terça-feira, 19 de junho de 2012

[Crítica] Continuum - 1x03: Wasting Time


Já decidi! Com certeza eu continuum com Continuum

Review:
(Spoilers Abaixo)

E fui assistir esse episódio com meu senso crítico (de acordo terceiros, eu tenho esse negócio) mais ativado do que nunca, afinal como qualquer seriador que se preze, assisto os três primeiros episódios e decido se vale a pena continnuar (vou abusar do trocadilho mesmo, posso?) com ela. Eu faço uma análise da série como um todo nesse três episódios, até porque da última vez que eu peguei uma série e ignorei essa regra, peguei uma bomba (cof Touch cof). Enfim. Uma das coisas que mais conta pra mim, é se mesmo com apenas três episódios eu já tenho curiosidade de assistir a TODOS os próximos episódios, não só ao próximo (se você não entendeu sinto muito, mas o critério é meu e quem usa ele sou eu, não é verdade?). E Continuum consegue isso e bem. Será que finalmente encontrei uma série que vai suprir minha necessidade de um sci-fi?

Essa semana a série continuou dando seguência a tudo que já tinha começado, um dos maiores destaques da série até agora pra mim é esse: o jeito como tudo tem sido linear, nada tá sendo deixado de lado, nem um plot é esquecido pra retornar depois de , digamos, 17 episódios (parece uma série que eu critico que começa com “G” e termina com “rimm”). Outra coisa que merece ser destacada é a verossimilhança do enredo, como por exemplo as cenas do bluetooth, e do pedra-papel-tesoura. Aliás esses momentos de choque cultural que a Kiera está vivendo são as melhores cenas. Falando nisso, a interação dela com “a voz na sua cabeça” (a.k.a. Alec) é muito boa de se ver, ri bastante naquele momento que ele começar a tirar uma com a cara de Kiera.

Já que falei no Alec, essa semana tivemos um aprofundamento maior no personagem, gostei bastante da trama que a série está criando. Vimos no piloto que o Alec do futuro, aparentemente, sabia dos planos da Liber8 inclusive que a Kiera iria com eles. Foi bom ver que entenderemos mais do personagem adolescente, sem falar que, o padrasto dele é todo revoltado com as coorporações alimenticias que querem fu(piiiiiii!)der tudo. O meio irmão dele também me chamou atenção com aquela cara de devasso que ele fez, eu aposto a virgindade da Ângela Bismarch que o garoto vai ir xeretar o celeiro do Alec e descobrir tudo sobre tudo. Ainda falando do personagem, eu fico maravilhado com a capacidade de pesquisa que o nerd adolescente tem, quer dizer, ele consegue mais informações que Wikipédia e IMBD JUNTOS! Já estou montando uma teoria de que na verdade ele é -A de Pretty Little Liars.

Outro ponto alto do episódio foi a aliança que se formou entre Kellog e Kiera, eu tinha até comentado na outra review, que acreditava que o personagem de Kellog sumiria por uns tempos. Mas sinceramente, gostei dos roteiristas terem mantido o personagem e principalmente da ideia de colocar ele como um aliado de Kiera. A questão é que ainda não sei se a protagonista deve confiar totalmente no personagem...Como ela mesma falou “Se os lábios dele se moverem, provavelmente ele está mentindo.”. Mas foi bom ver que ele criou toda uma armação que ao menos nesse episódio beneficiou Kiera, já que ela matou um dos integrantes da Liber8. Em conpensação, no meio disso tudo, a super roupa justinha ficou com problemas (ou como diria minha vó “deu tchu-tchu”) e pifou.

Tantas outras coisas aconteceram nesse episódio, que se eu for falar de tudo detalhadamente vou demorar mais de 10 paragráfos. Teve o momento em que Kiera roubou – como todos já esperavámos – a parte da Pokerbola (a.k.a. Bola do Tempo) que quebrou, da sala de evidências. Descobrimos mais sobre cada integrante do grupo Liber8. Vimos mais flashbacks – que eu ainda estou em dúvida se são flashbacks mesmos, ou se são flashfowards, já que isso depende da teoria de viagem no tempo que a série vai seguir.  

Já estou ansioso pelo próximo episódio e pra quem não viu as promos, eu vou dar spoilers mesmo assim (me amem!) Edouard Kagame estará de volta, mais vivo e ativo do que nunca!
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
2 Comentários

Comentário(s)

2 comentários:

  1. Cara, curto de mais esse episódio também. Pra mim ele foi o melhor até agora! O retorno do Kagame no 4 é bem legal e tem até umas coisas surpreendentes =D

    Boa review, man!

    ResponderExcluir
  2. Já está me dando raiva de você só reclamar de TOUCH. A série é boa e por mim é muito melhor que AWAKE. #ProntoFalei '-'

    Enfim, voltando a Continuum, não estou achando nada espetacular, mas a série está agradando. Que apenas aumente a qualidade daqui pra frente, porque já estou cansado de decepções... ;\

    ResponderExcluir