terça-feira, 31 de julho de 2012

[Crítica] Bunheads - 1x06: Movie Truck

Certo. O que vier a seguir, culpem a Fergie.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Whoa! É dia de festa bebê, vamos fugir de casa e dormir no carro, comer cupcakes numa loja 24h, assistir filmes de montanhas de braços, let’s get drunk! Semana um pouco agitada em Bunheads, prontos para entrar na intimidade das bailarinas mais amadas da TV?

O episódio dessa semana, como de costume, centrou em duas histórias. Uma da Michelle e outra das meninas. Apesar de eu achar que a história poderia ter rendido mais foi interessante e até evoluiu. De um lado tínhamos Michelle, a aniversariante que foi forçada a dar aulas de balé enquanto Fanny tomava uns bons drink à beira da piscina. De outro lado tínhamos Boo, Sasha, Mel e Genny planejando uma escapada para assistir filme na capota de um caminhão.

De um jeito ou de outro, Michelle vai acabar dando aulas de balé, cardio-striptease ou seja lá o que ela vai ensinar. Afinal, Fanny não é capaz de lidar com todas as despesas da casa, como mostrado no episódio anterior. Pois bem, se ela não vai de própria vontade, vai de livre e espontânea pressão. Fanny resolveu tirar férias, colocou um pole no meio do estúdio e obrigou-a dar aulas. Nesse mesmo tempo a amiga louca de Vegas, Talia, vinha para comemorar o aniversário da amiga.

O interessante dessa história foi ver elas duas e a troll-Truly virando grandes amigas. Truly finalmente percebeu que sentar numa roda de velhas e discutir um livro horroroso não é vida para alguém da idade dela e resolveu juntar-se à Michelle, a pole dancer de Reno. Foi divertidíssimo ver a personagem se soltando, ficando louquíssima, invadindo uma sala de cinema e dirigindo até uma loja de cupcakes à meia-noite. Espero que uma grande amizade surja entre ela e Michelle, por que as duas são como yin e yang, opostos que se completam no melhor sentido da palavra.

A história das meninas centrou-se nos dramas familiares de Sasha e nas desilusões amorosas de Boo. Com um pai prestes a sair do armário, Sasha vê-se obrigada a viver no meio do fogo cruzado dos pais. A única saída é “aprontar” com as amigas, sair escondido e dormir fora de casa. Já Boo ainda caindo de amores pelo irmão da Mel que não nota ela por nada, nem mesmo depois daquela sobrancelha sinistra.

 
Pois bem, prevejo que logo teremos a confirmação que o pai da Sasha é gay. Achei interessante o rumo que a criadora está levando a série. Quem sabe o pai saindo do armário melhore o relacionamento com a filha, afinal viver reprimido não faz bem pra ninguém.

Quanto a Boo eu espero que apareça alguém legal pra ela, o bonitão do trabalho dela por exemplo. E que ainda surja alguns conflitos entre ela e Sasha por isso, pois é disso que o povo gosta. Grandes amigas brigando, arrancando os cabelos para depois descobrir que amizade é mais importante. Viajei total agora.

Concluindo tudo tivemos uma dança maravilhosa da Sasha que logo deve estar indo pro curso de verão em Joffrey. A atriz que a interpreta faz um excelente trabalho da atuação à dança. Aliás, todas fazem. Essa semana ainda tem mais emoções em Bunheads, acabei atrasando um pouco a crítica. Até lá. Whoa!
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
2 Comentários

Comentário(s)

2 comentários:

  1. Cade a critica dos outros episodios ?? *-*

    ResponderExcluir
  2. já tá no episódio 11. Por favor, volte com as críticas!!!

    ResponderExcluir