domingo, 1 de abril de 2012

[Crítica] Supernatural - 7x18: Party On, Garth

Morra, exu asiático do alcoolismo.

Review:
(Spoilers Abaixo)

O Japão e sua cultura, né? Não tem desuses que controlam os elementos ou garotos de uma perna só viciados em crack, o negócio deles é pegar as coisas mais ridículas e transformá-las em objetos que podem causar sua morte. Nunca entrar num forro foi tão perigoso depois de O Grito, né? Pois é, agora foi a vez da cachaça. Se um filme pornô podia te matar na América, como mostrado no episódio passado, uma garrafa da bebida preferida da Ke$ha poderia te fazer enfrentar uma figura assassina e vingativa, controlada por ódio, que você só pode enxergar se tiver álcool em seu sistema.

Não é a toa que o episódio ganhou a nota 10.0 no IMDB né? Porque além da história ser original, ainda trouxeram um ótimo personagem, que por acaso, pode se tornar um quase fixo pra todo esse clima de comédia não acabar. Com os coadjuvantes virando pó, era necessário trazer outra pessoa que não deixasse a história na mesmice. Vocês lembram do Garth? Aquela figura magra, pálida e altamente hilária que deu as caras quando o Sam estava noivo? Ele voltou, pra fazer um feat com Sam e Dean e acabar de vez com a prima alcoólatra da Samara Morgan.

O episódio começou dando a entender que a história não passaria de um fantasma magoado que resolveu matar quem se aproximasse de seu túmulo. Era apenas uma pista falsa pra história tomar um rumo totalmente diferente depois, aquela velha história de enganar o espectador só pra ele ser pego pela reviravolta final. O espírito que estava assassinando pessoas inocentes, tinha haver, mais ou menos, com o que algumas bruxas já fizeram pra se vingar dos inimigos. O controle de entidades já apareceu algumas vezes na série, sempre tinha alguém que decidia apelar pros espíritos pra não sujar as mãos de sangue ao matar aqueles que, em suas opiniões, deveriam estar mortos.

A história em si, me pareceu bastante original. Não no aspecto do fantasma, pois já vimos coisas melhores em O Grito e filmes derivados, mas sim por alternar os meios de se ver um fantasma. Na segunda temporada, em um episódio sobre um fantasma que assombrava Hollywood, Sam e Dean descobriram que podia ver espíritos através da câmera do celular. Agora, eles precisavam estar bêbados pra conseguir enxergar a entidade, e isso poderia até ser uma ideia gratuita, se não tivesse tudo haver com o fato do fantasma estar preso a uma bebida chinesa, sendo assim o que foi denominado de Shojo.

Uma pena que, ao invés de tudo ser resolvido indo aos alcoólicos anônimos, a única coisa que acabava com o espírito era uma espada samurai consagrada com uma bênção xintoísta (?). Pra quem não sabe o que é isso, é quando um japonês ora numa espada molhada com água filtrada, haha. É claro que essa não é a explicação correta, mas é a mais divertida, levando em consideração que seria exatamente o que Garth pensaria.

E ele foi até de grande ajuda, quando não estava soltando suas pérolas e sendo o caçador mais estranho de todos os tempos. Reclamar sobre sua vida e sobre todos morrendo ao seu redor? Que nada, ele chega lá, “Gharteiza” e vira herói. Dean estava certo, com o tempo a gente começa a gostar dele, eu realmente espero que ele apareça mais na série e não tenha um final triste como todos os outros que não tinham Winchester como ultimo nome. Que tal botar ele pra lutar contra alguns Levis e salvar o mundo? 
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
3 Comentários

Comentário(s)

3 comentários:

  1. Adoro o Garth,ele é muito engraçado e as coisas que o caçador mais magro da série diz não tem como não rir,a melhor parte foi no necrotério ele vestido de soldado e ainda dizendo:"É que eu fico bem de uniforme" foi hilário,tbm espero que ele apareça mais vezes e por favor que não morra.Quando eu vi o Bobby ali parado no quarto dos Winchesters me bateu uma saudade dele,é uma pena que o Dean não o viu,esse monstro japônes do goro(palavras de Dean)me lembrou a fantasma japônesa do filme O Grito,acho que se inspiraram nela rsrs.No próximo episódio o Bobby vai dar o ar de sua graça o/

    ResponderExcluir
  2. Esqueceu de dizer que o Bobby aparece no final

    ResponderExcluir
  3. achei nada a ver o bob aparecer do nada como fantasma :/

    ResponderExcluir