domingo, 4 de março de 2012

[Crítica] Hart of Dixie - 1x16: Tributes & Triangles


Ninguém pode rir para sempre.

Crítica:
(Spoilers Abaixo)

Esta semana, neste longa trajetória que Hart of Dixie nos apresentou, é a primeira vez que eu posso dizer que a série partiu o meu coração. Geralmente, sempre leve e divertida, a série deixou o seu bom humor de lado e tratou dos relacionamentos mal-acabados da trama, fazendo com que todos eles se chocassem em um episódio fantasticamente triste. E estava mais do que na hora de Hart of Dixie fazer isso, não é verdade? Estava na hora de percorremos por problemas sérios de verdade. E na semana passada, a série já mexeu com isso ao lidar com o problema paterno da Zoe e, esta semana, o roteiro, surpreendentemente, segue esta linha narrativa.

Os valores familiares foram colocados à prova nesta semana, assim como o relacionamento estável dos nossos queridos personagens. Nunca conseguiu se safar esta semana. Isso porque o episódio começou da forma mais inocente possível, dando início a mais uma manjada celebração da cidade. Desta vez, tivemos o concurso de "Homem do Ano", no qual Brick estava do olho, mas acabou sendo passado para trás por George. Tudo bem que não foi de propósito. Aliás, tudo foi culpa da Magnólia, que se mostrou uma verdadeira quenga essa semana, não é?

E esse foi só o começo do argumento "ligação familiar" esta semana. Mas, já que tocamos em Magnólia, vamos continuar falando dela. A menina pouca importava na trama, só apareceu em coma alcoólico alguns episódios atrás, mas pouco fazia. Esta semana, ela decidiu fazer algo diferente e escandalizar com o bom senso em BlueBell. A mocinha escolheu dar encima do Wade, que, todos sabem, não está no mercado, apesar de estar solteiro. Não sei como o moço agiria se estivesse a zero bala, mas foi ótimo ele não atacar de pedófilo. Vocês podem estar estranhando minhas dúvidas, mas convenhamos que ele se comporta como uma criança infantil por diversas vezes.

Eu sempre repudiei qualquer aproximação entre o George e a Zoe, mas esta semana, achei tudo muito conveniente. Ela está sozinha, porque o idiota do Wade não é homem para tomar uma atitude decente. Além disso, eu enxerguei muito mais de "bons amigos" do que "namorados em potencial" no casal. E dizem que as melhores relações começam a amizade, então acho que eles começaram com o pé direito. Sem contar que essa aproximação deles será fundamental para os outros núcleos da trama. Provavelmente, Wade ficará mais esperto, e passará a agir de uma forma diferente. Isso se ele quiser realmente recuperar a Zoe. E isso afetará a dinâmica entre Lemon e Lavon também, uma vez que ela não está gostando nada dessa nova amizade do George.

É muito interessante ver esta evolução na trama, porque eu estava realmente sentindo falta. Eu sei que Hart of Dixie é o meu programa mais leve da semana, mas tudo tem que evoluir e não podemos fazer uma gemada sem quebrar alguns ovos. Então, estava mais do que na hora deles botarem o drama no mode on. E o mais legal é o que o episódio teve seus momentos engraçados e drama na mesma proporção. Sem ficar superficial ou chato demais, espero que tenhamos mais episódios deste tipo nas próximas semanas.

Eu já vi a promo do episódio 17 e parece que... Eu não sei. Ela não revela grandes coisas, mas todos vimos como o clima ficou apocalíptico. Espero que o roteiro recupere essa atmosfera porque a temporada está chegando ao fim, o enredo tem mesmo que andar e o cancelamento está batendo na porta da série. Sim, é triste, mas é verdade. Hart of Dixie é uma das séries que mais correm risco de cancelamento do canal CW, então precisamos de um milagre.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário