quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

[Crítica] Desperate Housewives - 7ª Temporada


Duração: 45 minutos
Nº de episódios: 24 episódios
Exibição: 2010
Emissora: ABC

Ladies, há uma nova dona-de-casa na cidade!


Crítica:
(Texto com Spoilers)

Era pra ser a temporada da Vanessa Williams mas infelizmente não foi. Ela foi muito mais das outras do que a foi cotada pra ser o grande BAM do ano.

Porque?

Bom, Reneé não era pra ser uma cópia fiel de Edie. Mas acabou sendo. Ela era vadia, fria e um pouco sem noção. E claro, teve um caso com Tom. E claro, Susan dessa vez foi cotada pra descobrir. E bem no dia do episódio BAM da temporada, ela é pisoteada. O que acaba motivando Reneé a contar para Lynnete e tudo acaba se resolvendo. Aí, ela ate que se destacou e contudo, contudo acabei gostando de Reneé. Ela tem as melhores tiragens e o texto dela é ótimo. Não posso negar isso. Não foi TUDO que eu esperava, mãs.

Os pontos altos da temporada na minha opinião acho que foram que Susan tá passando por uma barra e resolve alugar sua casa. Mas ela jamais imaginaria que seria para Paul Young que sai da cadeia e volta pra vila com raiva e sede de vingança. E nessa doideira de vingança ele acaba tendo uma ideia genial. Só que ao contrário.  O que foi? Paul pensa em abrir uma rehab no bairro para ex presidiários. Obvio que o conselho da rua ia pirar né? E olha só no que deu: uns vândalos que odeiam presidiários se uniram ao conselho da vila Wisteria e resolveram tocar o horror quebrando tudo. Claro, Lynnete gostou da ajuda mas JAMAIS queria isso. Nessa mesma loucura o namoradinho de Bree brigou com seu pai porque ele queria “pegar” Bree. Nisso Bree é a culpada pela grande correria. Ela atira pra cima pra separar a briga e se esquece que esta havendo uma reinvindicação na rua.

A loucura começa, gente pra lá, gente pra cá. E rendeu a melhor de todas, todas. Superando até mesmo o tornado. Apesar que amo cada uma diferente. Porque aconteceu numa época da minha vida que era diferente da outra (obvio né) mas enfim. Gaby salvando sua filha dos trogloditas foi lindo. Lynnete defendendo seu vizinho. A rua ficando aquela bagunça toda. Episódio sensacional.

Gancho essencial pro final da temporada que teve o ápice dos melhores. Gaby recebe a visita do seu padrasto, sim aquele que ela sempre recordou com ódio e magoa porque ele a molestava. Então ele aparece no dia errado pra ela, na hora errada e Carlos mata ele. PIMBA. Seria obvio que as meninas protagonistas chegariam e salvariam a pátria. O problema de tudo foi a questão que: Bree namora um detetive – Susan tinha recém retornado a Wisteria depois de ter desmascarado Felicia e se acertado ENFIM com Paul – na sequencia Lynnete e Tom se separam porque realmente os dois juntos não há mais conexão, melhor separar do que desgastar e acabar todo mundo saindo machucado – e Reneé bêbaça cantando Valentine’s Day chorando as magoas foi lindo. LINDO MESMO – Nisso esse segredinho sujo não teria vindo na melhor hora. Elas então fazem o pacto e enterram o corpo. Maravilhoso.

Outra temporada que foi  ótima. Alguns errinhos foram mesmo algumas “storylines” sem nexo. Como Lee querendo ser mãe, Mike um pouco apagado, Susan quase sendo uma estrela PORN, cenas hilárias mas não precisava. Na minha opinião, claro. E também Felicia voltando a morar na rua foi um pouco assustador. Não precisava também Beth ser filha dela, poderia ser amiga mas não filha. Ela acabou se apaixonando por Paul e claro, ia dar cagada. Apesar que sempre achei Paul uma delicinha. Faria todinho.

Enfim. Os extras desse dvd também são ótimos. As entrevistas, tudo. Super MEGA recomendo. 
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
1 Comentários

Comentário(s)

1 comentários:

  1. Também, adorei a temporada, só que uma coisa que eu achei estranho foi o caso da Gaby com sua filha biológica. De todos os outros envolvidos na história, ela era a única que parecia gostar de sua filha biológica. Os outros estavam mais querendo voltar às suas vidas normais.

    ResponderExcluir