domingo, 15 de janeiro de 2012

[Crítica] Nikita - 2x12: Sanctuary

Só tenho uma coisa a dizer: OMFG

Review:
(Spoilers Abaixo)

Não, não tenho só isso pra dizer, mas isso foi o que eu falei quando o episódio terminou. Sim, foi tão espetacular que me fez falar sozinho igual personagem de novela e eu ainda to em choque. Se cada episódio de Nikita continuar sendo igual um Season Finale, eu acho que eu morro. Não, eu acho não, eu morro, porque ainda estou tendo taquicardia como uma fã louca de Crepúsculo ao ver o Taylor Lautner sem camisa.

E eu sabia, sabia que a coisa ia pegar fogo! Eu disse na crítica anterior que tudo indicava que as coisas iriam ficar frenéticas, e realmente ficaram, desde o começo. Teve ação, reviravoltas, romance e drama, tudo o que todo mundo quer. Mas, vamos começar pelos dramas? Nikita e Michael, Alex e sua mãe, Alex e Nikita, vish, teve espaço pra emoção de todos e nem esta parte foi decepcionante.

Depois de tanto drama, só ressuscitando velhas histórias pra causar mais impacto. Lembram do relógio que Sean deu a Alex para rastreá-la? Pois é, ele finalmente serviu pra alguma coisa, e se não fosse a reuniãozinha de super heróis, ele teria matado Nikita, já que sabia qual era sua localização. Achei ótimo ele ter sido capturado, porque sabia que ele só precisava de um empurrãozinho pra passar pro lado do bem.

E enquanto rolava conversas cobre caráter com Sean e os guardiões das caixas pretas estavam indo ao encontro dos membros da Oversight, o romance rolou solto na cela do Percy. Não, ninguém transou, ou se beijou, mas finalmente foi esclarecido que ele e Amanda eram um tipo de casal do mal que viviam pelos próprios interesses. Foi interessante vê-lo acabando com ela apenas com palavras, isso a motivou a exigir um coma induzido para ele só porque partiu seu coração.

Agora, pela parte da ação, bom, tudo o que citei acima foi ação, ou pelo menos, uma emoção sem tamanho, mas nada se compara ao fato da decisão que a Oversight tomou. Eles queriam explodir a Division, pois estava causando muitos problemas. Gente, como pode? E se não fosse o Sean – já passado pro lado do bem – isso realmente aconteceria. Eu fiquei vibrando na cadeira, esperando o que iria acontecer, porque quando se trata de Nikita, qualquer coisa pode acontecer.

É sério, o coração ficou a mil. A série sempre foi assim, mas dessa vez foi diferente. Uma série de coisas aconteceu e uma musica de tensão de fundo fez do final deste episódio qualquer coisa que possa ser maior que épico. Quando Amanda ia derrubar Percy, os guardiões invadiram o local onde os membros da Oversight estavam e disseram que se ela não o soltasse, eles iriam explodir toda a Division. É, tudo indica que o Percy vai ganhar. Partiu o coração da Amanda e agora vai sair daquela cela, porque ela não arriscaria não soltá-lo já que o preço deste erro seria muito alto.

E o que vai acontecer com o Sean? Porque ele faria tudo pela mamãe, de fato, mas passou pro outro lado. Será que rola um trato? Tipo “Sean eu protejo sua mãe se você ficar do nosso lado e se ela parar de ser vadia.” Seria uma boa né? Porque eu não quero ele morto, quero que ele fique de romancinho perigoso com a Alex, ele se importa.

Ai, meu Deus, só sei que semana que vem se a coisa não pegar mais fogo ainda eu vou enlouquecer. Os personagens ficam lutando entre si, querendo coisas diferentes. Nikita quer derrubar a Division e a Oversight enquanto Sean quer proteger a mamãe e vive ruma vida descente, mas isso está longe de acontecer. E a Division voará pelos ares ou não? Alex vai conseguir reatar os laços com sua mãe? O que Amanda vai fazer em relação ao Percy? Sábado que vem, por favor, chegue o mais rápido possível.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
1 Comentários

Comentário(s)

1 comentários: