segunda-feira, 2 de julho de 2012

[Crítica] Continuum - 1x05: A Test Of Time


O que é mais complicado viagens no tempo ou encontrar um server decente pra baixar os episódios das suas séries favoritas?

Review:
(Spoilers Abaixo)

Oh My God! G-suis Cráisis! Que delicia está sendo assistir a série. Alguém me belisca porque eu não estou acreditando que finalmente estou assistindo um sci-fi decente. Pausa pra euforia. Pronto. Que episódio maravilhoso, mais uma vez Continuum me deixa boquiaberto, com um gostinho de quero mais e ainda põe meu cérebro pra funcionar. Covenhamos que tem séries como The Vampire Diaries e  Teen Wolf que são excelentes/ótimas, mas não se precisa de muita inteligência pra assistir, just saying...

O que eu pontuei na review passada, da teoria de viagens no tempo e tudo o mais, foi mais uma vez o enfoque do episódio. Uma vez que, iluminados pela inteligência de Edouard Todo-Kagado (posso chamar ele assim?), o grupo Liber8 decidem testar (daí o nome super criativo do episódio) como suas atitudes mudam o futuro e ainda se livrar da Kiera. “Matar dois coelhos numa cajada só” como diria a Comunidade Ativista dos Caçadores Anônimos (mais conhecida como CAÇA ou CACA, whatever).

Posso falar que sou Team Kellog? Sinceramente, o personagem já me ganhou. Eu ainda estava com um pé atrás com ele, mas depois dessa semana o personagem me ganhou, aliás já torço pra formar o casal Kierog (ou Kelliera?) porque né?! A protagonista não vão ficar tanto tempo tem sexo ou vai? Enfim, o assunto com certeza não é a seca da Kiera, e sim, as atitudes de Kellog que são as melhores. Essa semana ele provou que a aliança dele com a protagonista é mesmo real, lealdade e amigos são coisas que a Kiera com certeza precisa. não é verdade?

Antes de tudo, vamos estabelecer uma regrinha: vamos chamar de Teoria 1, aquela onde as atitudes dos personagens podem alterar o futuro. E de Teoria 2, aquela onde a atitude dos personagens contribuem para que o futuro aconteça, ou seja, a volta no tempo já fazia parte da Linha do Tempo inicial. Entenderam? Que bom. Senão entenderam, i am so sorry.

Então, como eu ia dizendo antes de eu me desfocar totalmente do assunto inicial, o grupo Liber8 encabeçado pelo Edouard Todo-Kagado (só eu sou retardade e falo com sotaque japonês?), decidiu testar a Teoria 1 pra isso eles começaram a procurar pela avó de Kiera afim de matá-la para que a mãe de Kiera nunca nascesse, assim, conseguentemente a protagonista também não nasceria, o que levaria ao seu desaparecimento da realidade atual. O que foi? Não sou nenhum gênio pra ficar explicando teorias de viagens temporais.

Só que como Kiera não é idiota, ela conseguiu proteger a vó com ajuda da policía atual, e esse foi o “caso da semana”...Nada melhor do que um procedural que tem casos ligado ao plot principal, não é verdade? Aliás, já que estamos falando na vó da Kiera, Lily, já posso falar que quero ver a personagem de volta? A protagonista dizendo que a vó dela era the best, e nos deparamos com uma típica adolescente de 2012: uma garota rebelde, que se veste e se maqueia de preto e está grávida da mãe da nossa protagonista.

No final, o Liber8 já ciente de que Kellog não estava sendo exatamente um poço de lealdade, ameaça a mãe (ou vó) e quer que ele convença Kiera a dar a vó dela em troca. Belo plano, mas como já vimos Kellog é muito engenhoso, óbvio, que ele e a protagonista bolam um plano e ao invés de oferecerem a Lily como barganha, eles oferecem a vida da mãe do Edouard, que dessa vez ficou mesmo Todo-Kagado. O plano deu certo, por 30 segundos, foi quando atiram na mãe (vó?) do Kellog e mata ela. Nessa hora meu coração já tinha parado, ainda bem que eu tenho sempre um desfribilador (sério que eu escrevi isso certo?) do meu lado pra quando eu assisto série. Super recomendo.

Como eu ia dizendo, eles mataram a parente do Kellog, e pasmem, ele não deixou de existir. Eu fiquei tipo: Wait, what? O fato de Kellog ter continuado a existir, acabou com a Teoria 1, a não ser que exista um certo tempo pra que as alterações que eles fazem em 2012, possam exercer algum efeito sobre eles próprios. Meu cérebro tá coçando um pouco, deu pra entender o meu pensamento? Assim, o fato da parente do Kellog ter morrido, vai demorar um pouco pra afetar a existência dele. Não é uma coisa imediata como nos filmes. Claro, que gente sempre pode supor também, que aquela não era uma parente biológica do Kellog, mas isso seria muito óbvio.

Essa minha ideia não foi abordada na série – notem como é boa. E Alec acaba levantando uma 3° teoria, a que vamos chamar de Teoria 3 (obviamente). Teoria onde o simples fato do grupo ter voltado no tempo alterou toda a linha no tempo e que o futuro ao qual eles estão modelando agora, não é mais o futuro do qual eles vieram. COMO EU AMO ISSO. Saudade de ficar especulando e teorizando com vocês, aliás, façam um favor pra mim e lotem os comentários com suas teorias.

