segunda-feira, 2 de julho de 2012

[Crítica] True Blood - 5x03: Whatever I Am, You Made Me


E a safadeza apenas começou.

Review:
(Spoilers Abaixo)

É claro que ainda não tivemos tempo para pensar nisso, mas quem vocês realmente acham que merece a Sookie? Já se passaram três episódios e o triângulo amoroso ainda não ficou cara a cara. Na Season Premiere, vimos que o Bill chegou a tentar ajudar a fadinha, enquanto o Eric não saiu do lugar, por causa do fora que havia levado. São coisas assim que tornam o Bill, um candidato muito mais viável. Nos livros, Eric não é tão fechado e, suas ações mais nobres, são abafadas ou contornadas na série. Não sei qual a intenção dos roteiristas, mas parece que eles não querem os dois juntos tão cedo. Particularmente, eu gosto mais do Eric, mas espero para ver o que vai acontecer até o final dessa temporada.

Pelo menos já vimos que será a temporada mais distante do tema retratado no livro. Por mais que houvesse bastante liberdade criativa, o tema central da série sempre seguiu a dos livros, mas essa possibilidade para esta temporada não existe, por causa da condição do Jason. Quem leu o livro vai entender. Por este motivo, parece que tudo seguirá uma história original, e, provavelmente, o retorno do Russell. Gosto desse vilão, até porque, foi ele quem salvou a terceira temporada do fiasco total, ficando à frente dos holofotes. Espero uma ascensão digna para o personagem.

Uma coisa que eu reclamei semana passada, foi da subtrama da Jessica. Com tanta coisa acontecendo, eu queria uma história decente para ela. Mesmo que seja um relacionamento com o Jason, porque os dois são ótimos personagens. Essa semana, nossa babyvamp deu de cara com uma fada, o Claude (provavelmente, ok?). Será que tem condições de rolar algo entre eles? Porque seria demais. Nos livros, Claude nunca teve uma trama só dele, sendo muito mal aproveitado (tirando em um livro, que ele tem destaque). E, considerando que só ela teve contato com ele, espero que eles se encontrem novamente, em breve.

Quanto ao Jason, ele está atormentado. Certo, ele está "atormentado" do jeito dele. Transar ou não transar, eis a questão. Ele encontra com uma ex-professora, que, por acaso, o iniciou sexualmente. Confuso, o rapaz aproveita para dar um créu nela, para ver se ela consegue "completá-lo". Mas acontece que ele está mais vazio que vácuo. Finalmente, ele percebe que transar não é a solução para todos os seus problemas. No fim, Jessica chega excitada com o cheiro da fada, louca para transar, mas, POR INCRÍVEL QUE PAREÇA, o Jason consegue resistir. Resultado? Eles irão conversar, apenas. Achei fofo e é exatamente disso que os dois precisavam para evoluir.

A Tara continua completamente sem graça. Nem matar alguém, ela tem capacidade. Pensei que iria derramar um pouco de sangue no começo do episódio, mas foi alarme falso. Tudo bem, eu não esperava que ela cravasse as presas na menina figurante, de todo o jeito. Pelo menos ela deu um propósito para a aparição de Sam, na história. E a Arlene, que está sendo atormentada por sua própria subtrama péssima, acabou se tornando uma vítima ao entrar no freezer. Então vocês esperam algo de interessante da Tara nos próximos episódios? Porque parece que não terá muito espaço para ela.

Salome finalmente mostrou a que veio. Sem a menor vergonha, transou com o Bill, com o Eric e com o chefão-vampiro-todo-poderoso. Eu sabia que ela seria a quenga da temporada, mas não esperava que a mulher rodasse por todo o elenco em apenas um episódio. E o interessante é que ela usa o sexo para conseguir as respostas que quer. Eric e Bill não são sanguinários, que novidade. Mas, Nora, a irmãzinha do Eric, surpreendeu ao revelar que odeia os humanos (Oi? This is real life?). Eu até pensei que ela só tivesse confessado porque estava sob pressão, mas as coisas podem tomar um rumo mais... surpreendente.

Minhas expectativas para os próximos episódios estão altíssimas, porque os personagens finalmente irão se unir e ir à caça do Russell. Isso inclui Eric, Bill, Sookie e... Alcide (o que ele está fazendo nesse bando?). Ah, não podemos esquecer que o Alcide sabe a verdade sobre a Debbie. Ficou um pouco chocado pela mentira da Sookie, mas parece que já vai perdoá-la no próximo episódio. Por último, quero destacar os flashbacks da Pam, que mostraram um pouco mais do que aconteceu antes que ela se tornasse vampira. Pensei que demoraria mais um pouco e ela até tivesse algum conflito com o Bill, já que os produtores disseram que vamos entender melhor porque eles não se bicam. E ela foi muito cretina pedindo $500 por cada garota morta. Ah, e será que ela vai salvar a idiota da Tara, que tentou se matar numa máquina de bronzeamento artificial? Veja só o que ela acha...

Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário