quarta-feira, 7 de março de 2012

[Crítica] Desperate Housewives - 8x15: She Needs Me


Mas então existem aqueles que,  estão além da ajuda e, em seu caminho, só deixam destruição!

Crítica:
(Spoilers Abaixo)

O episódio dessa semana foi bem forte. No sentido revelação, e no sentido “nós já sabíamos disso”. A primeira coisa a comentar é a postura digna de Porter em querer criar seu filho. Mesmo sendo estabanado e totalmente sem noção, Porter quer provar que conseguirá ser bom pai. E Lynnete como sempre fez tudo sozinha, ela quer passar essa lição a ele. Mas Susan, chega e estraga os planos dela. Susan monta um quarto lindo para a pequena Lynnete. Sim, foi esse nome que Porter escolheu. E Susan COMO SEMPRE invocando com nomes, ajuda a mudar. E coloca o nome da sua mãe Sophie. Mas claro Lynnete não gosta nada disso. E as duas então brigam. Lynnete por querer que o filho batalhe sozinho e Susan porque quer a neta perto. Mesmo ela sabendo que Julie não quer a criança.

Gaby e Roy enfim se entenderam. E mais uma vez o feijão saltitante surpreendeu. Gaby vai até Karen e conta a ela que foi a culpada dos dois estarem separados até agora. E Karen como sempre sarcástica diz não se importar, até então desmaiar na frente de Gaby. Ela então descobre o real problema de Karen e fica totalmente sem chão. Então Gaby quebra a promessa depois de Roy confessar a ela que sua primeira mulher também foi vitima de câncer e ele fez tudo o que pode para que a mulher morresse feliz. Diz a McClausky que dessa vez parte pro além mas creio que não. Pelo menos, eu não quero.

Vamos falar de Renné agora. Ela pagou a dívida do gostoso do Bem ao agiota. E o agiota parece que não se contentou. Não entendi o porque. Mas quero saber logo. Renné o enfrentou quando o agiota apareceu mas claro, ficou com medo. Ou não. Nisso Mike falando com ela no telefone, vê a luz acender. E vai até lá e dá de cara com o agiota quebrando tudo. Isso não entendi mesmo. Ela pagou toda a conta, o que ele quer mais? Mike como é o herói da vila, levou uns socos mas já se reergueu e deu uma baita rodada nele. Claro, agora temos mais um inimigo na vila. Porque o próximo tópico é sobre o grande vilão da trama. Da temporada, quer dizer.

Orson Hodge. O cabra voltou e trouxe consigo uma obsessão por Bree mais forte do que já era. E mesmo que Orson teve um pingo de bondade em algumas temporadas, ele sempre foi o grande vilão. Porque muitas vezes fez Bree fazer certas coisas que faziam seu caráter se tornar duvidoso. Por exemplo quando ele começou a roubar. Teve também ele estragando a felicidade de Mike e Susan, claro Bree fez ele pagar por isso. Mas nem com isso o cabra melhorou. E agora ele voltou com um plano. Matou o Chucky (isso já era obvio), e claro fez um dossiê lindo das donas-de-casa e Carlos levando o corpo. A única coisa que faltou acontecer foi ele levantar da cadeira e dar uma surra em Bree, aí seria uó. Mas Marc é sensato e não quis nos surpreender mais ainda.

Enfim, Bree descobriu tudo. Deu um pé nele. E agora ele vai se vingar. Porque não ficou com sua amada. Mas o porque disso? Desperate anda com muitos porquês e isso tá me irritando porque o final ta aí. E não quero nada sem explicação. Pelo menos Marc Cherry disse uma vez que tudo se fecharia no final. E que ele não faria um final feliz e sim um final comum. Espero um final comum, mas quero tudo no tim tim por tim tim.

O próximo episódio vai trazer mais loucura, tenho certeza. E por mim eles poderiam fazer mais uns 10 episódios, porque sinceramente não quero que acabe, :(. 

Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário