sábado, 7 de abril de 2012

[Crítica] Alcatraz - 1x12/13: Garret Stillman/Tommy Madsen (Series Finale)


Alcatraz acabou...PARAAAA A NOOOOOOOSSAA ALEGRIAAAAAA! Até o personagem da foto ficou feliz!

Review:
(Spoilers Abaixo)

Sim, finalmente a série chegou em sua finale mais polêmica que mamilos. E sim, eu soltei fogos. E sim, pensaram que era a maconha chegando e vieram bater na minha porta pra comprar a droga. Mas, enfim, agora que eu já contei minha experiência com os traficantes, vamos aos episódios.

Ao contrário de The River, que conseguiu ter um final capaz de salvar a série, Alcatraz peca nos seus dois episódios finais que foram exibidos juntos, nos deixando assim com uma sensação de "Oba! Acabou! Aleluia!". Me desculpem, eu li em muitos lugares que esses episódios foram melhores, tudo que eu consegui pensar foi "Em que plano astral?" Os dois episódios foram a mesma coisa dos anteriores, o único diferencial foi a interligação entre ambos. Eles pensam que a gente é idiota ou o que? Fazem 11 episódios que podem ser exibidos na ordem que acharem mais conveniente e acham que fazer dois interligados vai salvar a série? J.J. Abrams está pensando que os telespectadores são o quê?

Enfim.

O mais engraçado é que os roteiristas sabem os próprios erros, porque em vários momentos dos episódios, esses erros são ironizados. Principalmente por Soto e Dra.Segupta(?) - a.k.a. Lucy. O que eu não entendo é porque ironizar os erros ao invés de corrigi-los? Seria mais um mistério da série? Os próprios personagens falam várias vezes que são "acomodados" demais, e que não tentam descobrir nada...Se eles mesmo sabem disso, significa que são uns sonsos na verdade.

Pausa pra rir da cara deles. Pronto.

Falando na Lucy, eu pensei que ela acordada traria algum ânimo pra série. Mas não foi bem isso que aconteceu. A trama dela se resumiu a um drama adolescente barato entre ela e Emerson (vocês querem vomitar? Não?), que ela e o Mr.No Feelings tinham um "rolo" todo mundo já sabia. Quer dizer, todo mundo menos a Rebecca, que conseguiu entrar num nível de lerdeza mental preocupantemente, o que foi ela em choque dizendo "You...You and him?" ? Aliás, o velho chato ainda quer levar a Lucy pro Acre Paraguai(oi?) porque quer que ela fique salva, sério? Tem plot pior que esse? Ela em coma estava bem mais interessante.

Pode ser insensibilidade da minha parte, mas não estou nenhum pouco interessado nesse casal e nesse "draminha" todo. Aliás, todo mundo confia tanto na Lucy de onde veio tanta confiança? O cara que atirou nela(não, eu não lembro o nome) confessou que ela era um alvo, mas porque? Mal se dão o trabalho de interrogarem ela direito, mais uma vez a equipe da Hauser foi passiva e pacífica demais. A Lucy era um dos poucos personagens que despertava algum interesse, e estragaram ela nessa finale (quando eu disser "finale" me refiro aos dos episódios, certo?) poderiam ter feito muito mais com a história dela.

Outros personagens, que me interessam, são o diretor e o vice de Alcatraz: James(a.k.a. Sr.Sinistrão) e E.B.Tiller(precisei googlar). O conflito deles na prisão, sem precisar estabelecer um relação de bem e mal, é uma das poucas coisas que sentirei falta em Alcatraz. O diretor da prisão apareceu bem mais nesses dois episódios finais, e finalmente confirmaram mostraram que ele estava sim ligado aos desaparecimentos, avanços temporais, experiências secretas e tudo o mais.

Agora, e o que dizer da ‘parceria’ entre James e Tommy? Ainda estou tentando assimilar toda questão do sangue e mesmo tendo me surpreendido um pouquinho com as atitudes do avô de Rebecca, me parece que as coisas foram meio que ladeira abaixo a partir daí. Aliás, o Tommy me intriga, não consigo entender o personagem e o que motiva as atitudes dele. Ora parece que ele não tem uma gota sequer de caráter e esfaqueando a própria neta, em outras vemos ele preocupado com a família e tudo o mais.

A coisa que mais desagradou foi o fato de terem colocado uma figura nova e uma figura esquecida como os principais envolvidos em todo esse mistério: o cientista (que nem tínhamos ouvido falar) que trabalhava com James em toda essa questão do sangue e dos avanços temporais, e que apareceu no final do episódio 13 como uma tentativa de cliffhanger. E um dos prisioneiros (que foi totalmente esquecido) tendo enorme relação com o mistério e estando em 2012 sem ter sofrido o avanço no tempo e que, aparentemente, é perseguido pelo Sr.Sinistrão e Tommy.

Vamos falar do mistério logo porque essa crítica já está ficando mais longa do que eu gostaria:

Dentre todas as teorias criadas sobre as transfusões, a ideia de que servem para poder localizar os prisioneiros é bem desanimadora. Sei que existe muito mais por trás disso, mas como o futuro da série é uma incógnita, é triste que não tenham se arriscado mais, dando apenas respostas que não surpreendem muito. Claro que não era algo que eu tivesse adivinhado antes, mas não precisava ser algo tão sem graça e simples...e totalmente sem sal.

