Especial

Foto:

[Crítica] Grey's Anatomy - 6ª Temporada

Duração: 45 minutos
Nº de episódios: 24 episódios
Exibição: 2009
Emissora: ABC    


Crítica:
(Spoilers Abaixo)


“..Para a maioria das pessoas, o hospital é um lugar assustador.. Um lugar hostil.. Um lugar onde coisas ruins acontecem.. A maior parte das pessoas iria preferir uma igreja, ou escola, ou sua casa, mas eu cresci aqui.. Enquanto minha mãe estava de plantão, eu aprendi a ler na galeria do centro cirúrgico, brinquei no necrotério, colori antigas fichas do pronto-socorro com lápis de cor.. O hospital era minha igreja, minha escola, minha casa; o hospital era meu lugar seguro, meu santuário.. Eu amo isso aqui..


Correção: amava isso aqui..” (Meredith Grey)

A temporada que teve a season finale mais FODA e “FUDIDA” de todas.

A temporada começou morna na realidade. Demi Lovato, atriz da Disney foi uma paciente do Hospital, que todos achavam sofrer de esquizofrenia, e Danielle Panabaker também atriz da Disney que participou como uma paciente que sofre de bulimia e as duas são tratadas por Alex (Justin Chambers) e Arizona (Jessica Capshaw). Esta temporada marca também a saída de Katherine Heigl da trama, que primeiramente afastou-se da trama devido a licença maternidade, e logo após, rescindindo o contrato com a série. Após o "casamento em post-it", Derek e Meredith vão morar juntos na casa dela. Izzie e Alex vão morar no trailer de Derek, mas com a demissão e fuga de Izzie, Alex volta a morar com Mer. Lexie e Mark Sloan resolvem morar juntos, mas uma filha não assumida de Sloan aparece grávida, e Lexie termina o namoro, voltando novamente para a casa de Meredith.

Callie e Arizona passam metade da temporada como o casal perfeito, mas a relação fica abalada com o deseja de Callie de adotar uma criança e a recusa absoluta de Arizona em ter filhos. Casal mais complicado da temporada, Owen e Cristina discutem sobre a frieza dela com relação aos traumas pós iraque do médico. Com a chegada da nova cirurgiã cardio-torácica, Dra Teddy Altman, cria-se um triangulo amoro entre os três, sendo resolvido apenas no fim da season finale.

Nos 8 primeiros episódios, Meredith aparece muito pouco, pois na trama ela acaba por doar uma parte de seu fígado para seu pai, que está entre a vida e a morte e não pode entrar na fila de transplante por ter completado 1 ano longe do alcool. Mer continua narrando os episódios, mas ou está no quarto do hospital se recuperando, ou em repouso em casa. Quando retorna, Izzie já foi demitida, o número de residentes aumentou consideravelmente e ela fica um tempo sem conseguir entrar em boas cirurgias.

E falando sobre a season finale agora, foi a mais DOIDA de todas. Sr.Clark, cuja mulher teve morte cerebral, retorna ao hospital para se vingar de Dr.Shepherd e do Dr.Webber e Dra.Lexie Grey, médicos que diagnosticaram e autorizaram o desligamento dos aparelhos da Sra. Clark. Ele entra no hospital e vaga em busca de Derek. Ao encontrar médicos, atira neles, pois acredita que "está evitando mais mortes causadas dentro desse hospital". Karev, um dos primeiros a ser atingido pelo atirador, está sangrando sem parar e sua vida está nas mãos de Sloan. Bailey escapa do atirador, mentindo ao afirmar que é enfermeira, mas seu residente não mente e recebe um tiro. Derek leva um tiro no peito; Cristina é a única cirurgiã no andar que pode salvá-lo. Meredith convence o atirador que ela é o vínculo mais forte dos 3 médicos que ela deseja matar, pois é esposa de Derek, irmã de Lexie e "filha postiça" de Richard Weber. Owen tenta desarmá-lo, mas acaba ferido também. Cristina está em uma sala de cirurgia com a vida de Derek nas mãos. Meredith, que descobriu que estava grávida no começo do episódio duplo, aborta enquanto remove a bala que atingiu Owen.

Simplesmente PERFEITA, FODA, BOMBA. Amei, e amei. Foi a partir da sexta que me apaixonei MESMO por todos do Seattle Grace Bang Bang HAHAHA.

Compre o box e se divirta!
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário