terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

[Crítica] The Vampire Diaries - 3x15: All My Children


"Primeiro, precisamos de uma distração loira" - Damon.

Crítica:
(Spoilers Abaixo)

Para aqueles que não sabem, ficaremos sem The Vampire Diaries por mais algumas semanas. Caramba, como eu detesto estes pequenos hiatus da CW. E, é claro, para nos deixar controlados por essas semanas sem a série, ela tinha que se despedir com um episódio super bombástico. E quando eu digo que foi bombástico... É porque foi. Eu jurava que esse plot da bruxa vadia querendo matar os filhos renderia muitas intrigas e tomaria conta de muitos episódios futuros, então imaginem minha cara na poeira quando eu percebi que tudo acabou nesta semana mesmo.

Todos entram em choque profundo com a velocidade da trama. Quando nós pensamos que a série está começando a desenrolar uma subtrama complexa, ela está, na verdade, terminando. E este foi apenas mais um episódio com cheiro de Season Finale que The Vampire Diaries tanto gosta de nos mostrar. E, sinceramente, acho que tivemos de tudo um pouco. Para os fãs dos Originais, assim como eu. Para os fãs do Elijah e Rebekah, assim como eu. E para o casal Klauroline, assim como eu.

Para começar, vamos comentar sobre a Elena. Tudo bem que a garota é um pouco sonsa em alguns momentos, mas eu realmente gosto da personagem. Ainda mais agora que ela está fazendo diversas escolhas que batem com o meu gosto pessoal. Ela dispensou o Damon de um jeito épico e ainda abriu o bico para o Elijah. Alguém duvidou que ela não o faria? Gente, Elijah merece continuar na série, porque ele é o que mais morreu em toda a trajetória diarística. O homem não cansa de sair da tumba. Elena já cansou de meter a adaga no peito daquele homem e, ainda sim, ele apenas senta e toma um chá, porque é bastante civilizado. Ele merece espantar os Salvatore e dar uns pegas na doppelganger. Eu aprovo!

Quanto aos outros irmãos originais, Finn acabou embarcando pra terra do nunca junto com sua amada mãe, o que é ótimo, uma vez que não havia espaço para ele na série. Kol até que pôde se mostrar mais esta semana e sua participação foi até aceitável. Ele se mostrou um fanfarrão e logo ficou de graça com a doutora psicótica. Acho que ele pode render bons momentos em futuros episódios, mas chega! Essa é a minha cota de originais por temporada.

E a parte que eu mais gosto, Klauroline. Eu sei que tem muitas pessoas que não aprovam, mas eu simplesmente adoro. É o melhor casal da série, atualmente. E ver a Caroline toda montada na promiscuidade matadora para atrair o híbrido poderoso foi realmente uma delícia de ser assistir. E ainda fomos brindados com um pequeno momento entre os dois. Pena que o Klaus foi que ela só o estava enrolando e, no final, chegou a queimar seus desenhos dela na fogueira, dramaticamente. Parece que ficaremos sem Klauroline por uns tempos. O que vocês acham? Eu espero que aconteça alguma coisa para frente, porque essa chama não pode apagar.

Quanto a Rebekah, uma das minhas originais favoritas, tivemos um bom momento entre ela e a Elena. E convenhamos que essas duas tinha bastante coisa para por em dia. Gostei da cena dela e rendeu um ótimo momento, onde a vampira loira revela que não irá matá-la, porque quer vê-la sofrer com os golpes da vida. Resultado de todo o episódio? A família está quebrada, mais uma vez. Separados! Os únicos que ainda irão galinhar em Mystic Falls, são Klaus e Rebekah (Elijah, fica, por favor!). OBS: Que final foi aquele com a Dra. Psycho? Então ela é a vadia que está matando todo mundo? Corre para as colinhas, Rick.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
4 Comentários

Comentário(s)

4 comentários:

  1. Finalmente saiu essa critica!To esperando faz tempo!E sim esse episodio é um dos melhores q ja vi na vida!

    ResponderExcluir
  2. Adorei sua review. Finalmente,achei alguém em "Klaroline mode" como eu. Já estava me sentindo sozinha.;-) Adoro o trio Original. Beijos!

    ResponderExcluir
  3. eu tbm queria ver um pouco de klaroline tbm, afinal nosso hibrido original tá na seca desde que entrou na série... e tbm aceitaria muito bem uma pegaçãozinha entre elijah e elena... só pra dar mais emoção a série...kkk

    ResponderExcluir
  4. Jesus do Céu!!,me surpreendi com a Dra.Psycho(adorei o apelido kkkk)pelo visto o Damon estava certo ela é mesmo a assassina pobre Rick espero que ele não morra,tbm gosto do casal Klauroline eles combinam perfeitamente,seria legal o Elijah ficar com a Elena só imagino a cara dos irmãos Salvatore se isso acontecesse e eles descobrissem.Iniciando o movimento:#ELIJAH FICA EM MYSTIC FALLS!!!!

    ResponderExcluir