quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

[Crítica] Gossip Girl - 5x16: Cross Rhodes

Serena Van Der Who?

Crítica:
(Spoilers Abaixo)

O romance está no ar. Dia dos namorados já passou, mas as séries continuam com clima romântico e triângulos amorosos que nunca deveriam existir. Porque né... Se alguém tivesse dito na primeira temporada que a amizade de Blair e Serena seria afetada por um morador do Brooklyn, seria apenas um pesadelo de uma mente bastante criativa. Mas, nos tempos de hoje, com a série evoluindo com os anos, as chances de um romance incomum e ao mesmo tempo perturbador só foram aumentando.

Porque a série precisa mostrar alguma coisa. Não dava só pra ficar nas indas e vindas de Blair e Chuck o tempo todo, deve ter sido por isso que não sobrou mais motivo descente pro casal se separar. E os episódios em que eles tentavam mudar o quadro, foram os mais fracos de toda a série, até esqueci o motivo pelo qual eu assistia. Então, chegou o momento em que eles deram os primeiros indícios de que Blair e Dan poderiam ficar juntos. Foi quase um sacrilégio, né? Mas era divertidinho, quando eles resolviam não esquecer deles dois pra mostrar mais chatices entre Chuck e Blair.

Por Deus, eles não são mais o melhor casal da série. Não são mais épicos, nem interessantes, a série destruiu isso quando, por motivos bizarros, eles tinham que se separar pra fazer jus a cota de drama. Mas, este episódio parece que mudou o quadro. A enrolação parou, os dramas chatos também foram esquecidos, e finalmente, o team Dair teve motivos pra comemorar. Estamos esperando esses dois juntos desde a quarta temporada, foi mais que justo fazê-los se entregar e dar um motivo pro garoto solitário sorrir, mesmo que isso tenha significado a tristeza de nossa protagonista, Serena.

E as cenas Dair foram, no mínimo, lindas. De repente pareceu tudo perfeito, sabe? Como Shrek, onde a princesa descobre que pode ser mais feliz com um ogro. E tanto sentimento reprimido que os dois tinham desde a quarta temporada foi o que fez Chuck começar a agir. Sim, ele voltou a ser vilão, não tem graça se ele simplesmente for feliz e parar de armar contra as pessoas, esse é o charme dele. Mas, sua vingancinha foi bastante previsível. Seduzir uma mulher pra destruir o Dan usando seu livro? Really? O elemento surpresa mandou dois beijos.

Do outro lado da trama, e possivelmente as cenas que estávamos esperando desde que a verdadeira Charlotte Rhodes apareceu, a tragédia voltou a assolar a família Van Der Woodsen/Rhodes/Humphrey/ou que diabo seja. Mas, não foi tão chocante. Ivy foi desmascarada, Charlie ficou louca da pussy se sentindo enganada e traída, Serena deu uma lição de moral na prima fake do tipo de fazer chorar. Só faltou ela rasgar o contrato da moça e expulsá-la do estúdio.

Cece, a mãe de Lily deu seu ultimo suspiro nos minutos finais do episódio. Coitada, morreu sem saber que a única garota que se importou e cuidou dela todos esses meses não era nem da sua família. Pensei que elas eram parentes mesmo, ou algo assim. É isso que dá raiva, essas mudanças repentinas, parece que nada é concreto, as coisas mudam muito rápido e de uma forma bizarra. No começo era até legal, mas depois que o nível da série caiu, as reviravoltas mirabolantes são apenas mirabolantes. OBS: Toda semelhança com o nome do episódio e o filme CrossRoads da Princesinha do pop não é mera coincidência
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
3 Comentários

Comentário(s)

3 comentários:

  1. PQP, ou cancela de vez ou desenrola. Dair? acho que só por um ou dois episódios no máximo! Episódio lixo! -W

    ResponderExcluir
  2. Respeito opniões e sempre venho ler as críticas dos episódios, sou completamente contra Dair, sou a favor de Derena e Chair, como sempre foi... Embora concordar que ta virando uma palhaçada, o motivo da promessa para Deus foi o fim, mas Blair e Dan não tem química alguma, aliás aquele cabelo dele, ta horrivél quero que ele suma com aquele cabelo e volte depois que cortar. E a Serena tadinha, ta tão esquecida só sofrendo e tomando na cara... Queria que ela ficasse com o Chuck, pra Blair sentir a mesma coisa. A Blair anda tão mesquinha e apagada, ela não é a mesma, até acho que o motivo disto seja essa chatice de Dair.

    ResponderExcluir
  3. Eu gostei do episódio, acho Dan e Blair interessantes! Já torci pra Bluck, mas com o passar do tempo deixei de gostar do casal. Acho legal Blair e Dan assumirem os seus sentimentos um pelo outro, mas pra eles ficarem juntos, terão que enfrentar três obstáculos: Serena, Chuck e Louis. Não dá pra ficar melhor!
    Carol diz tanto que sua família não presta mas ela também faz jus ao nome Rhodes, né? Eu hein. Se antes a família não ia muito com a cara dela, imagine agora. Mas de qualquer forma, eles não vão ter tempo pra se odiar, agora que a pobre CeCe morreu... E o que vai dar essa aliança entre Georgina e Ivy, hein? Tão Jenny/Vanessa/Juliet!

    ResponderExcluir