terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

[Crítica] Once Upon A Time - 1x12: Skin Deep


Em um episódio do dia dos namorados, meu coração chegou a sair pela boca.

Crítica:
(Spoilers Abaixo)

Eu já falei para vocês eu adoro fazer as críticas de Once Upon a Time? A resposta dos fãs desta série é ótima e esta é uma das séries mais solicitadas nos comentários. Eu sei que eu vivo atrasando, mas se eu demoro um pouco mais para postar, é porque eu estou buscando inspiração para fazer uma crítica cretina e engraçada, do jeitinho especial que todos vocês tanto gostam. E acho melhor vocês prepararem seus corações, porque eu estou inquieto. Os eventos que aconteceram em Far far away está semana simplesmente me deixaram de boca aberta querendo mais. Vem comigo, povo!

Só para constar, este é um dos melhores episódios da série até agora, ficando páreo a páreo com a Mid-Season Finale (onde o xerife morreu, lembram?). E engraçado que quando eu li a notícia de que a Emily de Ravin (a Claire de Lost) iria participar como a Bela em um episódio especial, eu pensei que iria vir mais um daqueles episódios independentes que pouco têm haver com a trama central da história. Resultado? CARA NA POEIRA! A história da Bela não poderia estar mais conectada com a trama central. Mas como eu poderia adivinhar que o Shrek Feiticeiro também servia como a "Fera", nas horas vagas?

Agora vamos tratar de um assunto polêmico. Eu não irei mais chamar o Mr. Gold/ Rumpelstiltskin (Sim, eu googlei) de Shrek Feiticeiro. Acontece de depois desse episódio, eu passei a gostar muito mais dele. Então, eu começarei a chamá-lo carinhosamente de Rumpels (Sim, roubei descaradamente o apelido que uma leitora deixou nos comentários). Enfim, é impressionante como é rico (em todos os sentidos da palavra) o passado desse personagem. Já tivemos uns flashbacks alguns semanas atrás e, com este episódio, dá para perceber que não sabemos nem da metade.

O relacionamento entre a Bela e o Rumpels não poderia ter sido trabalhado de um jeito mais perfeito. Achei incríveis os detalhes, até mesmo a xícara lascada falante da Disney está presente na série. E o jeito charlatão que o Gastão chegou na porta do Rumpels e foi reduzido em uma florzinha sem nem ao menos poder fazer seu último carão. E foi até triste ver aquele clima de romance sabendo que alguma coisa daria errado. Sim, ou alguém tinha esperanças? Até porque, se eles ficassem juntos, o Rumpels voltaria a ser humano e todos sabemos que isso não aconteceu.

E tudo tinha um dedo da Malvadona. É impressionante como aquela cretina está unindo todas as tramas e fica passeando igual uma quenga desorientada por aquela estrada no meio do mato, em busca de um homem. Só pode, né? Não pode nenhum personagem pisar naquela estrada, que ela aparece, toda promíscua de sua carruagem, querendo prestes serviços. E o Rumpels foi muito burro mesmo de não ter acreditado no amor verdadeiro da Bela. Mesmo assim, eu fico feliz em saber que a garota não morreu como a mentirosa da Malvadona havia informado. Isso pode render muitas, muitas reviravoltas mais para frente.

Voltando para o mundo real, Mary Margaret ainda estava naquele relacionamento proibido de adolescente, mas teve que abrir os olhos quando saiu para a boate com a vadia da Ruby. Sim, a Ruby-Gótica-Red está realmente bonita nesta semana e mostrou que não está morta, caçando homens na boate. É isso aí, minha filha! Eu sempre achei que a Chapeuzinho Vermelho era uma degenerada. E, no final, temos o rompimento de Mary com o seu amor escrito nas estrelas, o Doppelganger. Não estou conseguindo acompanhar este problema deles dois. Porque ele não termina com a vadia loira sem sal? O que está prendendo-o a ela? Acho que tem que acabar com a palhaçada e dar uns pegas na Professorinha logo.

