sábado, 14 de abril de 2012

[Crítica] Glee - 3x15: Big Brother

Eu voto no irmão do Blaine, Bial, por falta de afinidade mesmo.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Até que enfim saiu um episódio da série. Hiatus ta na moda mesmo, deve ser o ultimo grito em Paris. Pra todo canto que gente olha tem hiatus, séries canceladas, Glee praticamente desapareceu desde fevereiro. Somos, de fato, Hiatus Survivors, porque tivemos que ficar sem saber o que aconteceria depois daquela cena tensa da Quinn sofrendo um acidente, e se a Rachel e o Finn realmente iriam casar, e várias outras coisas irrelevantes que se tornaram relevantes quando a série tomou chá de sumiço.

Recobrando seu posto de Maria do Bairro feat. Marimar, a sofredora número um Quinn Fabray retornou pra mais uma sessão de lágrimas infinitas quando o acidente de carro lhe custou as pernas. Ela tentou ser positiva o episódio inteiro, o que foi estranho, porque todos esperavam chororô. Ainda não sei por que essa garota sofre tanto, deve ter dançado poli dance na cruz. As piores coisas sempre acontecem com ela, enquanto o restante do Glee Club continua imortal. Foi legal vê-la fazendo dupla com o Artie, o que pode até render, se ela continuar numa cadeira de rodas.

Quem também teve o prazer de ficar no centro da trama foi o Blaine. A chegada do irmão mais velho e egocêntrico lhe fez ter um ataque de pelanca o episódio inteiro. É aquela velha história da falta de apoio familiar, como sempre acontece. O irmão mais velho, um prodígio, famoso, mais bonito, tudo o que o Blaine ainda não era. Quanto ao mais novo, apenas um garoto sonhador, que não se acha bom o suficiente pra fazer sucesso como o irmão. Nem preciso dizer mais nada né? Por serem tão diferentes, nunca se deram bem.

A coisa mais estranha no episódio – tirando as piadas da treinadora do nado sincronizado – foram as musicas que o Blaine cantou nos momentos em que pensava no irmão. Era uma briga fraternal, mas ele cantou Fighter, da Aguilera, uma musica que falava claramente sobre uma mulher que foi enganada por um homem e ficou mais forte depois de sofrer. A música seria pra expor os acontecimentos de algum relacionamento amoroso, não pra ser encaixada numa briga entre irmãos. Concordam? Sim ou Claro?

Agora, vamos falar sobre o mais novo integrante do elenco, o feto de Sue Sylvester. A estranha gravidez que começou muito de repente já começou a dar problemas. Não sei se vocês perceberam, mas Sue não é mais uma vilã. Antigamente ela fazia de tudo pra destruir todo mundo, mas agora, quem sofre é ela. Está com problemas na gravidez e pode perder o posto de treinadora das Cheerios pra treinadora do nado sincronizado, aquela que eu não sei o nome e preciso mencioná-la dizendo o que faz. Eu até torceria pra Sue, se não soubesse que a outra também é muito boa e está verbalmente na vantagem.

De qualquer modo, a guerra entre ela e Sue talvez seja bem mais explorada nos próximos episódios. Assim como o problema entre Rachel e Finn sobre o futuro, ou até mesmo o recém falecido romance entre Mercedes e Sam. Talvez até, o interesse do Kurt pelo irmão do Blaine, que eu estava torcendo pra acontecer porque odeio ver casais felizes. Eca, tem que ser difícil pra valer a pena, ou então é apenas uma amizade colorida. Romeu e Julieta, por favor, muito épico.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
5 Comentários

Comentário(s)

5 comentários:

  1. Achei o episódio regular

    ResponderExcluir
  2. Eu queria que o Jesse voltasse (o que vai acontecer no próximo capitulo) e a Rachel voltasse a gostar dele, pq o Finn é muito chato.

    ResponderExcluir
  3. Nem teria como o Kurt gostar do Cooper pq foi só participação, acho que ele nunca mais aparece na série.

    ResponderExcluir
  4. Concordo com você João,eu até gostei da música Fighter na voz do Blaine mais ficou estranho mesmo,já havia percebido que a Sue tinha mudado,acho que é isso que acontesse quando se fica grávida,até que seria uma boa idéia o Kurt se interessar pelo Cooper,mais ele certamente não vai voltar.Parece que o episódio 21 vai ter um versão alternativa do Club do Coral,queria muito ver o Finn de Kurt e o Puck de Blaine vai ser hilário.

    PS:Espero que a Santanna sejá a Rachel e a Rachel a Santanna seria show.

    ResponderExcluir
  5. Hey there! Someone in my Myspace group shared this site with us so I came to
    look it over. I'm definitely loving the information. I'm book-marking and will be tweeting this to my followers! Wonderful blog and excellent design.
    Here is my webpage :: big brother betting

    ResponderExcluir