quarta-feira, 28 de março de 2012

[Crítica] The Vampire Diaries - 3x17: Break On Through


Dois são companhia. Três são uma festa.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Eu não disse para vocês que o episódio ia pegar fogo? Mas também, Damon querendo fazer um one, two, three... Peter, Paul & Mary (leia-se Ménage à Trois) em um episódio não é uma coisa que acontece todas as semanas. Ainda mais com Sage (quanto mais tempo ela era durar mesmo?) e a vadia original, Rebekah. Então eu posso dizer que tivemos muita safadeza animação, além, é claro, de bastante desenvolvimento, até porque, nossas queridas Bonnie e Caroline finalmente deram as caras. Eu só fico imaginando o que o Klaus está fazendo, porque ele não deu as caras nas últimas semanas. Será que está de pegação frenética com a Kath? Será que ele está em seu próprio one, two, three com ela e o Kol? Todos pensam.

Bem, vamos começar pelo núcleo dramático da mãe da Bonnie. Vocês sabem que eu não gosto muito desse tipo de drama particularmente inútil, que pouco tem haver com a trama central. Mas, já que estamos falando de The Vampire Diaries, eu até que engulo, porque sei que tudo relacionado a estes assuntos entediantes acabam rápido ou têm uma reviravolta cretina por trás. Dito e feito! Mas foi legal acompanhar a mãe da Bonnie, justamente para ficar mais com a bruxinha filha. Não tenho o menor vínculo com ela e, se a personagem morresse no próximo episódio, eu nem ligaria. Aliás, eu já me vi animado por sua morte, mas agora sei que dificilmente irá acontecer.

Ah, quem eu estou enganando? A parte da Bonnie só foi interessante mesmo por causa da Caroline. Primeiro que ela teve uma boa conversa com o afilhado da mãe da Bonnie. Eu até senti um clima entre os dois, mas nada deve acontecer. O problema é que a Caroline é uma personagem tão boa, que todos combinam com ela. Depois, nossa VampBarbie ainda teve um papo-realidade com a própria mãe da Bonnie, e convenhamos que ela mereceu. Isso ligou diretamente com o seu drama interno, a perda do seu pai. Foi interessante para o episódio. Mas, no final, nada pôde impedir a mãe da Bonnie de meter o pé. Já era esperado, porque a trama principal precisa de suas jovens personagens e elas não poderiam ficar de fora da história cuidando da vampira velha. Então... Já vai tarde.

Pelo menos, Bonnie ficou super de bem com a Elena, já que teve que v0ltar para a cidade para fazer o feitiço anti-psicose no Alaric. E esse plot rendeu uns momentos bem tensos, devo admitir. Fiquei apreensivo assistindo Elena e Stefan tendo suas crises emocionais enquanto Meredith era covardemente perseguida pelo seu namoradinho. Achei que a doutora não passaria deste episódio, já que ela é de outra série e também vi uma foto dela sangrando no chão do banheiro, mas, ainda bem, que o Stefan se controlou e deu o sanguinho milagroso dele. Será que Meredith vai aparecer nos outros episódios? Eu espero que sim. Alaric merece...

Já, no núcleo cabaré da série, Damon estava todo soltinho, comemorando com a Sage, que se mostrou uma perdida apaixonada pelo Finn, um dos originais, o filhinho da mamãe. Sabendo dessa informação, não era de se surpreender que ela estivesse pronta para trair o Damon, que, por sua vez, estava pronto para traí-la. É tanta gente traindo tanta gente, que eu até fico confuso. Na verdade, eu só fico com pena da Rebekah, que é tão carente e só quer uma pessoa que se importe com ela. Acho que ela merece um grande amor, que não esteja disposto a arrancar seu coração na primeira oportunidade (todos falando em todos os sentidos da palavra).

Confesso que deu uma peninha da Elena, no final. Completamente forever alone, a garota ligou para o seu irmão, Jeremy (estão lembrados dele?). Engraçado que ele cagou na cabeça dela, praticamente ignorando-a. Achei sua participação completamente dispensável, seria mais útil mostrar a Elena tendo flashbacks românticos com o Stefan, seria mais profundo. Enfim, há quem tenha gostado. Agora vamos esperar pelo próximo episódio, porque, talvez, os originais possam finalmente morrer, uma vez que, o velho carvalho está nas mãos dos Salvatore... E eles sabem exatamente como usar. Ui, que medo!
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário