quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

[Crítica] Hart of Dixie - 1x11: Hell's Belles


A Lemon também seca meus órgãos internos.

Crítica:
(Spoilers Abaixo)

A série mais leve que eu acompanho está de volta, pessoal. Todos sabem que eu adoro a Dra. Zoe Hart e admito que senti a maior saudade enquanto esta série estava em seu eterno hiatus. Bem, eu já tenho que começar a crítica com uma notícia triste. A audiência deste péssimo foi péssima, abaixo da média (marcando 0.5 na demo). Para aqueles que acompanharam a audiência de Hart of Dixie nos últimos episódios, viram que ela vinha tendo um ótimo progresso, marcando 0.8 na demo. Esta queda volta a colocar nossa querida série da zona do perigo do cancelamento. Veremos o que acontecerá nos próximos capítulos. Até lá... oremos!

É um novo ano e a nossa doutora continua querendo se enturmar. Mesmo tendo os pacientes necessários para manter o seu lado da clínica, Zoe continua na batalha diária para conquistar o povo azedo de BlueBell. E, depois de tentar matar um rato, ela acha uma caixa com seu nome e a fotografia de uma velha, sua tia, que ainda está viva. Seguindo os conselhos de Brick, a garota da cidade grande vai até a sua parente, com o objetivo de criar raízes. Quando eu vi na promo o que aconteceria neste episódio, tudo pareceu sem sentido, mas eu gostei do motivo que o roteiro deu para transformar a Zoe numa palhaça de vestido.

É claro que as cenas dela toda montada no século passado e os momentos vergonhosos em que ela devia cantar quando alguém pronunciasse a palavra secreta, foram hilários. Eu destaco quando o Wade - sempre ele -, finge não saber a palavra, deixando para falar apenas depois, fazendo com que a Hart subisse numa cadeira e cantasse como um doida na frente de todos. Os momentos em que a Zoe serviu de escrava para todas as outras "companheiras" também foram ótimas, principalmente quando chegou a vez da Lemon. Aquela mulher podia casar com o diabo e ainda o faria sofrer.

O mais legal deste episódio, é que ele conseguiu seguir com várias tramas ao mesmo tempo. Praticamente todos os personagens avançaram - menos o George, que é empacado por natureza. Tivemos um momento especial para o Wade, que teve que se resolver com o seu pai. Acho as cenas deles muito fofas e no final ainda descobrimos que o velho guarda todo o dinheiro que o filho empresta e enterra. Aposto que, naquela terra, deve ter muito, muito dinheiro escondido. Quero ver mais desse lance de pai e filho e espero muito que o pai do Wade pare de beber.

Até Lavon teve uma história independente - geralmente ele só divide a cena com sua paixão pela Lemon. Depois de ter falado que pretendia casar com a Didi e que a considerava sua alma gêmea, a garota fugiu dele como o diabo da cruz. E o pior, ainda alertou a todas as garotas da cidade, deixando o pobre Lavon perdido na terra solitária dos Forever Alone. Ainda bem que tudo se resolveu no final e ele acabou de encontro marcado com a própria Didi. Ela é bonita, mas gosto mais quando ela está falando idiotices com o George, no trabalho. "Nós vamos explodir uma estrada? Adoro esse trabalho!", esta foi a melhor pérola do episódio.

A trama da Lemon envolveu sua mãe, como sempre. Mas ela estava com medo de se tornar uma mãe péssima como a sua e acabar abandonando os seus filhos. Esse pensamento rendeu uma das cenas mais fofas do episódio, entre ela e - pasmem - Zoe Hart. Elas nunca tiveram uma boa relação, de fato, mas avançaram este episódio e eu confesso que gostei muito de vê-las juntas. Tenho certeza que até o final da temporada, elas estarão BFF, apesar deu gostar quando uma implica com a outra. Parece uma relação de irmãs!

Enfim, como sempre, mal posso esperar pelo próximo episódio e desejo, do fundo do meu coração, que a audiência melhore, porque eu quero muito continuar assistindo Hart of Dixie na próxima Fall Season. Ainda estou esperando pelo beijo épico entre a Zoe e o Wade, porque se a Zoe ficar com o George, eu juro que caio da cadeira.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário