terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

[Crítica] The River - 1×03: Los Ciegos


É bom poder sair... e ver!

Crítica:
(Spoilers Abaixo)

Bom, posso dizer que a língua é o chicote da bunda? AMEI esse episódio. Mesmo não concordando com essa qualidade clichê, e ainda preferindo que fosse um atividade paranormal com a Kate e com o Micah mas enfim. Vamos aos fatos.

A galera mais uma vez teima e vai pro meio do mato. Porque eu já teria vazado de lá desde que aquele diabo saiu de dentro daquela madeira. Aí eles entram numa caverna. Amei a historinha do câmera man ter medo de caverna. Esse tipo de “ponte” eu gosto. Nisso a menina vidente espanhola já avisa que eles estão em território inimigo. Eu acabei me apaixonando e me apegando nessa menina. Ela é direta. E os ganchos dela são muito bons. Nisso obviamente a caverna escondia surpresas. Corpos mutilados, e sem os olhos. Começamos a entender a ideia do episodio aí. Os tais dos “LOS MORCEGOS” estripavam, tiravam os olhos e deixavam os corpos na caverna. Claro, isso somente de quem desrespeitasse e invadisse o território deles.

Quando parecia ser uma noite linda dentro da caverna (pelo menos foi isso que eu entendi e consegui ver!) eles acenderam as luzes e era uma “tchurminha” de morcegos. Claro cagando neles. Então, desse coco e toda essa loucura eles pegaram a tal infecção que surpreendentemente ia deixando um por um CEGOS.

Sim, assim como a Kátia Cega. 100% cegos.

Começa pelo pai da espanhola. Nisso ataca a mãe do protagonista (desculpem não decorei nomes, aliás sou péssimo pra isso mas quem vê sabe de quem to falando), ai eles vão pro barco. Clark (AH LEMBREI DE UM) tem uma leve discussão com o gostosão da série, o Kurt. Nisso ele fica ceguete. Aí, não sei mesmo se foi com intenção mas se foi já AMO o Kurt. Ele acaba cortando ele. O Doutor da tripulação então entra em ação. Sendo que isso um pouco antes Lincoln ouviu Clark e a mãe dele quase se pegando no corredor. Claro, ela quis jogar a cintura e constranger Clark o confundindo com Emmet. Enfim. Acho ela uma cadela, simples assim. Essa coisa dela querer com todas as forças encontrar o Emmet acho tudo sensacionalismo porque o dinheiro que esta por trás é muito bom. Desde o principio acho que o proposito dela é este. Se não for, sei lá. É o que eu penso.

Aí a filha do câmera, a Lena, Kurt e o câmera man vão pra floresta em busca do remédio pra cegueira acabar. Mas como já era previsto Lena e Kurt ficaram ceguinhos da silva. Mas o A.J acabou salvando o episódio. Ele deu um surto por Kurt o humilhar, diz que ia embora e eles que se ferrassem mas bem no fim como o destino é certo a arvore estava poucos metros dali. E então ele vai ajudar. Mãs aonde estava a plantinha que salvava a todos? Debaixo da terra. HEHE. Como riria os que estão começando agora.

Um pouco antes, enfim os morcegos apareceram. Homens ou espíritos (Sei lá!) sedentos por olhos, tripas, e todo o diabo a quatro. Havia ali “N” corpinhos pra eles se saciarem. E a espanhola sensitiva Jahel (Wikipédia me ajudando a lembrar dos nomes. Coisa boa né) claro, foi a primeira a sentir que eles estavam ali. Ela é sensacional, sério to num relacionamento muito sério com ela. Apaixonadinho. Então, todo mundo entra em desespero. Principalmente Lincoln que tem a visão cega na hora que ele mais precisava: cauterizar o corte de Clark. Mas como um bom profissional ele foi lá e fincou a faca. Clark com raiva de toda a situação, resolveu salvar a “galero” e conseguiu. Os morcegos adoraram a humilhação deles e aí quando A.J achava que morreria dentro daquela “caverninha” com a salvação e bem no fim os morcegos resolveram ajudar a salvar a pátria. O que mais gostei nesse episódio foi esse acontecimento. Mesmo A.J com raiva de tudo e todos, ele jamais deixaria seus amigos pra trás. Ele jamais abandonaria a equipe. E então, foi o salvador da pátria juntamente com Clark.

Espero que o próximo seja muito melhor. Tenha adrenalina, porque se cair no marasmo vai ser a mesma cagada do atividade paranormal, muita sequencia sem nenhuma explicação. Pelo menos agora The River tá tentando mostrar a que veio e tá rendendo história. Quero mais ação, adrenalina e peço encarecidamente que Lincoln e Lena parem de romantismo idiota. Não cola.

Beijos pro Steven.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
4 Comentários

Comentário(s)

4 comentários:

  1. Nossas opiniões não batem...Os dois outros episódios achei bacaninhas,já esse achei uma grande palhaçada e das forçadas.Uma sequência de coisas aleatórias,decisões idiotas e tudo o mais - sim,eu sei que é uma história de ~terror~.
    Isso sem falar nas explicações descabidas que a série dá,principalmente quando é a Lena que dá as explicações.Eles estão na floresta Amazônica,não no mundo da 'Caverna Do Dragão'.

    ResponderExcluir
  2. Eu achei que sua crítica melhorou, não pelo fato de você ter falado bem do episódio, mas, de você ter tido mais humor.
    A única coisa que não gostei do episódio foi aquele final com aquele discurso e aí "los morcegos" vazarem.

    ResponderExcluir
  3. Ricardo mas acho que é essa a moral da coisa. Aleatório, idiota e tudo mais. E concordo com vs no quesito Lena. Realmente a sabe-tudo é irritante. IRRITANTE mesmo. Poxa ela sabe tudo? Vamos acompanhar pra ver se a coisa desanda. Eu espero que sim.

    ResponderExcluir
  4. Yiow, em um futuro muito próximo acho que os morcegos voltam sim. Serão 8 episódios, não entendo se terá enredo ainda (eu quero muito que tenha!) então acho que eles voltam pra sacanear e levar alguém. Espero que levem Lena ou aquela mãe insuportável. E vagabunda. Não sei como dão moral pra ela ainda. Enfim. Vamos acompanhar.

    ResponderExcluir