segunda-feira, 2 de julho de 2012

[Crítica] The Glee Project - 2x03: Vulnerability


My Life Would Suck Without (You) Ryan Murphy...

Review:
(Spoilers Abaixo)

Morto. Esse episódio, simplesmente, calou a boca ~pelo menos por enquanto~ de todos que sentem uma vontade louca de apedrejar o Ryan Murphy caso veja ele na rua, inclusive a minha.

Esse episódio, é aquele onde os tutores obrigam as pessoas a mostrar toda a sua vunerabilidade, resumidamente, foi a mesma coisa do Vulnerability da primeira temporada: lágrimas, lágrimas, histórias de vidas trágicas de pessoas na faixa dos vinte anos fazendo papel de colegiais. Eu estou no Ensino Médio e nem o ser mais desenvolvido fisicamente se parece com qualquer um dos participantes. Pra ser sincero, minha coordenadora se parece incrivelmente com a Lily. Mas enfim, quem disse que as séries teens precisam ser interpretadas por adolescentes mesmo? Que ideia absurda! O importante é saber cantar, dançar e atuar. Tendo essas características já dá pra entrar na Disney.

Sendo honesto, nenhum dos relatos dos personagens, quer dizer, participantes – desculpem se eles parecem mesmo personagens – me chocou, ou me deixou surpreso. Turquenga sofria bullying por turca: óbvio. Blake era magro e fraco – ONDE ISSO É UM PROBLEMA?! – e não foi capaz de ajudar o amigo pelo qual ele tinha uma paixonite (?): nem um pouco chocante. Lily Mae era a agressora, a popular, a fodona da escola: jura? Nem percebi antes. Shanna foi agredida verbalmente por ser uma bebê do crack  (QUE MENTE DOENTIA INVENTOU ESSE APELIDO?!), Abraham era confundido com homossexual mas é hétero: que revelação reveladora. Boring, boring, boring. Cadê a prostituição, a anorexia, a vontade de se travestir, igual tivemos na temporada passada?

Quem chamou mesmo minha atenção foi o Michael: “Sou lindo, tenho talento e ainda sou um gênio da matemática. Não tenho vulnerabilidades.” Só está faltando a humildade. Brincadeira, ele disse isso mas não foi em um tom arrogante, como o Bitch Blind (a.k.a Mario) faz. Ele apenas assumiu que não sabe qual sua vulnerabilidade, ele é aquele nerd que consegue fazer parte do grupo dos inteligentes, ao mesmo tempo que faz parte do time de futebol e ainda é assediado duplamente pelas garotas. Porque ele fingiria o contrário?!

Agora alguém me explica quem foi o gênio que escolheu My Life Would Suck Without You (da Kelly ~Merry Me~ Clarkson) pra homework? Essa música tem tanta vulnerabilidade quanto o Michael, ou seja, nenhuma. O trabalho que os participantes fizeram com a música ficou realmente bom. Confira aqui #ounão. Aliás, mais uma vez a homework ficou excelente, esse grupo de participantes supera o pessoal da primeira temporada nessa questão. E a ganhadora da semana foi Nellinda. Pelo menos, o Cory Monteith escolheu direito.

A Group Performance foi sobre bullying, como se o mundo já não tivesse falando bastante desse assunto, né? Originalidade: é de comer? Agora, uma coisa que ficou martelando na minha cabeça, pra que forçar os participantes a se expor daquele jeito, sendo que não usaram nada do que foi dito no clipe? Na temporada passada, as vulnerabilidades foram usadas, mesmo que em placas penduradas no pescoço. Dessa vez não teve nem isso. Eu fiquei com a sensação de que aquilo foi só pra eles terem uma ideia de “pra quem podem escrever”, o próprio Ryan já admitiu que o reality se trata disso. Só pontuando, a escolha da música foi ótima, sou fã do R.E.M. e Everybody Hurts é umas das músicas mais depressiva always. E como já me disse o João uma vez “nada melhor que uma boa música depressiva”. Nota 7, pela falta de criatividade. Vocês conferem a versão, clicando aqui, se quiserem.

Realmente, todos saíram muito bem na gravação do clipe, ou seja o trabalho de Robert(a), Zack(arias) e Bitch Nikki – mais alguém ou só eu acho que a barriga dela está ficando menor? #MelissaFeelings – foi bem mais dificil. Por isso eles focaram mais em problemas técnicos, o que levou Lily Mae, Mario e Charlie pro Bottom 3. Eu concordei com a presença dos dois primeiros no três últimos, mas sério que botaram o Charlie ali? Por uma coisa que ele fez de errado, que depois foi usado no clipe ainda por cima. Eu não vi nenhum absurdo na atitude dele, just saying...Ele é um dos meus favoritos, e pelo visto do Ryan também. Graças a Aslam, nenhum dos três eliminados. Ryan decidiu manter TODOS eles, alegando ter muito talento ali. Eu previ que ele ia fazer isso mais cedo ou mais tarde por causa da saída da Taryn (quem?). Só não sabia que seria tão mais cedo. Mas antes ele ter mantido os três do que ter eliminado o Charlie ou a Lily Mae.

Os Cinco Melhores Da Semana: Nellie, Aylin, Charlie, Michael e Shanna. #TodosEntrandoPraGlee

P.S.
Gente, eu tive um sonho que sou obrigado a compartilhar com vocês: eu sonhei que a Aria, de Pretty Little Liars, era a mentora da semana e depois que os participantes terminavam de apresentar a homework ela apontava pro Mario e falava "Bitch Can See".
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
6 Comentários

Comentário(s)

6 comentários:

  1. Adorei a crítica e concordo com tudo. Rachei com o seu sonho!! akjskajsjkajskjaskjaskjkajkajkajkjsakjaksjaksjkasjk

    ResponderExcluir
  2. P.S.
    Gente, eu tive um sonho que sou obrigado a compartilhar com vocês: eu sonhei que a Aria, de Pretty Little Liars, era a mentora da semana e depois que os participantes terminavam de apresentar a homework ela apontava pro Mario e falava "Bitch Can See".

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK rachey

    ResponderExcluir
  3. Ricardo, queria só te avisar que é Zach e não Zack. Você poderia me explicar se você gosta ou não do Abraham, pois não deu para entender nas duas últimas críticas.

    ResponderExcluir
  4. Vc esqueceu que Blake foi o melhor da semana.

    ResponderExcluir
  5. Anônimo 1, pra mim o Abraham não fede nem cheira, nem nada. Simplesmente um coadjuvante. Cof samambaia cof.

    ResponderExcluir
  6. Michael <3 BITCH CAN SEE, kkkkkkkkkkkkkkkkk morri com esse sonho

    ResponderExcluir