quinta-feira, 8 de março de 2012

[Crítica] I Hate My Teenage Daughter - 1x05: Teenage Escuela


Nunca é tarde para voltar para a escola.

Crítica:
(Spoilers Abaixo)

Eu sei! Quem acompanha as minhas críticas a esta série, já deviam ter desistindo e pensado que eu também tinha abandonado... Mas não. Se vocês repararem, o banner dela está firme e forte na lateral do blog. O problema é que I Hate My Teenage Daughter parece estar na geladeira da Fox. Primeiro que ela demorou para estrear e, agora, demorou para retornar de interminável hiatus. E para os que estão gostando da série, devo compartilhar uma notícia triste. Ela está com o pé na cova! Os números de audiência estão muito baixos e parece impossível ela conseguir uma segunda temporada, então, é melhor aproveitar enquanto podemos, porque não irá durar muito.

Soltei algumas risadas com este episódio que teve um tema completamente diferente dos episódios anteriores e dá espaço para os pais interagirem com suas filhas do capeta. Vimos bastante das duas mães desesperadas sendo controladas por suas filhas, mas os pais sempre estiveram de boa, observando de longe e sendo amados. Estava mais do que na hora de mudar isso, uma vez que as meninas são realmente encapetadas e não deixariam de manipulá-los. Esta semana, elas precisavam de alguma em um projeto de escola e os seus pais ficaram de "supervisionar". Sim, está entre aspas por as mães sabiam que eles teriam que se virar sozinhos enquanto suas filhas lixavam as unhas.

E, tentando ser fortes, eles acabaram sendo ainda mais manipulados pelas meninas e até no cinema eles foram, assistir um filme menininha para "pesquisa" do projeto. Sim, nada tem haver e é hilário quando os personagens percebem isso. Ainda bem que elas têm o tio Jack, para salvá-las dos projetos terríveis que seus pais armaram para elas. Foi muito legal ver o roteiro focando nesse jeito maluco do tio, tentando sempre ser perfeito e eu simplesmente morri quando ele construiu um projeto que saía petróleo de verdade. Melhor ainda, foi ver as meninas mentindo para ele e dizendo que tiraram B, só para vê-lo surtar, fechando a série, esta semana, com chave de ouro.

E se os homens tiveram que cuidar e "odiar" a manipulação de suas filhas adolescentes, as mãos voltaram para a escola e se inscreveram na aula de espanhol. Foi muito engraçado ver que a Annie não se deu tão bem na matéria quanto a Nikki. Não consegui me controlar quando a Annie, fazendo a prova, começou a suar como uma maluca desesperada toda montada na reprovação pessoal. E, melhor ainda, foi quando ela começou a pedir cola para todos ao seu redor. Parece que Espanhol não é tão fácil como parece, não é mesmo? E eu realmente fiquei com curiosidade da novela onde o personagem está nascendo asas. Parece trash!

Essa perspectiva de Nikki se sair melhor que a Annie também foi interessante, assim como a briguinha delas. "Usted estas mueeerta pra mi". Quem não morreu de rir quando a Nikki começou a ameaçar a Annie? Ainda mais com as caras e boas dela. Os personagens estão ótimos, muito bem encaixados. Só sinto mais evolução da Mackenzie, que está sendo sob a sombra de alguém, principalmente de sua melhor amiga, Sophie. Bem, agora vamos esperar o que vem por aí.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
2 Comentários

Comentário(s)

2 comentários:

  1. Eu queria uma segunda temporada
    mais do jeito que essa serie anda já vi que não tem
    que pena

    ResponderExcluir