domingo, 4 de dezembro de 2011

[Crítica] Uma Prova de Amor


Direção: Nick Cassavetes
Ano: 2009
País: EUA
Duração: 109 minutos
Título original: My Sister's Keeper

Crítica:

Até que ponto você iria para salvar a sua família?

Não sei se vocês lembram, mas no domingo passado, eu critiquei o filme Waiting For Forever, um romance dramático muito fofo e, naquela crítica mesmo, eu tinha afirmado que tinha encontrado dois títulos interessantes que fugiam do meu gosto pessoal, do lugar comum. Pois bem, eu lhes apresento o segundo título, Uma Prova de Amor. Agora vocês podem estar se perguntando por que eu demorei uma semana para assisti-lo, não é verdade? Não vou mentir. Eu estava me preparando psicologicamente, porque sabia que iria me afogar nas lágrimas.

A história deste filme mostra a força de uma família quando um deles se apresenta com câncer, leucemia. Sem ter nenhum membro da família compatível com a jovem Kate, os pais decidem ter outro bebê, controlado geneticamente para que fosse 100% compatível com sua filha doente. O resultado disso é a bela Anna que, depois de alguns anos, decide processar os próprios pais pelo controle de seu histórico médico. Cansada de ser prejudicada pela doença da irmã, a menina decide ir aos tribunais para acabar com a exploração ilegal de seu corpo. Mas o que doeria mais? Doer um rim para uma pessoa que ama ou vê-la morrer por sua causa?

Acho que deu para entender pela sinopse que a história é tensa. Se de um lado temos a voz da razão, onde tentamos entender os motivos da jovem Anna em não ajudar a irmã, por outro, temos aquele ódio genuíno dentro de nós, querendo que a garota morra por ser tão egoísta a ponto de deixar a própria irmã morrer. O filme narra isso de uma maneira brilhante, de uma forma, que passemos a entender a cabeça da personagem Anna e até se identificar com seu sofrimento. Até porque, não deve ser difícil ter a missão de "nascer para salvar outro alguém".

Apesar do filme dar espaço para todos os seus personagens, é inegável que todo o foco está concentrado na Anna, Kate e a mãe delas, Sara (Cameron Diaz, Professora Sem Classe). Diaz está em sua melhor forma. Aquela mulher soube interpretar uma mãe desesperada para salvar sua filha e protagoniza uma das cenas mais emocionantes de todo o filme. No final, é impossível conter as lágrimas ao testemunhar o choro de puro sofrimento da personagem. Aliás, eu tive que pausar o filme várias vezes, porque ele é muito emocionante. Meus olhos enchiam de lágrimas todos os momentos. Um dos filmes mais emocionantes que já assisti.

Mas não pensem que tudo é sofrimento. Temos uma sequência interessante e feliz, que mostra a vida amorosa da Kate. Ela se apaixona por um cara (Thomas Dekker, The Secret Circle) também com câncer e o amor deles é narrado de uma maneira pura e fofa. Simplesmente emociona pela simplicidade e a força que dá a protagonista. É neste momento que choramos de alegria, ao ver que, mesmo tomada pelo câncer, a personagem consegue encontrar pontos positivos em sua vida. É claro que tudo o que é bom, dura pouco, e não demora muito para estarmos chorando de tristeza mais uma vez.

E o mais legal é que Uma Prova de Amor não segue uma trama linear (que mostra começo, meio e fim). O roteiro vai e volta no tempo, mostrando desde o começo da doença da Kate até o desfecho, mas não necessariamente nesta ordem. Destaco o momento em que a personagem da Cameron Diaz raspa a cabeça para dar apoio a filha num momento de crise. Um filme lindo que merece ser assistido. Se vocês gostam de um bom drama, vejam assim que possível, porque vale muito a pena. Nota 10,0.


Trailer Legendado:

Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
2 Comentários

Comentário(s)

2 comentários:

  1. Olá Nefferson amei esse Filme gostei muito do comentário tbm.Gosto bastante de séries e gostaria que vcs fizessem crítica da Série A Gifted Man que está na 1 ° Temporada e 8°episódio,aproveitando agora q irão parar por causa do fim do ano.Poderiam tentar dar um voto de confiança nessa série .Eu e o meu noivo somos fanáticos por séries e estamos assistindo essa e percebemos q a série,com a história faz com que ficamos presos,gostaria de ver a crítica de vcs. Um bjão super fã do blog Abração♥.

    ResponderExcluir
  2. Lindo filme! Chorei litros....perfeito mesmo!

    Aproveito e sugiro que deem uma olhada em The fades-série perfeita.

    Fran

    ResponderExcluir