Emma não teve muita função no episódio. Pela primeira vez, ela não foi fundamental para absolutamente nada. Isso é bom, porque já foi provado que ela não é páreo para a Malvadona. E, se a mocinha não está à altura de batalhar, temos que chamar um competidor mais forte. Sim! Eu fiquei com água na boca, pedindo por um combate fight entre a Malvadona e o Mr. Gold. Finalmente as cartas foram jogadas na mesa e foi confirmado o que todo mundo sabia, Gold sabe de tudo o que aconteceu em Far far away. E como a Malvadona desconfiou? Por causa do "Por favor" dele, no começo do episódio. Ele havia dito a mesma coisa a ela, em Far far away, no segundo episódio.

De resto, eu espero que a Bela volte a aparecer. E tenho quase certeza que ela não irá mais estar presente nos flashbacks, mas tenho certeza que dará as caras no mundo real. Fiquei com pena do Rumpels! Vocês sentiram o descontrole dele ao saber que a xícara havia sido roubada? E a reação é realmente lógica. Se vocês só tivessem uma única coisa para lembrar de seu amor verdadeiro, não iriam guardá-lo com todas as suas forças? Eu iria. "Tudo o que você terá, será um coração vazio... e uma xícara lascada." Triste, muito triste.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
7 Comentários

Comentário(s)

7 comentários:

  1. Eu também achei esse o melhor episódio depois do 7. Aquela cena do Sr. Gold com aquele cara na cabana foi tensa demais! Eu achei muito foda quando ele falou com Regina: Rumplestiltskin! ótima crítica

    ResponderExcluir
  2. Amei o episódio,fiquei com o coração partido vendo como ele ficou tão triste pela morte da Bela,e fiquei surpresa e feliz por ela na verdade estar viva.Então quer dizer que vc roubou o apelido carinho que eu deu para o Rumplestiltskin que feio seu Nefferson,mais como sou boazinha vou deixar passar :D.

    ResponderExcluir
  3. Adoro suas criticas eu morro de rir , pior que é mesmo a malvadona se mete em tudo cara , ela não tem mais o que fazer não? morri de pena do Rumpel desde o começo do episódio , coitado hô personagem sofredor hein ! bom ainda bem que quase não apareceu a Emma o personagem chata , não tem nada a contribuir , só piora as coisas , e aquele casal sem sal Neve e Encantado.

    SP: Rumpel sempre será mais poderoso que Rainha Má.

    ResponderExcluir
  4. Mas tem uma coisa que eu imaginei, pode ser uma imeeeeensa viagem minha... mas lá vai!!

    Acredito que a xicara lascada seja o filho dele!!! Isso mesmo, comparando ao original, os objetos são pessoas transformadas... e como ele transformou Gastão em flor... eu tive esse "feling" sabe!?

    É aguardar...

    ResponderExcluir
  5. Quenga é pouco para essa bruxa vadia!!!!
    Me explica uma coisa....como ela consegue estar em todos os lugares? Tanto no mundo real como no mundo mágico??? Inacreditavel como essa vadia esta em tudo o quanto é lugar atormentando a tudo e a todos!!!!
    O Rumpels...pelo menos já amou o filho, amou um mulher...e essa quenga que arrancou o coração do proprio pai ?~?

    Adorei o episódio....Certamente o Rumpels será o unico que tem "bala na agulha"para colocar essa quenga master no lugar dela!!

    Estou adorando a construcao do personagem do Rumpels...que de um ser despresivel (ele até lembra o Golum do senhor dos anéis :) esta se tornando a tábua de salvaçao...alguem por quem devemos ter piedade....

    É isso mesmo ou estou ficando louca... ????
    Bom...vou continuar a assistir cada episódio...pois me parece que um super embate vem por ai....

    Vadia Mor x Rumpels Golum :)

    ResponderExcluir
  6. Nussa foi um dos melhores episódios mesmo,
    e a Emily de Ravin interpretando a Bela, foi ótimo
    eu adoro essa atriz!

    Marxcos

    ResponderExcluir
  7. Extremamente singelo ele colocando a xícara em um local de destaque, com um olhar de mágoa e saudade...

    ResponderExcluir