sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

[Crítica] 90210 - 4x11: Project Runaway

Holly Crap!

Crítica:
(Spoilers Abaixo)

E eu não sei se comemoro ou se fico triste, despedidas são sempre um saco, né? Ainda mais quando um dos nossos personagens preferidos precisa abandonar a trama por motivos que a gente ainda desconhece. Sim, estou falando do Teddy, sua cota de episódios na temporada acabou e ele deu adeus a 90210, coisa que ninguém sabe se é pra sempre.

É sério, fico com muita raiva quando eles fazem uma coisa dessas. Qual o problema de deixar o cara na série? Não é conveniente demais tirar o único gay pra nos mostrar personagens vagos como Annie indo de um drama ridículo para outro? Pelo menos eles fizeram isso direito, ele não apareceu em algumas cenas e depois se despediu. Na verdade, se não fosse pelo desfile da Naomi, ele seria o centro das atenções, como o team Teddy sempre quis. Mas e aí, será que ele volta?

Ele eu não sei, mas a rivalidade entre Holly e Naomi está de volta, dessa vez no mundo das modelos. E eu que fiquei esperando Naomi dar o troco na vadia todos esses episódios, pra uma coisa dessas acontecer, que nem teve tanto impacto. Elas acabaram tendo que disputar num desfile porque têm o sonho de serem estilistas. E quando as duas estão disputando, parece que a série para né? O espetáculo da semana teve até roubo de designs, desfiles com roupa que parecia lixo e uma briga entre as duas nos bastidores, que só fez a mulher cheia de plástica desprezar mais ainda as duas. Depois disso tudo elas resolveram fazer uma trégua, que não vai durar muito, já que Naomi foi contratada como estagiária pela mãe de Holly para organizar festas, emprego dos sonhos da garota. Isso não acaba logo, estejam certos disso.

Enquanto isso no núcleo viciado da novela, a ex drogada e ladra de musicas de defuntos Adrianna estava furiosa com seu namorado Dixon por ele ter aceitado sair com seu companheiro de Rehab, que não estava nem um pouco interessado em manter-se sobro. E no começo Eu até achei que ela só estava com inveja porque não iriam guardar um pozinho, mas o cara queria realmente levar o Dixon a perdição. Foi preciso muita força de vontade pra ele ignorar as drogas ao seu redor e compor uma musica encima daquela que Ade fizera, e realmente o resultado foi muito bom. E isso fez eu me animar com a relação dos dois, que antes eu achava um erro eterno.

Ah sim, finalmente a herança da Marla voltou pra trama, porque eles tinham esquecido deste detalhe pra mostrar a Annie fazendo programa. Achei que não daria em nada, já que o neto da velha suicida apareceu no começo da temporada e foi esquecido até agora. O problema de tudo é que Annie precisa do colar que vendeu pra poder faturar a grana, objeto que com certeza já foi comprado pelo neto da mulher, só pra fazer a garota não receber nada. Aliás, esqueceram que eles têm que ficar juntos? Eu sei que é meio pedofilia, afinal, ele é o pai do Dean Winchester, mas seria uma ótima lição fazê-lo se apaixonar pela garota que ele tanto quer deixar na miséria.

Falando em casais, qual é a daquela mulher de CSI? Ela parece estar querendo atrasar as coisas pro tio do Navid ser preso só pra ficar mais tempo perto do cara. O problema é que ele ainda ta caidinho pela Silver e não quer deixar a garota seguir em frente. Ele ta certo né gente? Como ele pode deixar ela ficar com outro quando fez tantos sacrifícios para prender o tio só pra ter um final feliz com ela? Acho que ele deve lutar pela garota, mesmo que tenha que dizer a verdade, porque a Silve ré do tipo que namora o elenco todo e supera com noites alucinantes ao lado dos figurantes.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário