sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

[Crítica] Ringer - Primeira Parte


Não confie em sua própria irmã gêmea. Não confie em mim.

Crítica:
(Spoilers Abaixo)

Sim, sim. Vocês lembram quando eu postei da lista de novidades do canal CW e simplesmente rejeitei esta série? Pois bem, eu estava cheio de preconceito por ela ter sido rejeitada por outro canal. Na minha cabeça, se é rejeitada, é porque é ruim. Mas eu devia ter confiado na CW, ela sempre sabe o que faz. Eu simplesmente não entendo como pode ser o menor canal dos EUA. Para mim, a CW é a melhor e Meu Mundo Alternativo acompanha TODAS as suas séries, com exceção de One Tree Hill, que se despedi este ano. Enfim, voltemos a falar de mais uma intriga de gêmeos.

Este ano foi um preto cheio de esse tipo de trama. Além de Ringer, tivemos The Lying Game, que possui um núcleo parecido, porém a história é completamente diferente, sem contar que tem um "espírito teen", onde os protagonistas são apenas adolescentes. Reconheço que Ringer me surpreendeu e se mostrou muito melhor que a série da ABC. Tudo bem que o primeiro episódio não foi tão bom. Quando me pediram para assistir, eu fiquei com um pé atrás depois de ter assistido o Pilot, porque eu não achei muito bom. Demorei pelo menos mais uma semana até que voltasse a acompanhar a série e não parei mais. Fiquei de queixo caído com a evolução da série e suas reviravoltas mais do que cretinas.

Não há dúvidas de que a maravilhosa Sarah Michelle Guellar me ajudou na boa vontade. Eu simplesmente amo essa atriz e ela está ótima na série. Mais bonita e talentosa do que nunca (apesar de que eu ainda acho que a Nina Dobrev sabe interpretar melhor duas personalidades). Mas Sarah não deixa a desejar, claro que não. Acontece que tem momentos que as duas personagens, Bridget e Siobhan, ficam muito parecidas. Principalmente nos momentos de consciência da bitch mor. E antes de partimos para o próximo assunto, gostaria de perguntar da onde os roteiristas tiraram estes nomes. Siobhan (Xavân?) fala por si só, assisti 10 episódios da série e ainda tive que jogar no google para ver como se escreve. Mais o pior mesmo é Bridget Kelly. Ela é o quê? Travesti prostituta? Parece até nome de "guerra", e no começo pensei que realmente fosse.

Eu gosto de ver a Bridget tentando acertar a vida da irmã, como ela vai mudando os relacionamentos quebrados. Os principais, seu marido e enteada. Fiquei surpreendido com a forma que ele a tratava com desprezo nos primeiros episódios e a forma como ele a tratava com carinho nos últimos. Isso que eu chamo de evolução! E eu torço para que ela acabe com o Andrew mesmo. Acho fofo eles dois juntos e mal consigo me conter na cadeira quando ele descobrir toda a verdade. Não sou Team Henry e acho que ele deve ficar com a bitch mor mesmo. Até porque, parece que ela gosta dele de verdade. Quanto ao Malcolm, não vejo nenhum futuro para ele na série, além de ajudar a Bridget, é claro.

Eu só acho estranho o fato de ninguém desconfiar que não estão lidando com a verdadeira Siobhan. Fala sério, eles beijam na boca, transam e nem desconfiam de nenhuma semelhança. Eu até que deixava passar esta sensação no começo, afinal, eles não sabiam da existência de uma irmã gêmea, mas depois de descobrirem a verdade, não deveria ser tão difícil ligar uma coisa a outra, pelo menos para mim. E acho que, pelo menos um deles, devia questionar esta hipótese, principalmente o Henry que recebeu um corte enorme logo de cara.

O Mid-Season Finale foi realmente bombante. Tivemos revelações, mortes, reviravoltas e ganchos cretinos. Tudo o que eu gosto. Primeiro que a Juliet foi estuprada pelo professor. Será que foi mesmo? Estou dividido entre esta possibilidade, afinal, estamos falando de Ringer e tudo pode acontecer. Eu espero que tenha sido verdade, quero mais destaque para o professor porque eu adoro aquele ator. Gemma finalmente partiu desta para a melhor. Eu pensei que ela fosse irmã do Super-homem. É isso mesmo produção? A mulher escapa, leva tiro, luta, bate... Mas acabou morta. Muito bem feito! Ela teve diversas oportunidades de se salvar, mas acabou fazendo burrice em cada uma delas. No final, sabemos que a verdadeira Siobhan está de volta e sabemos que coisas ficarão realmente quentes. Desde já ansioso para a volta da série. OBS: Se eu falar que não vou ver uma série, desconfiem, pode ser uma mentira.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
4 Comentários

Comentário(s)

4 comentários:

  1. Eu assisti ao primeiro episodio dessa versão da Usurpadora e não gostei, série muita fraca, tinha um apelo pra ser mais adulta mas o CW vez mais uma serie juvenil. É por isso que prefiro os canais fechados americanos, como a AMC, Showtime, FX e HBO, esses sim tem series excelentes e não apenas legalzinhas.

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro essa série,e fiquei com um pé atrás na história da Juliet,o Sr.C ficou sozinho com ela uma vez e não fez nada isso me cheira a mentira vamos ter que esperar pra vê,eu tbm adoro esse ator.Renan,vc não sabe o que táh perdendo Ringer melhorou muito depois do Pilot.

    ResponderExcluir
  3. Bruno
    Concordo essa serie melhourou bastante, gente Bridget e mui esperta em algumas situaçoes enfim,torço para uma segunda temporada.

    ResponderExcluir
  4. Eu acho que Juliet não foi estrupada.Ela deve estar fingindo para fazer uma vingança porque o professor não quer ficar com ela

    ResponderExcluir