segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

[Crítica] New Girl - Os 7 Primeiros Episódios


Como afirma a tagline acima, simplesmente adorável.

Crítica:
(Spoilers Abaixo)

Para todos vocês que acompanham nossas críticas, sabem que estamos num período de reciclagem. Depois de fazermos nossas escolhas para a esperada Fall Season, deixamos muitas séries com potencial de fora. Então é sempre bom aproveitar este momento maldito do Hiatus para dar uma segunda chance aquelas séries que passaram direto aos nossos olhos. Acho esta época tão divertida quanto as estréias em outubro, até porque, eu adoro uma novidade. E só para constar, se a sua série favorita não der as caras por aqui, não percam suas esperanças. Porque ela poderá ser criticada ainda, uma crítica para a temporada completa. Então cruzem seus dedos.

Bem, a primeira que eu decidi resgatar foi esta comédia genial, protagonizada pela queridinha Zooey Deschanel. Definitivamente estava precisando de uma comédia na minha grade, para aliviar a tensão da semana, e New Girl caiu como uma luva, só fica atrás de 2 Broke Girls, que, na minha opinião, continua imbatível. E até mesmo para aqueles que não gostam de acompanhar séries novas com medo de que elas sejam canceladas, podem relaxar, pelo que parece, esta série tem marcado ótimos número de audiência para a Fox. Então a renovação está praticamente certa! Agora é só assistir e curtir esta série maravilhosa.

Logo no começo eu achei a protagonista um pouco estranha. Tudo bem que esta era a intenção, que a Jess definitivamente deve ter algum problema mental. Mas, acreditem, depois de alguns minutos, ficamos de quatro pela protagonista. É impressionante como ela tem carisma. E a personagem faz tantas coisas idiotas que, se fosse outra atriz interpretando-a, todos iriam achar ridículo. Mas, Zooey Deschanel, mais uma vez, mostra todo o seu potencial em conquistar os nossos corações. Quero dar destaque a abertura da série, que é muito boa, tendo até um tema musical perfeito para o contexto da história, uma vez que a protagonista adora cantar.

E, ao contrário do que dizem as más línguas, não é apenas de Zooey que a série vive. Temos ótimos personagens secundários que, em muitas ocasiões, realmente roubam a cena. Meus preferidos ficam por conta do Schmidt, que adora dar uma de pegador, mas tenho certeza que alguma hora se revelará gay. Quase enfartei no episódio que ele fica obcecado em ver o pênis do melhor amigo. Essa "curiosidade" foi certamente um dos pontos mais altos e engraçados do seriado. Outra personagem que não aparecia com muita frequência nos primeiros episódios e agora está tendo tanto destaque quanto os outros, é a melhor amiga da Jess, Cece. Será que o caso de amor dela com o Schmidt vai render? Só Jesus para responder essa.

E por falar em "caso de amor", como não poderia comentar a tensão em todas as cenas entre a Jess e o Nick? Logo nos primeiros episódios eu já tinha percebido que rolaria algo, mas apenas nos últimos dois que a coisa pegou fogo. Pena que no sexto episódio a Jess desenterrou outro par romântico para se manter ocupada. Eu simplesmente não gostei. Apesar dele ser tão maluco quanto ela, ele não tem o carisma necessário. Sem contar que a Jess combina muito mais com o Nick. Sabe como é, em uma relação saudável, apenas um pode ser maluco. E a vaga já está preenchida pela nossa querida Jess, é claro.

Enfim, se vocês não assistiram ainda, estão esperando o quê? Vão ficar vacilando que nem eu? Aproveitem este momento tranquilo de recesso para se ocupar com nossas séries. Podem acreditar, é mágico, quase como uma terapia. Esse mesmo que vocês não gostarem, não irão perder muito de suas vidas, uma vez que cada episódio só tem apenas 22 minutos, em média. Espero que tenham gostado desse "primeiras impressões", é o mínimo que eu pude fazer para não deixar estes sete ótimos episódios passarem em branco. A partir daqui, a série será criticada semanalmente.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
3 Comentários

Comentário(s)

3 comentários:

  1. Como sempre concordo em absoluto na sua crítica,estou assistindo essa série desde a estréia e já sentia que iria adorar.A Jess é muito engraçada principalmente com essa mania de cantar, e o Schmidt é hilário,percebi logo no pilot que o Nick e a Jess teriam um romance espero que não demore muito para acontecer.Esperando a crítica de Ringer.

    ResponderExcluir
  2. Poxa que série show!!! Estou gostando bastante,espero que a série continue assim... e que não cancelem como outras séries boas q já fizeram isso.Um forte abraço até a próxima.

    ResponderExcluir
  3. gostei da sua critica vc falo tudo

    ResponderExcluir