sábado, 12 de novembro de 2011

[Crítica] Supernatural - 7x08: Season Seven, Time For a Wedding!

Até que os cães do inferno os separem.

Crítica:
(Spoilers Abaixo)

Sempre tem aquele episódio pra quebrar o gelo, não é? O ultimo com esse estilo foi um da sexta temporada onde Sam e Dean acabaram tendo que viver no “mundo real” e interpretar Jensen e Jared. Vocês lembram disso? E sempre que a gente fala nesse tipo de episódio, lembramos das brincadeirinhas sem graças do anjo Gabriel, o cara sabia torturar legal, o episódio em que ele fez Sam ver a morte de Dean mais de mil vezes foi épico. Mas com ele morto, a trama precisou improvisar, e acabou trazendo uma velha amiga pra roubar o coração de Sam.

Quem assistiu a promo antes de ver o episódio deve ter se perguntando que marmota de Satanás foi essa do Sam estar se casando. E aliás, ninguém ainda sabia quem era a noiva. E mesmo que soubesse, é loucura, certo? Ainda mais depois que Dean descobriu que a felizarda era Becky, a fã número um dos irmãos Winchester. Só podia ser macumba, porque a garota é um chiclete ambulante, o tipo de pessoa que é bonita, mas continua virgem por causa do olhar tenebroso.

Mas o episódio não foi só isso. É claro que havia um caso Sobrenatural por trás disso tudo, ainda mais depois que as pessoas daquela cidade começaram a morrer em estranhos acidentes. O problema é que não eram acidentes aleatórios, as pessoas que morriam tinham acabado de realizar seus sonhos. Não demorou muito para Dean perceber que os recém casados poderiam ser os próximos, já que estar com Sam era o maior sonho de Becky. E alguém ainda teve dúvidas de como Dean iria reagir? Ele que já foge de qualquer pessoa que pronuncie as primeiras sílabas de ‘casamento’, quase teve um troço quando viu o irmão todo feliz com a louca número um.

E realmente, seria impossível Sam se apaixonar por ela sem uma mandinga das boas. Porque mesmo que se apaixonasse, casar com ela e construir família? Pelo amor de Deus, né? Até o tio Luci no abismo riu dessa, até as necessitadas da Terra tinham mais criatividade que ele para tortura. E como o ‘amor’ havia cegado Becky, ela acabou sendo enganada por um demônio de encruzilhada que lhe dava de graça um elixir para deixar Sam caidinho por ela. O problema é que ele acabava rápido, e Becky tinha que fazer outra coisa para conseguir a versão vitalícia. Quem disse que ela tinha que entregar sua alma, acertou.

A reviravolta da semana ficou por conta da decisão de Becky, ou pelo menos é o que eu acho. O demônio lhe ofereceu 25 anos e quase conseguiu convencê-la, mas no fim ela acabou ajudando Sam, Dean e o parceiro temporário de Dean a prender o demônio. E é sério, nunca pensei que defenderia Crowley, mas o rei do inferno até que teve ética. Quando descobriu que seu empregado estava fazendo pactos e mandando outro demônio matar as pessoas pra elas irem rápido pro inferno, ele ficou uma fera. Deu uma lição de ética linda no subordinado e só Deus sabe o castigo que ele lhe deu.

Depois disso, tudo ficou em paz na Montanha dos Wally. Becky e Sam se divorciaram e a relação dos Winchesters voltou a ser o que era antes. Só acho que eles não precisam ter uma conversa ‘profunda’ a cada fim de episódio, sinto saudades do tempo em que Dean achava gay demais até sentar do lado do irmão no carro. A série não precisa mais disso, né? Todo mundo já sabe como eles se sentem e o que pensam apenas com o olhar. Espero que a série melhore nisso e nas mortes antes da Mid-Season Finale. O episódio não foi tão ruim como muitos estão falando, mas todo mundo sabe que poderia ter sido bem melhor. Por enquanto o episódio em que os Leviatãs se transformam neles foi o melhor da Temporada, será que o próximo vai superar?
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
1 Comentários

Comentário(s)

1 comentários:

  1. Eu gostei muito desse episódio,e concordo que poderia ter sido melhor,tbm acho que Slash Fiction foi o melhor da temporada.Confesso que nem lembrava da Becky,até que estava meio na cara que seria ela por que a única loira e baixinha que passou na série foi ela e acertei que era uma Poção do Amor.

    PS:O nome do parceiro temporário do Dean é Garth.

    ResponderExcluir