domingo, 27 de maio de 2012

[Crítica] Glee - 3x22: Goodbye (Season Finale)


Eu digo "Adeus" assim que eu souber pra quem.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Finalmente! Chegou o dia! Graduação, o fim do ensino médio. A hora de dar adeus a adolescência. Desde sempre Glee é uma série teen, não é uma coisa questionável. Mas sabemos que a adolescência não dura pra sempre, então porque a série iria? Foi nesse clima que a terceira temporada começou, sabíamos que alguns dos personagens eram formandos, e então o que Titio Ryan faria com eles? É essa a pergunta que se mantém mesmo depois da finale.

Desde seu season premiere essa temporada focou nos personagens, principalmente nos formandos, não falaram de cara quem eram eles, os mais atentos como eu (humildade pra quê?), foram aos poucos percebendo quem eram os seniores ao longo dos episódios: Quinn, Santana, Rachel, Mercedes, Kurt, Finn, Puck, Mike e Brittany.

Glee nunca foi, nem nunca será, a minha série preferida. Mas me dizer que eu não me apeguei a esses personagens seria uma puta mentira. Assim como na série, esse episódio também foi de despedida pra nós.

Só quem já passou pelo ensino médio entende esse sentimento, é todo um tipo de vida que você deixa pra trás. É como se você acordasse depois da sua formatura do ensino médio e se desse conta que você não tem mais ninguém responsável por você, por mais que tentem escolher por você, é nesse dia que você decide o que você vai ser. Ou pelo menos o que você quer ser. Por mais que nós, adolescentes, finjamos saber o que quer, é só nesse último momento que tomamos a decisão. Quantas pessoas parecem ser seguras do que querem, e depois se perdem e passam a vida vagando, de curso em curso, de emprego em emprego, de lugar em lugar.

Eu falo como alguém que ainda está no primeiro ano do ensino médio e não tem a menor ideia do que "quer ser quando crescer", só tenho certeza de uma coisa, quando acabar o EM, tudo vai ser diferente, eu vou ser responsável por mim. Não adianta tentarem, eu tomo as minhas decisões, eu assino meus papéis, eu respondo pelos meus atos. É uma mudança tão grande, que se sentir perdido, não é um absurdo. Acho que agora, escrevendo isso, posso entender o que se passou com o Finn, nesses três anos.

Depois de toda essa minha reflexão, cheguei a conclusão de que a carga emocional nesse episódio foi muito maior do que podemos ver em sentir, por isso faço grupo daqueles que não achou o episódio ruim. Claro, não vou ser inadisplicente (oi?) me fazer de cego, e fingir que não foi tudo rápido demais. Algumas coisas, simplesmente aconteceram do nada e provavelmente vão pro nada. O maior exemplo sem dúvidas é o de Mercedes. E eu duvido muito que esse plot dela vá ter destaque na próxima temporada, mas vai saber? Esse sempre foi um dos maiores problemas da série: tudo acontecer rápido demais.

Todos os formandos tiveram suas decisões tomadas: Quinn foi pra Yale. Mercedes (do nada, apesar de ter nexo) foi contratada por uma gravadora, graças ao vídeo do Disco Inferno. Santana apesar de perdida decidiu ir pra Nova York, apoiada pela mama (ninguém mais, ninguém menos que Gloria Estefan), vemos torcer pra ter uma interação entre ela e Rachel na quarta temporada agora. Mike ganhou sua bolsa e foi pra tal escola de dança. Puck passou de ano. Brittany, ao contrário, repetiu, ela contando isso pra namorada foi demais. Tudo muito vago, fiquei com a impressão de que Titio Ryan estava sem ideias então deixou tudo no ar, pra próxima temporada. Mas o destaque principal não foi eles.

Eu nunca pensei que fosse ficar tão tenso numa cena quanto fiquei naquela do Kurt, Rachel e Finn abrindo os resultados de suas audições. Claro, Finn e Kurt fracassaram, não sei vocês, mas eu já esperava isso. Agora, até Celine Dion se revirou no túmulo de orgulho com a versão de All Coming Back To Me da Rachel, logo a mesma passou em NYADA. Chupa mundo!

Para o nosso choque, quase que ela não foi pra NYADA. Eu fiquei muito puto, aquele trabalho toda pra ela desistir por causa do Finn? Seria muita loirisse burrice. No final, o Finn faz algo pelo qual ele recompensou sua babaquice eterna: deixou a Rachel ir pra Nova York. E mesmo, um pouco contrariada ela vai ao som de Roots Before Branches. Foi perfeito, esse final, a melhor parte do episódio. E Titio Ryan, troll eterno, terminou essa finale com um solo da Rachel. Boa! Todo mundo notou como ela muda de triste pra encantada com a cidade?

Enfim, episódio bom, alguns plots ficaram pra próxima temporada, como a gravidez da Sue, o casamento Willema, a mais nova união Roz-Sue contra o Figgins - isso vai render - sem falar o que acontecerá com os formandos, sinto que vai ter uma união Rachel-Santana logo de cara, já que as duas foram pra NY. Finn foi pro exército então acho que ele não vai aparecer muito, Kurt e Mike ficaram meio que sem plot, Quinn mostrou que quer manter contato com a Srta.Berry então acho que ela também vai retornar, já não posso dizer o mesmo de Mercedes. Mas, o momento de fazer previsões não é esse, como bem foi dito no episódio, essa é a hora de dizer "Adeus".

P.S.
Todo mundo que frequenta o blog sabe ler, né? - Só conferindo.

P.S.S.
Não vou fazer aquele mimimi todo que fiz na review de Grimm, até porque vocês sabem que são ótimos sempre. Nos vemos em Setembro nas reviews de Glee também. Isso, claro, se os fãs no twitter - quem quiser me seguir: @Ricardo_Sodreh - não me matarem por um ~leve~ atraso nas críticas. Até!

P.S. do P.S.S. (cumã?)
Vocês cobraram TANTO...Quero centenas de comentários, por favor.

Obs:
Está havendo boatos de que Naya Rivera, Lea Michele, Crhis Colfer e Cory Monteith estão confirmados pra quarta temporada, além claro, dos personagens adultos (Will, Emma, Sue, Figgins e Roz)
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
11 Comentários

Comentário(s)

11 comentários:

  1. A cena final foi a mais triste de todas as temporadas, coitada da Rachel, indo sozinha para Nova York.

    ResponderExcluir
  2. Se o Finn for mesmo para o exercito não vai ter música nenhuma com ele. Espero que ele tome outra decisão na próxima temporada, e bem que poderiam ter feito um episodio mais longo - já que era o bendito final -, como fizeram com Born This Way.

    ResponderExcluir
  3. Ryan confirmou sim todos os personagens para a proxima temporada, inclusive a Mercedes....vamos morrer de curiosidade até a estreia....XD

    ResponderExcluir
  4. todos estão confirmados.. o episódio foi perfeito, as músicas foram ótimas, chorei e me diverti, tudo que não foi resolvido tenho certeza que vai na proxima temporada.. AMO GLEE! essa review foi ótima, não sei o que tem na cabeça desse povo que não para pra analisar o episódio e vem dizer, com a cara de pic* que o episódio foi ruim... dá uma raiva.. e pelo amor de deus acelera aii JOÃO LINDLEY A REVIEW DE GAME OF THRONES ..... TO FICANDO DOIDO

    ResponderExcluir
  5. Todos os regulares estao confirmados (Chord/Sam um dos que ainda não esta confirmado , para a nossa tristeza)Disse tudo na review ! Vai ter critica de TGP ?

    ResponderExcluir
  6. Geedes,as reviews de Game Of Thrones são feitas pelo Nefferson,kkkk,mas o engano é comum até eu confundo eles...

    ResponderExcluir
  7. Anônimo,estou pensando sim em criticar TGP,isso se eu consegui colocar Awake em dia,a tempo.

    ResponderExcluir
  8. Muita ingenuidade de vocês acreditarem em Titio Bitch Ryan...

    ResponderExcluir
  9. Nuss concordo com udo oque você disse você colocou ai tudo oque eu achei do episodio e nossa nem tinha me tocado que a Santana e a Rachel vão pra mesma cidade ai elas podem ficar amigas ou talvez ate morar juntas.

    ResponderExcluir
  10. Será que alguém faria review de Men at work?

    ResponderExcluir
  11. Nossa tipo,glee não é minha serie favorita (PLL saudades *_*) mas essa season finale pra mim foi perfeita,tudo que se esperaria de adolescentes prestes a se formar esteve presente,todos estavam questionando como seria o futuro,e a Rachel indo pra NY me cortou o coração,todos queriam que ela seguisse seus sonhos mas ninguém olhou profundamente para ver que ela estava apavorada indo pra lá sem Finn e Kurt,ela estava com medo e isso deu mais veracidade a coisa então foi muito emocionante,ela chegando em NY foi muito legal também,Glee calou minha boca.

    ResponderExcluir