domingo, 15 de janeiro de 2012

[Crítica] Don't Let Him In


Direção: Kelly Smith
Ano: 2011
País: UK
Duração: 76 minutos
Título original: Don't Let Him In

Crítica:

O terror só precisa de um convite.

Chega de sentimentalismo! O negócio mesmo é voltar para nossos queridos filmes de terror. E, para a missão ser cumprida, eu escolhi um filme que envolve um grupo de pessoas indo para a floresta. Sim, um verdadeiro clássico. Sabe como é, quando me afasto um pouco, eu gosto de voltar àqueles temas clássicos. Mas, uma vez que você atira, pode acabar acertando no próprio pé. Eu preferia assistir Memórias de Uma Gueixa milhões de vezes do que assistir a dez minutos deste. Acham que estou sendo exagerado? Experimentem assistir.

A história gira em torno de três pessoas que decidem ir para uma casa cercada por uma floresta. Logo de cara, um deles chama um completo desconhecido para a viagem e outras figuras estranhas vão aparecendo pelo caminho. Não demora muito para ouvirem falar que um serial killer ronda a área e, para completar, deixa os corpos mutilados de suas vítimas pendurados em árvores. Quando o terror se mostra real, eles terão que escapar de um vilão que está mais próximo do que eles imaginam, porque tudo o que ele precisava, era ser convidado para escolher o seu banquete.

É sério! Este definitivamente irá para "Os Piores do Ano". Gente, que filme sem noção! Tudo o que eu estava querendo, era assistir um filme simples, com alguns jovens idiotas, morrendo um por um, por qualquer maluco que estivesse disponível. E o que eu recebo? Esta porcaria, que tem um pôster bonitinho só para nos enganar. Aliás, eu tenho certeza que as verdadeiras vítimas somos nós, porque tudo a respeito deste filme parece errado. Vamos nos aprofundar na ruindade dele? Preparem suas línguas-chicotes.

Bem, primeiro que todo mundo falar mal dos jovens burros clichês. Mas, neste filme, temos alguns pós-jovens. Não sabe o que é isso? Não aquela gente velha, que passou da adolescência e não foi avisada. Eles podem ser meus pais e são mais irresponsáveis do que eu. A loira vadia, que se acha a tal, mas é mais feia do que o capeta, é a pior personagem. Simplesmente irritante e deve ter algum parafuso a menos na cabeça. Os outros não seguem muito distante disso, já que são chatos e completamente descartáveis.

As cenas de gore e violência são todas ridículas. Temos até algumas cenas onde o diretor queria causar algum impacto, mas não funcionou. Uma delas, é quando uma larva sai de dentro do olho de um personagem (Oi?). Além de ser extremamente mentiroso, ainda temos que aguentar aquela larvinha feita em um CGI mal-feito. E não pensem que este é o único efeito visual do filme, temos bastante sangue computadorizado espirrando na nossa cara. Tudo muito mal-feito e a única cena que vale a pena destacar, é quando acham o corpo da primeira vítima, cheio de larvas na boca.

E se vocês acham que tudo isso que eu citei acima é pouco, é porque eu simplesmente não posso dar detalhes do final. Simplesmente fecha o filme do mesmo jeito que começou, ou seja, uma verdadeira porcaria. O roteiro ainda tenta ser inteligente, dando algumas reviravoltas do final, mas não sai do lugar comum. Pelo amor de Deus! O próprio nome do filme é um grande spoiler que acaba anulando a surpresa do roteiro (isso se alguém se importar ou continuar assistindo até este ponto). Não recomendo! Espero que nunca chegue no Brasil, mas nós sabemos que as nossas distribuidoras adoram um lixo de filme como este. Nota 3,0.

Trailer:

Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
5 Comentários

Comentário(s)

5 comentários:

  1. Muito boa a critica,ainda não tive a oportunidade de assistir,mas parece ser bem assustador.

    ResponderExcluir
  2. Ia assistir, mas nem tinha visto o trailer... Agora que eu vi, e com essa crítica, vou passar longe!

    ResponderExcluir
  3. vanessa vasconcelos16 de janeiro de 2012 13:26

    SUSPEITEI DESDE O PRINCÍPIO.....

    ResponderExcluir
  4. OMFG!!...que lixo,não sei o que é pior:esse sangue FALSÉRRIMO ou essa larva RIDÍCULA saindo do olho do cara.Ainda bem que lí essa critíca,vou passar muito longe,a única coisa boa é esse pôster.

    ResponderExcluir
  5. "Tudo o que eu estava querendo, era assistir um filme simples, com alguns jovens idiotas, morrendo um por um, por qualquer maluco que estivesse disponível." kkkkkk. Rachei de rir quando li esta frase.

    ResponderExcluir