terça-feira, 1 de maio de 2012

[Crítica] American Pie: O Livro do Amor

Direção: John Putch
Ano: 2009
País: EUA
Duração: 93 Minutos
Título original: American Pie Presents: The Book of Love

Crítica:

O que mais uma franquia pode fazer quando não se há mais nada a fazer? É claro, reciclar o mesmo, só que de maneiras diferentes. Isso é possível? É claro, Em American Pie 7: O Livro do Amor, eles conseguiram reciclar a mesma bosta dos dois últimos filmes, e fizeram o pior de todos. É bem isso aí, eles se superaram. Palmas pra eles. Vamos ao filme de nossa morte?

Ele conta a história de Rob, Nathan e Lube são três amigos que estão determinados a dar sequência à missão de conquistar as garotas dos seus sonhos. Depois de algumas tumultuadas tentativas, a maioria sem sucesso, eles acidentalmente descobrem uma verdadeira bíblia da sedução escondida na biblioteca da escola East Great Falls High. Só que o livro, além de estar em ruínas, possui informações incompletas, o que dá início a mais uma busca pelo prazer encontrado apenas no corpo feminino.

Olha, eu estou me esforçando pra arrumar palavras que descrevam o que acabei de assistir. Porque acho que usei todas as outras nas ultimas críticas, e não sobrou nada pra essa. Eu realmente não sei como é a mente de uma pessoa que faz um filme desses. Não estou exagerando, o filme é tipo, a pior comédia do século? Aquilo nem é comédia, parece mais um documentário sobre falta de sexo.Os atores nem conseguem fingir que aquilo é real, foi tudo muito superficial.

Eles tentaram colocar um protagonista como Jim e Eric, besta pra sexo, que só faz merda, mas ele não consegue fazer isso. Quando olho pra ele, vejo um jogador de futebol brincando de ser virgem. Seus amigos então, não dá nem pra gravar os nomes deles depois do filme. Na verdade, se alguém lembrar de seus rostos, já é uma coisa ótima. E que participação medíocre foi aquela do pai do Jim? Esse ator já foi melhor, viu... Se prestar a estas sequencias de uma franquia que costumava ser boa, parece desespero de fim de carreira.

Sem falar que o filme não tem clima nenhum, os personagens não são carismáticos, e aquele livro do amor é uma piada. Ao acabar de assistir o filme, me senti... Como se diz? Humilhado? Não acredito que perdi meu tempo com isso. E nem vocês deveriam perder os seus. Ainda bem que depois desse, resolveram trazer todo elenco original de volta. Eu não iria aguentar mais uma história sem pé nem cabeça que pra ser filme pornô, ta até longe. Nota 1,0.

Trailer:
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
3 Comentários

Comentário(s)

3 comentários:

  1. Nota 1? Definitivamente é pior q eu em fisica.

    ResponderExcluir
  2. Esse file tentou copiar Superbad na caruda, e foi uma bosta, só não perde pro 4, que é o pior de todos.

    ResponderExcluir
  3. Ele não passa de uma releitura do primeiro, situações paressidas (pra não dizer cópia) mas é melhor que o 5 e 6, e tem refêrencias legais a o universo de american pie.

    ResponderExcluir