quinta-feira, 15 de março de 2012

[Crítica] Ringer - 1x17: What We Have Is Worth the Pain


Todos querem a cabeça dela.

Review:
(Spoilers Abaixo)

Sim, finalmente estou postando a crítica no momento certo. Chega de atrasos, não é verdade? Enfim, eu estava pensando profundamente comigo mesmo esta semana. Ringer, que parecia só mais uma série clichê de gêmeas, começou mais baixo do que minhas baixas expectativas. Se não fosse pela insistência de vocês, queridos leitores, eu nunca teria escolhido ela para assistir. Ainda mais depois daquele Pilot horrível. E, apesar da série ter continuado fraca nos outros episódios, sempre teve um ganchinho cretino ou uma reviravolta saliente que me fazia interessar ainda mais pela trama. Agora, olha aonde estamos!

Nem parece mais aquela trama bobinha do sumiço da melhor amiga. Tenho certeza que todos vocês já nem lembram mais da Gemma, até porque, depois do hiatus, a série voltou mais bombástica do que nunca. Talvez seja por causa da baixa audiência e já que a série está condenada com o pé na cova, os produtores estão depravando todos os núcleos e fazendo uma revelação bombástica atrás da outra. Eu só espero muito que Ringer tenha um final convincente. Há alguns episódios, eu duvidava que poderiam dar um final digno em tão pouco tempo, mas a trama está correndo mais rápido do que eu imaginava e tudo parece apontar para um grande final. Todas as tramas parecem querer colidir e ninguém estará seguro quando as mentiras forem espalhadas pelo ventilador.

Mais uma vez, o grande destaque fica por conta do Andrew. Episódio passado, ele estava montado no bitchismo assassino e, com a promo do episódio esta semana, tudo indicava que ele finalmente passaria para o lado negro da força. Grande engano! Tudo bem que ele não é flor que se cheire (pode até ser venenosa, eu confesso), mas tivemos uma jogada interessante do roteiro, o seu amor pela Siobhan (ou seria Bridget?). Mesmo com a vadia mor da série tentando colocar minhocas satânicas na cabeça do Andrew, ele não quis matar a Bridget. Isso prova que o seu amor é forte, porque o amor dele pelo dinheiro parecia imbatível.

Siobhan, por sua vez, se revelou uma grande vaca. Grande parte dos seus planos foram revelados esta semana, com direito até a alguns flashbacks, mostrando sua tensa situação com o Andrew. Ele estava mesmo disposto a matá-la e eu fiquei em choque. Isso me leva a questionar se o Andrew já não sabe que a atual Siobhan é, na verdade, a Bridget Kelly. Não é possível que o homem é tão tapado a esse ponto. Ele chegou a ponto de contratar alguém para matá-la e, de repente, ela muda completamente de postura? Sem contar que a Siobhan já o confrontou a respeito da fraude e a Bridget chegou nele como se nunca tivesse tocado no assunto? Se ele não sabe da verdade, eu mesmo dou um tiro nele.

Para se ter uma idéia do quanto está óbvio que Siobhan não é Siobhan, até mesmo o motorista-protetor dela descobriu a verdade. E eu justamente não consigo me conformar como todo mundo sabe que ela tem uma irmã gêmea, age completamente diferente do costume, e ninguém, NINGUÉM, contesta se ela não é a outra. Bem, pelo menos o Henry cansou de ser apenas um peão e gritou com a Siobhan, em busca de explicações. A mulher é naja venenosa! Está mesmo convencida que a irmã precisa morrer porque ela matou o seu filho. Todos sabemos que foi um acidente, então é melhor avisar pra essa maluca.

O caso da Juliet também foi interessante. Ela ficou de casinho com um garoto novo e bonito e não foi difícil imaginar que ele era o agressor da Tessa. Aliás, para quem estava em coma há poucos episódios, está muito bem, obrigado. E o melhor é que tudo se encaixou no final e a Juliet finalmente percebeu que a mãe é uma vadia. Gostei dela falando que preferia que a Siobhan fosse sua mãe. Espero que tenha doído! A investigação do Detetive Pegador-de-Prostitutas também está indo de vento e polpa, certo? É engraçado como, com a chegada da Season Finale, estes três núcleos de crimes parecem querer se encontrar. E eu espero ansiosamente por isso.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
2 Comentários

Comentário(s)

2 comentários:

  1. Não tem como não se encontrarem por que uma está ligada a outra,fiquei chocada com o que a Siobhan disse,ela é uma vadia maluca que acha que está certissimo a Bridget morrer para se fazer "justiça" pelo ACIDENTE que matou o seu querido baby Sean e o pior de tudo é que ela fala isso pro Henry como se não fosse nada,se tinha pena dela não tenho mais,achei que o Andrew fosse matar a Siobhan/Bridget e fiquei feliz quando ele não fez isso, a Paola Bracho americana se ferou nessa.Adorei o que a Juliet disse pra Catherine foi muito bem feito e tbm espero que tenha doído bastante,ela merece.

    ResponderExcluir
  2. Cara, você não vai fazer a crítica de Anjos da Noite não??

    ResponderExcluir