sábado, 7 de abril de 2012

[Crítica] Grimm - 1x15: Island Of Dreams



Ficar pelada pra conquistar os homens é para as fracas, as fortes fazem uma "poção do amor" e colocam em biscoitos. "Totoso."

Review:
(Spoilers Abaixo)

Depois de esperar por mais um mini-hiato, Grimm está de volta. E com um episódio perfeito, essas pausas fazem um bem pra série, não é verdade? Pela primeira vez, não tenho nada a reclamar do episódio. Até eu estou boquiaberto com a qualidade, a NBC anda dando uma bela de uma sambada na cara das emissoras fechadas. Tivemos um bom avanço no plot, a volta de alguns personagens recorrentes (Adalind manda um "oi"), todos os personagens regulares tiveram destaque e o caso foi interessante ainda por cima. O que deram pros roteiristas? Cogumelos da Lua? Vamos ao episódio logo, antes que eu não me contenha de tanta alegria.

O episódio foi baseado no conto "Donkey Cabbages". Sim, eu também nunca tinha ouvido falar. E pela primeira vez, a parte do plot é que foi baseada no contos dos Irmãos não a parte do crime. Na história, um caçador põe-se a viajar pelo mundo e se depara com um castelo onde uma velha bruxa vive com sua linda filha. Ele rapidamente se apaixona pela jovem bruxa, que o engana e abusa de seu amor para roubar sua fortuna. A história é praticamente um reflexo do que acontece com Hank (que seria o caçador) , e Adalind que é a filha da bruxa. Com sua habilidade sexual e sua poção do amor, Adalind pretende manipular afeições de Hank para conseguir o que ela precisa. Que não sabemos o que é ainda, mas acho que ela quer um brinquedinho sexual.

Adalind is back, bitches. E, para a nossa alegria, parece que dessa vez ela vai ficar por um arco de episódios. Tanto que no episódio 17 seremos apresentados à mãe dela. Finalmente, ela voltou, estou tão eufórico. E o que foi ela preparando aqueles biscoitos? Severo Snape que se cuide. O Renard também apareceu confabulando com ela , o que me deixou mais confuso com suas reais intenções do que eu já estava. Afinal, ele quer matar ou ajudar o Nick? Parece que nem ele sabe o que quer.

Hank comeu os biscoitos envenenados da Adalind e começou a ver a nossa Loira Fatal por todos os lados, inclusive no banho...Ai que loucura! Quero só ver no que esse plot vai dar. Outro que, devassamente, comeu o biscoito foi o Wu, mas como a poção não era pra ele, ele teve algumas reações adversas. Mas ele ficou bem, se não considerarmos o fato de que no final ele come a espuma dentro da almofada(oi?), só eu achei que ele foi muito natural nessa atitude? Como se fosse normal, pra ele. Será que foi uma reação da poção ou ele é uma das criaturas? Talvez espionando Nick a mando da força onipresente da série?

Outra personagem que, mais uma vez, despertou minha curiosidade foi Juliette. Ela atira muito bem pra quem nunca tinha feito isso na vida. Será que a série tem algo reservado pra personagem? Não sei porque mas me veio a ideia de ela ser de um linhagem de Ceifadores, só que ela não sabe. É um clichê, mas que seria tenso ninguém pode negar. Outro plot explorado envolvendo a esposa de Nick foi o fato de Bud(o técnico de geladeiras) estar sendo agradável demais com o Grimm e sua esposa, o que deixou Juliette com a pulga não só atrás da orelha mas em todo o corpo.

No caso da semana, tivemos a volta do vendedor de especiarias, Freddy Calvert, que foi assassinado. A intenção dos dois drogados era só entrar na loja e roubar “J”, a droga que é o ecstasy dos sobrenaturais. Mas Freddy não se contentou com a festa e lascou a mordida na perna de um deles. Eu comemorei. Mas segundos depois ele foi baleado a sangue frio e morto. Graças ao caso, conhecemos Rosalee, farmacêutica sobrenatural, novo interesse amoroso de Monroe e irmã do assassinado. Parece que ela vai se tornar uma personagem regular, o que me gusta mucho já tava na hora de um interesse amoroso pro blutbad (a Angelina foi esquecida pelo visto, mas enfim, ele é um lobo bonzinho agora).

Além disso, a personagem já chegou chegando (obviamente), ajudou na cura do Wu, e parece que será uma nova ajudante para Nick. A equipe de Nick tá ficando grandinha, não tá? Tia Marie deve estar orgulhosa. O melhor de tudo, foi os momentos dela entendendo a situação de Nick e a relação entre ele e o Monroe. Quando ela disse pro blutbad, no finalzinho, "Decidir ficar mais um pouco..." eu pulei de alegria.

Grimm terminou o episódio com uma personagem nova, a volta de alguns personagens, um grande avanço na trama e deixou algumas perguntas no ar. O que eu amo, não foram cliffhangers diretos, mas sim pistas deixadas no ar, que abrem várias portas pra trama. Eu estou prevendo um grande final de temporada, vocês não? Com direito a reviravoltas e tudo o mais. É com orgulho, que digo, que finalmente a série parece ter se encontrado. Depois de um episódio como esse, só me resta dizer "Que venha o episódio 16!"
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
2 Comentários

Comentário(s)

2 comentários:

  1. Adelind é muito bad girl. Ela é o personagem que amamos odiar

    ResponderExcluir
  2. ADELIND IS BACK, BITCHES!
    *----------------------*
    ótimo episódio, cumpriu tudo que prometia...

    ResponderExcluir