sexta-feira, 22 de junho de 2012

[Crítica] Dallas - 1x03: The Price You Pay

Então Ewing-pai e Ewing-filho estão juntos agora? Comovido.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Por favor, estamos um passo à frente de ver o ninho de cobras nadando em petróleo e ver J.R conseguir o que demorou uma década e meia para fazê-lo desistir. Saber que poderia ter o SouthFork foi uma emoção tão grande que assim que saiu da morte ambígua quase teve um ataque cardíaco. Afinal, não é fácil ter sido criado ao lado de Madonna e Cher na pré-história e chegar no século 21 ainda com a corda toda e uma ambição intacta.

Deve ter sido pelo cansaço de dar a Elza em todos ao redor que ele resolveu perdoar a malandragem do filho pra ficar de complô. O que eu realmente não esperava, porque o velho é diabólico, e também não é muito fã de dividir as coisas com alguém que não seja o próprio alterego. Talvez isso até mude nos próximos episódios e tenhamos que começar a ver John Ross como um meio termo entre antagonista e mocinho, porque agora, parece que tudo está dando certo e eles estão ganhando mutuamente.

Uma das melhores coisas do episódio inteiro com certeza foi a cena que os dois tiveram que fazer pra convencer Bobby e a esposa de que John Ross estava tentando impedir a venda. Foi tudo muito profissional, sabe? Uma pena que o passado de J.R o condena e ninguém caiu em toda aquela encenação. Por uma parte, é claro, porque eles ainda nem sonham que os papeis que Bobby acabou de assinar foram o presente de aniversário de mil anos para o J.R. Coisa que só pode ser mudada se eles conseguirem encontrar algo contra o chantagista antes que ele revele tudo.

Eu particularmente torço pra que essa história ainda dê muito o que falar. O melhor de tudo é que a série não enrola, e nesses três episódios a trama já evoluiu bastante. Tanto para o lado pilantra, quanto pro lado dos mocinhos. Ou alguém ainda pensava que Christopher e Elena demorariam mais algumas semanas pra perceberem que é um erro estarem separados? Ponto pro casal Celena, neste caso.

Eu não sei vocês, mas eu acho a Rebecca tão inútil que eu realmente quero que ela não apareça mais. Vilões que têm coração são bastante cansativos, e já vimos isso milhares de vezes plmddls. Neste episódio ela ficou em duvida quanto a instalar um programa hacker no notebook do Christopher, pois o irmão iria usá-lo para roubar dinheiro, ou fazer qualquer outra coisa que no fim encha seu bolso. Alguém ainda tinha duvidas do que ela iria escolher? Ela é ambiciosa, mas gosta de verdade do Christopher e nunca faria aquilo com um homem honesto. Porém, seus dias de princesa estão contados, porque John já sabe que foi ela quem mandou os emails para Christopher e Elena, e com certeza vai usar isso contra a garota. Talvez até esconda o segredo por mais tempo em troca de favores, considerando que Christopher e Rebecca não estarem juntos significa que Christopher e Elena ainda podem ficar juntos. Êta novelinha das oito, ela diz Dallas, mas eu ouço plim plim.

Ah que droga, saber que temos que esperar uma semana pra ver outro episódio me deixa revoltado. Poxa, estou querendo desesperadamente que o Christopher e a Elena saiam dos beijos cheios de culpa e vão logo pro estábulo tentar achar uma agulha num palheiro, se é que vocês me entendem. E que o irmão da Rebecca dê logo encima da matriarca do SouthFork, porque gente, na boa, eles foram feitos pra ser amantes. Vale mais um viril na mão do que um Bobby quimioterapiando. 












-Pfvr Elena está veloz e furiosa, run.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
1 Comentários

Comentário(s)

1 comentários:

  1. uhaauhahuhauahu inclusive, mais vale um viril que QUALQUER OUTRA COISA, neh.

    R_

    ResponderExcluir