O pior de tudo foi o momento em que abriram a porta das três chaves. Não sei exatamente o que esperava, mas aquele mapinha brilhando não era uma opção nem de longe. Já sabemos que o metal incluído no sangue faz com que os homens sejam mais fortes, por assim dizer, mas toda essa história de localização e ‘ Oh, eles estão por todos os lugares’ quase não faz nem sentido. Com uma equipe que está investigando isso há séculos, já seria esperado que estivessem espalhados, não!? Mas, o mais importante, é que isso serviu de desvio para o que realmente importa. Continuamos não sabendo o que aconteceu, quais motivações, e o que isso esconde. Pensando friamente, tudo o que tivemos foi a confirmação de que um salto temporal realmente aconteceu, de maneira preparada, por alguém que ainda não conhecemos direito e por motivos que, tão pouco, entendemos.

Eu acredito que as tentativas de cliffhangers ao longo dos episódios possam ter funcionado para alguns. Mas pra mim não funcionou nenhum pouquinho, principalmente a "morte" de Rebecca. Convenhamos, alguém realmente acredita que ela morreu mesmo? Não precisa ser nem um pouquinho genial para presumir que vai ser salva pelo tal sangue poderoso, caso tenha a chance, ou que mexerão no tempo pra trazê-la de volta, farão qualquer coisa menos matar a protagonista. Os roteiristas não mostraram ousadia suficiente pra fazerem isso.

Eu não desejo uma segunda temporada pra Alcatraz, a finale não foi capaz de salvar a série. Como bem foi dito nos comentários, enquanto você assiste os episódios qualquer coisa atrai mais a sua atenção. Nem o recurso de "não-linearidade"(começar com uma cena, e depois voltar no tempo, no caso "36 horas antes") consegue nos prender durante todo o episódio. Eu vou deixar bem claro, que não estou disposto a acompanhar a série caso seja renovada pela FOX (ou pelo NetFlix, nunca se sabe), caso haja a renovação eu não estarei mais a frente das críticas. Eu não vou cancelá-la oficialmente porque a série está com seu futuro incerto e tem a possibilidade de outros colaboradores criticarem a série em sua segunda temporada.

P.S.
Gente, me desculpem a demora, meu PC ter quebrado me atolou demais, demais, demais. Sinceramente, acho que nós sofremos alguma macumba de blogueiros invejosos estamos passando por uma maré de azar porque Saturno não está numa posição favoravél em relação ao nono astro solar, por isso todos nós do blog estamos nos atrasando esse mês. Mas acho que ninguém sentiu faltas das críticas de Alcatraz, né?
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
8 Comentários

Comentário(s)

8 comentários:

  1. Alcatraz é tão lixo que a season finale foi a pior audiência da história do programa

    ResponderExcluir
  2. Ricardo, uma pergunta, como você conseguiu assistir Alcatraz até o final, vocÊ tem algum super poder?

    ResponderExcluir
  3. Então,Anônimo,eu tomo dois litros de TNT,tomo um pouco de êxtase e injeto um pouco de cocaína.Me deixa acordado pra assistir tudo. - MENTIRA!

    Eu tenho que ver tudo,pro Nefferson não arrancar meu rim e vender na Internet.

    Mas,a verdade é que - não contem pra ele - eu cochilo em muitas partes do episódio.Tenho sempre que ficar voltando.

    ResponderExcluir
  4. Parei com Alcatraz tbm ~~' ... então se tiver um tempo tenta da uma olhada na nova da ABC, ''Scandal'',achei muito interessante o Pilot... o/

    ResponderExcluir
  5. pode até ter season 2 se for como eu imagino... É ASSIM:
    "REBBEKAH RESSUSCITA MISTERIOSAMENTE, VAI A PROCURA DE SEU AVÔ E DIZ QUE ESTÁ APAIXONADA, ELES FAZEM FILHOS, ELA É 1ª PESSOA QUE TEM UM TIO QUE É SEU FILHO! LOL. ENQUANTO ISSO, ANOS DEPOIS, NA SALA SECRETA DESCOBREM UMA BOMBA NUCLEAR, QUE SOTTO ACIONA ACIDENTALMENTE ENQUANTO COME MILHARES DE CAIXAS DE BISCOITO DO GORDO E SE MASTURBA, AÍ TODOS MORREM E A SÉRIE ACABA!"
    final perfect *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu ficar mais atrasado com as críticas é pq eu morri lendo esse comentário do Yiow.

      Excluir
  6. Raxei de rir com o seu final Yiow,não tenho mais o que comentar só posso dizer que mais uma vez concordo total com a sua crítica Ricardo,mais confesso que se tiver uma segunda temporada de Alcatraz eu vou assistir,não consigo abandonar uma série sem que ela finalize ou seja cancelada(podem me apedrejar,eu deixo).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não é certo que desistirei da série caso tenha 2°temporada,talvez eu veja,mas dps de ler alguma review da 'Season Premiere' e ver se melhora ou não.

      Excluir