Especial

Foto:

[Crítica] A Hora da Escuridão


Direção: Chris Gorak
Ano: 2011
País: EUA/Rússia
Duração: 89 minutos
Título original: The Darkest Hour

Crítica:

Sobreviva ao feriado.

Sabe aqueles filmes que são bastante esperados, você sabe que vai gostar, mas a crítica acaba massacrando? Então, este é o caso de A Hora da Escuridão. Todos os sites que eu visito, estão humilhando o coitado do filme. Bem, como vocês sabem que eu sou do contra, não me intimidei e assisti. Eu sei que este não é o filme mais sensacional que vocês já viram em suas vidas, mas ele consegue divertir e tem os seus méritos. Existem tantos filmes piores por aí e é cultuado. Eu simplesmente não entendo. Detesto estes clássicos antigos onde, aparentemente, nada acontece. Sou mais centrado no trash esquisito e cheio de ação, com uma única pretensão: não me fazer dormir.

A história deste filme acompanha um grupo de jovens americanos na Europa. Eles se conhecem numa festa, mas, depois que o céu começa a apresentar umas cores estranhas, todos vão para as ruas, para ver o que está acontecendo. De repente, pontos brilhantes descem até o chão, em diversos pontos. Depois de um acontecimento chocante, todos descobrem que é extremamente mortal se uma das criaturas encostarem neles, fazendo-os se desmaterializar instantaneamente. Agora, os cinco jovens terão que correr contra o tempo, tentando voltar para sua Terra e escapando de seres alienígenas hostis e invisíveis. Logo, o grupo descobre que a energia denuncia a presença do inimigo e que sair de dia é muito mais seguro. Mas isso será informação o suficiente para fazê-los voltar a salvos para casa?

Certo. O que tem de errado com este filme? Não vejo nada muito preocupante. Os personagens são burros? Infinitamente. Eles estão em um território desconhecido e só pensam em voltar para os EUA. Mesmo depois de saber que o ataque alienígena foi global, eles não tiram essa idéia idiota de suas cabeças. E o pior, isso continua por todo o filme, até mesmo no final. Qual o problema de fugir em um país diferente? O importante é permanecer seguro. Ainda assim, temos um ótimo conceito, "sozinhos no desconhecido", porque, convenhamos, tende a ser assustador presenciar uma situação aterradora longe de casa. Não tem lugar para fugir, não tem lugar para se esconder... Não tem ninguém com quem contar. Mas o roteiro não usa isso da forma correta.

O orçamento total girou em torno de 30 milhões, então é óbvio que os efeitos visuais foram bons. Além disso, temos belas paisagens da Europa, que são mais interessantes que as dos EUA - com todo o respeito. Afinal, já vimos os EUA ser atacado muitas vezes, estava mais do que na hora de mudar esta perspectiva. Destaco o momento em que os jovens andam pelas ruas vazias e cobertas de cinzas. Tudo coberto de cinzas e o diretor fez questão de mostrar. É realmente assustador pensar que todas aquelas cinzas eram pessoas, algumas horas atrás.

Outra idéia assustadora e que o roteiro, mais uma vez, não soube aproveitar muito bem, é o fato do inimigo ser invisível. Cadê o elemento surpresa? Imagina você andar pelas ruas e saber que pode ser pulverizado no ar a qualquer instante? Mas a execução é falha, porque sempre sabemos onde os aliens então antes mesmo de tentarem atacar. Talvez se o filme tivesse mais personagens, poderíamos ter algumas mortes surpresas e espontâneas, mas isso não acontece. Alguns podem sentir falta do sangue ou da violência, uma vez que todas as vítimas viram pó, mas eu achei super legal e a maioria das mortes valem a pena. Só queria que morresse mais gente, porque aquelas vítimas não foram o suficiente para mim.

Apesar desta crítica ter parecido completamente negativa, eu me diverti assistindo a este filme, apesar de todos expressarem seu enorme ódio à ele. Eu só lamento pelas boas idéias desperdiçadas, afinal, poderíamos ter um filme bem melhor. Lá pelas tantas, os aliens mostram que têm uma espécie de tentáculos, com os quais eles agarram suas vítimas a longa distância. É uma boa característica, mas os aliens também perdem pontos quando revelam seu verdadeiro rosto. É bem trash e parece que saiu de um jogo de P2. Enfim, assistam com suas contas em risco, porque 60% irão achar este filme um lixo. E lembrem-se de respeitar a opinião dos outros. Eu gostei e vocês? Nota 8,0.

Trailer Legendado:

Comentário(s)
7 Comentário(s)

7 comentários:

  1. vanessa vasconcelos reznor17 de abril de 2012 20:30

    cara ,primeiramente gostaria de dizer que quem está comentando aqui é a mesma vanessa perturbada de sempre huashuashuas,eu acrescentei o reznor no final do nome de brincadeira mesmo ,é que sou roqueira e a minha banda preferida é o nine inch nails,só estou dizendo isso pra vc saber que é a mesma louca de sempre que está te enchendo hahaha,mais quanto ao filme vc me animou muito ,não estava nem aí pra ele,mas agora me deu vontade de assisti-lo,valeu mesmo brother,mais me responde uma coisa ,esse filme é melhor ou pior que o mistério da rua 7? é que eu achei meio parecido com ele,e se for pior passarei longe,fala aí mano?

    ResponderExcluir
  2. Eu achei beeem melhor que Mistério na Rua 7. Bem melhor mesmo!

    ResponderExcluir
  3. Eu amei esse filme! Assisti em 3D e foi demais, não entendo o porque das críticas não terem gostado... Ah, e só uma coisinha: na verdade, sair de dia no filme era mais perigoso, não mais seguro, pois de noite, a luz denunciava eles.

    ResponderExcluir
  4. Achei muito bom! consegue entreter do inicio ao fim.

    ResponderExcluir
  5. muito bom o blog
    se estiver disposto a fazer parceria
    me avise
    meu blog é
    www.angelkrypt.blogspot.com
    e-mail
    angelkrypt@hotmail.com
    vlw

    ResponderExcluir
  6. não achei que mereça um 8,tambem gostei do filme e acho que ele é regular/bom nota 6 a 7,não trouxe nada de novo

    ResponderExcluir
  7. esse filme é lamentavel, dinheiro jogado fora, e com um final sem explicação, era melhor acabar do nada em vez de mostrar oque ocorreu no mundo todo, terrivel, gastei $ atoa alugando isso, ainda estou aguardando uma possivel continuação de distrito 9 aquilo sim é um filme bem feito, bem dirigido com um orçamento que sobrou de um filme que por briga de detentora de direitos teve que inventar algo e que ainda deu certo... esse filme nao presta gente, nao caiam nessa.

    ResponderExcluir