quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

[Crítica] Once Upon A Time - 1x09: True North


É como tirar doce da boca de uma criança.

Crítica:
(Spoilers Abaixo)

Nas últimas semanas, esta série tem tratado de desenvolver os nossos velhos conhecidos personagens, esquecendo da fórmula "uma participação especial por semana" dos primeiros. Eu até reclamei em algumas críticas que não gostava dessa "apresentação semanal" e, agora, o nono episódio nos mostra realmente isso. Mas, apesar deu não ser muito fã, achei que era necessário e tenho que dar uma colhe de chá, uma vez, que a trama andou bastante nos últimos episódios. E mesmo assim, confesso que gostei da história, desde o começo e devo dizer que foi necessária para o quadro geral da série.

Logo no começo, vemos o Henry socializando com outras crianças. Eu sei muito legal isso, até porque, parece que não existem outras crianças em StoryBrooke. Sem contar que o Henry deve ser um excluído, porque ele não tem amigos e nunca anda com ninguém, a não ser adultos. Deu para ver que o personagem não é muito sociável, ao pensar que a menina queria ser sua amiga, quando, na verdade, queria apenas usá-lo para ser uma mula do tráfico (certo, não chega a tanto, mas é por aí). Eu só espero que João e Maria apareçam em futuros episódios e não virem pó após o seu final feliz. Acho que o Henry merece ter algumas amizades de sua própria faixa etária.

E como eu já adiantei no parágrafo anterior, acompanhamos a história de João e Maria. É óbvio que não acontece como nos velhos clássicos e o pão ficou na padaria. De acordo com a série, as duas crianças estavam derrubando árvores com seu pai, quando ele some e elas são obrigadas a fazer um trato com Malvadona. Logo, elas têm que ir até uma casa feita de doces roubar uma bolsa de couro preta. E eu tenho que destacar que a aparência da bruxa-cega ficou super aterrorizante, ainda mais os detalhes dos ossos de suas vítimas aos seus pés.

Só acho que foi muita burrice, com todos os avisos, o garoto ter parado para comer alguma coisa. Bem, ele estava em uma missão perigosa, na casa de uma bruxa maníaca devoradora. Pensem bem, se vocês tivessem na situação dele, vocês teriam tempo para ter fome? Eu acho que não. E pelo visto, não veremos mais a bruxa-cega, que foi queimada sem dó pela Malvadona. Só não entendo porque ela precisava das crianças, já que ela podia lançar foguinho pelo espelho a qualquer hora que quisesse... Mas não vamos nos prender a estes detalhes.

Na vida real, tudo está como ficou em aberto no mundo alternativo, as crianças estão sozinhas e separadas de seu pai. Cabe a nossa queria Xerife, Emma Swan, a correr contra o tempo para encontrá-lo, antes que ela tenha que levar os irmãos para um orfanato. Esta trama seguiu de uma forma clichê, sem surpresas. Era óbvio que o pai verdadeiro iria se arrepender no último momento. Mas, pelo menos, pudemos ver que o Mr. Gold sabe mais do que aparente, já que falo o nome do cara e não precisou ler em papel algum. Aposto um feitiço que ele sabe de tudo!

Aliás, a parte mais interessante, foi a do forasteiro chegando à cidade. Deu a entender que ele é o pai do Henry (Oi?). Mas, se ele realmente for, porque a Emma não o reconheceu? Achei tudo muito estranho, mas acho que este novo elemento irá trazer boas reviravoltas para a trama. OBS: É sério que só tinha uma maçã na bolsa de couro preta? Bem, vocês pensaram o quê? Que maçãs envenenadas dão em árvores? Estão muito enganados.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
3 Comentários

Comentário(s)

3 comentários:

  1. O que chegou no final do episódio também pode ser uma pessoa comum, para mostrar que o feitiço estava se "quebrando" por causa da Emma. Mas, se foi isso eu não gostarei, eu espero algo mais

    ResponderExcluir
  2. Eu acho que o cara que chegou é o caçador que mata o lobo da história da Chapeuzinho Vermelho... Já que no próximo episódio, vai ter ela, mas sei lá! Não acho que seja alguém qualquer

    ResponderExcluir
  3. kk , achei que vc iria detonar nossas queridas crianças ja que vc mesmo disse que não gosta de crianças(de series pelo menos), mas deve ser uma essência especial das kids de storybrook, tbm espero que eles fiquem e sejam amigos de Henry ele e mto lonely boy(lembranças de GG) pro meu gosto (mas eu amo ele)! Alem disso AMO suas criticas, as melhores com certeza!

    ResponderExcluir