê seguro e completamente longe dos germes. Porém, a desaprovação da professora o faz chamá-la para jantar e mostrar que pode melhorar, na mesma noite em que Danny e Tucker assistiriam a luta de Box da década pela televisão. O único problema é que de chata, a mamãe passou a ser uma louca por liberdade, e a luta sendo exibida numa lavanderia improvisada parecia bem mais emocionante que ficar ao lado dela.

Uma trama simples e clichê, mas que no final, era exatamente do que a série precisava. Pois não se enganem, não importa se ela tenha boas tramas e boas piadas, se fugir muito do tema, as coisas começam a desandar. Foi exatamente o que aconteceu quando o roteiro se preocupou mais em mostrar o Ben pegando geral que a vida difícil de um pai de primeira viagem. Uma péssima ideia, que ainda pode ser corrigida se a série tiver mais episódios como este.

O mais interessante de tudo foi ver Ben pela primeira vez desinteressado numa mulher atraente e dando mole, e agir como se estar num apartamento prestes a fazer sexo fosse claustrofóbico. Ele nem sabia que aquilo era um encontro pra eles até vê-la quase nua na sua frente. Isso também ajudou o episódio a se manter, porque Ben começou a ter outro propósito se não fornicar com metade de Nova York. Afinal, ele queria provar pra todos e pra si mesmo que era um bom pai, e nada melhor que impressionar sua professora sem usar sua virilidade.

Em paralelo a tudo isso estavam Bonnie e Riley, e a famosa parceria necessária pra roubar uns bons risos dos telespectadores. Elas decidiram fazer compras juntas e teriam passado um bom tempo, se não fossem acusadas de roubo e levadas até a sala do segurança. A primeira vista parecia ter sido algo planejado pela megera das roupas que fora mencionada, mas depois, descobrimos que tudo não passava de um ato inocente. Emma acabou pegando um dos relógios da loja sem que as duas vissem e isso foi o que originou o mal entendido. Que fofo, hein? Uma boa história pros 18 anos da garota, talvez ela se sinta uma diva e ache que ela e Winona Ryder têm algo em comum, quem sabe?

E por ter piadas excelentes como a da formatura que pra mim, a trama secundária novamente foi a melhor do episódio. Bonnie é diva desde o piloto e com certeza a personagem mais engraçada de todos. Ela não tem papas na lingua e está bem longe de ser apenas uma mãe liberal. Brigou com uma cliente da loja por uma camisa, tentou subornar o segurança, roubou suas chaves pra fugir e ainda de quebra deu uma lição de moral na mamãe megera pra que ela se tocasse e percebesse que na criação de filhos, nada é perfeito. Bonnie rules, bitcheeeees.

Agora os pontos negativos que são necessários mencionar. Achei uma puta falta de sacanagem não ter tido mais do casal Diley. Eles só fizeram uma cena juntos e estava tudo tão normal que senti vontade de vomitar. Nenhum constrangimento, nenhum olhar, nada, parecia que o beijo nunca tinha acontecido e que estava tudo normal. Mas não posso reclamar, as séries não podem ser 100% como a gente quer, e eu achei que essa semana todos se saíram muito bem. Espero que continuem fazendo episódios assim, porque temos esse restinho de temporada e mais uma inteira. Então, canetas pra que te quero, liga do roteiro. Confiamos em vocês, então, não nos decepcionem. 

Promo 1x09 "A Wheeler Christmas Outing"
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário