quarta-feira, 11 de abril de 2012

[Crítica] Awake - 1x06: That's Not My Penguin


"O que há de bom em ver a realidade? Para que serve?" (Michael).

Review:
(Spoilers Abaixo)

MAIS UM EXCELENTE EPISÓDIO DE AWAKE, EU NÃO ENTENDO COMO OS AMERICANOS CONTINUAM NÃO GOSTANDO DA SÉRIE. É UM EPISÓDIO MELHOR ATRÁS DO OUTRO, E A AUDIÊNCIA CAINDO CADA VEZ MAIS!!! O QUE SE PASSA NOS CÉREBROS DESSAS PESSOAS? ME RECUSO A VIVER NUM MUNDO ONDE ALCATRAZ TEM A CHANCE DE SER RENOVADA E AWAKE JÁ É DADA COMO CANCELADA!

Desculpa gente, me exaltei, mas eu simplesmente não consigo aceitar a falta de sucesso que a série está tendo. Cada vez mais, tenho a sensação que os americanos só gostam das mesmas coisas: criaturas sobrenaturais vivendo nos dias atuais e socializando com humanos, tramas policiais cada vez mais clichês que têm seus criminosos descobertos por crianças de 6 anos, sitcoms que falam de diversas amizades e relações familiares e dramas adolescentes e (ou) drama barato de adolescentes cantores. Eu não tenho nada contra essas séries, eu até gosto de algumas, mas porque nada de diferente pode fazer sucesso?

Acabei perdendo o foco, gente. Desculpem. Mas que é revoltante, isso é. Ok. Vamos as episódio.

O caso teve um enfoque maior nessa semana, tal como na anterior. E mesmo assim, o episódio não poderia ser mais perfeito. Temos, nada mais nada menos, que um esquizofrênico ameaçando explodir o manicômio, caso ele não visse sua irmã morta - sim, na mente do esquizofrênico sua irmã continuava viva e estava sequestrada. Esse paciente aliás foi tratado pelo Dr.Lee. Sim, o caso foi na realidade vermelha.

Logo no começo já vemos a análise dos psicólogos sobre paciente, a série começa a mostrar flashes da vida de Michael, e é nesse paralelo que traçam com o protagonista. Aquele começo já me ganhou totalmente. E ainda me deixou curioso, estaria Michael esquizofrênico? Eu já tinha comentado que essa era minha principal teoria, não é? Lá na crítica do terceiro episódio.

As análises do Dr.Lee e da Dra.Evans estiveram impecáveis como sempre, e o mais curioso é que a maneira de ambos lidarem com o problema de Michael começou a mudar: o primeiro passou a aceitar melhor a situação do personagem, já a segunda se mostrou menos receptível e animada do que nos episódios anteriores. Essa mudança nos comportamentos dos terapeutas pode ser interpretada como um sinal de que a realidade vermelha é a verdadeira e a realidade azul é o "sonho". Ou será que não?

Infelizmente, Michael and Molly e Hannah não se mudaram ainda. Afinal, o enfoque na realidade da esposa foi o caso. Já na realidade do filho, o protagonista continua tentando melhorar sua situação com o garoto. E pasmem, descobrimos que Rex anda fazendo alguma coisa a mais que pegar na mão com a namorada, se é que vocês me entendem. Eu ri demais com o diálogo deles "Onde os seus pais pensam que você dormiu?" "Na sua cama" eu fui obrigado a pausar, por causa da crise de risos.

Depois de ter tido uma droga injetada no corpo, Michael começa a imaginar um pinguim em todos os lugares que vai. Mas será que a alucinação foi por causa do tal remédio, ou seria a prova de que a mente do protagonista, não está tão boa quanto ele pensa? E essa não foi a única alucinação do personagem no episódio, ele também imagina o Dr.Lee durante praticamente todo o episódio, enquanto o mesmo estava enfermado. Quando a gente descobre isso no final, eu fiquei com essa cara: o.O

No final, Michael resolve o caso(afinal, os casos só não são solucionados na outra realidade), alimentando a ilusão do esquizofrênico. Os psicólogos fazem toda uma análise, como de costume, me deixando impressionado - não que isso seja, uma variável, né?

Enfim, mas um excelente episódio de Awake. Estou cada vez mais atraído pelo mistério da série. Fico ansioso pelo próximo episódio a semana inteira. E agora estou mais ansioso depois que vi a promo do próximo episódio. Não sei se meu coração vai aguentar até o fim de semana...Se eu não aparecer com nenhuma crítica amanhã, significa que não estou mais entre nós.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
3 Comentários

Comentário(s)

3 comentários:

  1. Sim, a série é legal, só! Não acho essa coca-cola toda que você fala u_ú. Tem séries bem melhores, por exemplo, das 18 que assisto, minhas preferidas são: true blood, game of thrones, sherlock, american horror story, the vampire diaries e 2 broke girls

    ResponderExcluir
  2. Estou em uma crise de séries.. antes assistia dezenas.. agora ñ consigo me apegar a nada.... pois é bem isso q vc falou... fora q sempre cancelam as q eu curto mais.. q sempre são essas 'diferentes'... mas a audiência odeia e isso é um saco...

    Eu enfim fiquei em dia com Awake... pq mesmo ela ñ conseguia ver religiosamente... mas posso dizer q ela já me 'pegou' estou presa na curiosidade do que é toda essa conexão entre as 2 realidades.. o q é o sonho ou não.. ou se tudo não é a mesma coisa hahaahha O pior é q sinto q vamos morrer sem saber o que haviam criado para isso.. é tão típico de séries assim..
    Mas vamos aproveitar enquanto der..

    bjs

    ResponderExcluir
  3. és tu e eu, sinceramente não os entendo. Para mim esta série é nuito boa.

    ResponderExcluir