Outras coisas importantes porém menores aconteceram no episódio, como a discussão entre Alec e seu meio-irmão, que com certeza ainda vai dar o que falar. Já pode mandar pro Casos de Familias. O fato de que Lily e o namorado foram levados por Kellog pra algum lugar, pra vó de Kiera ter a filha em segurança. Já ia me esquecendo, se a Kiera não tivesse em 2012 a vó dela teria abordado – uma vez que a protagonista foi essencial pra sua vó ter tomado a decisão de ter o bebê - ou seja, Kiera nunca existiria. Isso pode nos levar a crer que a Teoria 2, é a certa?

E agora sabem o que vem a seguir? Nada. Porque aparentemente não teremos Continuum essa semana por causa de um mini-hiato. Eles querem nos matar sem a série por uma semana, só pode. Nos vemos daqui uma semana então, seus lindos, tentem não morrer de saudades. Se bem que trabalho é o que não falta, provavelmente vocês vão me ver antes em alguma crítica qualquer.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
10 Comentários

Comentário(s)

10 comentários:

  1. Putz, curti muito esse episódio. Acho que a TEORIA 2 é a certa. Ela é a que mais dá nó no meu cérebro, por isso é minha preferida (e a que faria mais sentido agora). Mas TEORIA 3 do Alec é legal também.

    Continuum cada vez melhor...

    ResponderExcluir
  2. Hilária sua review!
    Enfim, só eu achei que a TEORIA 1 e a TEORIA 3 são (ou são praticamente) iguais? Pois na 1 o que eles fizerem em 2012 altera o futuro, e na 3 também.

    Enfim, eu preferia a teoria 1, pois eu acharia mais legal... Pense eles voltarem pra 2076 e estar muita coisa diferente? *o*

    O melhor foi a cara da Kiera quando ela pensava que sua vó era a Lily toda certinha e simpática, aí ela olha no carro e vê sua verdadeira vó! rsrs
    Também que a Lily (vó da Kiera) volte, curti mt ela ^^

    ResponderExcluir
  3. Douglas, a diferença entre a Teoria 1 e a Teoria 3 é que:

    Na Teoria 1, as AÇÕES deles em 2012 é o que altera o futuro.

    Na Teoria 3, o ~simples~ fato de eles terem voltado no tempo já alterou todo o futuro. É como se fosse uma ideia de planos diferentes. O fato de eles estarem em 2012 já acabou com o futuro que eles conheciam.

    ResponderExcluir
  4. E alguem sabe por que nao teve o episodio 6 ontem? Esse episodio 5 ja rolou na semana passada...

    ResponderExcluir
  5. Então, mas as duas vão alterar o futuro, então é quase a mesma coisa. -n

    ResponderExcluir
  6. Anônimo, a série entrou em um daqueles mini-hiatos,que nós amamos odiar, agora só semana que vem :'(

    ResponderExcluir
  7. Entendi Ricardo. Então aguardaremos semana que vem! Quanto as suas teorias, acredito ser uma mistura das 3. Ou seja, o futuro já está assim porque já houve esse retorno no passado e acabou construindo o futuro do jeito que estava no inicio da série. Pra isso, portanto perderia a graça, pois a dedução é de que nada que o Liber8 fez surtiu efeito...ou seja, as Corporações acabaram se tornando fortes e dando no que deu...com os rebeldes lutando contra elas. Ja a teoria de um outro futuro, é mais plausível. Quem se lembra do filme De volta para o Futuro, no segundo filme onde o Dr. Brown explica ao Mcfly a quebra do Continuum (olha aí de onde veio a idéia do nome!), explicando em um quadro negro...pois o Biff havia voltado no tempo e encontrado ele mesmo mais novo e dado um livro de resultados de jogos, o que fez com que o Biff se tornasse rico, comprado a policia, matado o pai do Mcfly, etc. Ou seja, no momento em que o velho Biff voltou no tempo e encontrou com o jovem Biff, houve uma quebra do futuro, onde se criou um novo futuro sem se desfazer do outro, como um futuro "paralelo". Portanto a missão do Mcfly era voltar naquele momento da ruptura, para evitar o outro futuro. Por isso, a Kiera precisaria voltar naquele instante que o Liber8 voltou no tempo, naquela prisão em que estavam condenados, pois se voltar um pouco "depois", poderia já estar entrando em outro futuro paralelo...enfim, nó na cabeça! hehe. Abraços, Fabricio - RJ

    ResponderExcluir
  8. Acredito na Teoria2 (acho que é porque sou fã de LOST). Hehehehe.

    ResponderExcluir
  9. A kiera e o adolescente formar um casal?!...já forçou né...ele é um adolescente,um garoto...aff.

    ResponderExcluir
  10. Rick (posso te chamar de Rick né?) tem outra possibilidade:
    A vó/mãe do "Kellogo" podia já ter tido a criança antes dos acontecimentos.
    è uma possibilidade meio novela das oito essa de gravidez secreta na adolescência mas é uma possibilidade.

    Adoro seus reviews.
    Grande Abraço Fofin.

    Sid

    ResponderExcluir