sexta-feira, 25 de novembro de 2011

[Crítica] Revenge - 1x09: Suspicion

Então, você simplesmente não quer sumir, né Amanda?

Crítica:
(Spoilers Abaixo)

Já basta as crises de retorno que Emily tem quando deixa a Amanda tomar o controle, agora ela vai ter que lidar com a amiga fingida. É sério, a garota veio pra ficar e todo mundo soube disso quando ela não entrou naquele avião. Mas vocês sabem, a garota está longe de fazer mal a melhor amiga, porque elas são como irmãs.

Então, o que a garota quer? Simples, família, amigos, cerca branca, um cachorro no jardim e pessoas com quem pode conversar. Isso é normal, já que qualquer pessoa quer uma vida mansa, e quem disser que não está mentindo, ou simplesmente ainda não se deu conta de que viver bem é o mais importante. Só que ter tudo isso longe não é o bastante para Amanda. Ela quer ficar ao redor da amiga, ser amiga dos amigos dela, namorar sua paixão de infância e por fim, e com certeza mais importante, ela definitivamente se transformou na Amanda, com direito a fingimento e tudo. O que Emily vai fazer agora que sua melhor amiga está namorando o amor da sua vida?

Mas não é apenas Emily quem está on the edge, finalmente parece que o mundo de Victoria e Conrad será balançado por coisas sérias. Os caras colocaram um inocente na cadeia há anos atrás e deixaram sua filha – uma inocente criança – desamparada e a única penitencia foi viverem na mordomia olhando um pra cara do outro todos os dias, se arrependendo de terem casado, como se isso fosse o suficiente. O celular de Frank foi encontrado na mansão e eu acho que isso ainda vai render muito, assim como o caso Lydia, que cada diz fica mais interessante. Será que ela depõe contra a Victoria e revela que foi ela quem mandou Frank matá-la? Porque é isso que ela pensa, tanto é que está com medo da mulher.

Medo que Declan desconhece, já que ele desafiou a mulher junto da namorada e armaram um plano pra tirar a grana da vovó Vic. Mas foi culpa dela, né? Quem mandou oferecer dinheiro pro garoto se afastar da filha? Ele enrolou, pegou o dinheiro e ainda ficou com Charlotte, que concordou completamente com este plano. Eu realmente adoro a personagem, pra quem não fazia nada além de embelezar a série, ela está se saindo muito bem.

Ah sim, precisamos falar sobre eles, não é? Depois que as coisas esquentaram entre Nolan e Tyler, eles viraram o casal gay vivo preferido do mundo dos seriados, já que os de American Horror Story são melhores, mas estão mortos. Nolan acabou descobrindo que o amante tinha o discurso de Lydia e acabou embarcando no plano de Emily, de investir em seus negócios para no futuro destruir o gigolô. Legal mesmo foi a cena em que Ashley os flagrou se beijando, a garota teve um treco, mas depois percebeu que se quisesse ser alguém, precisava entrar no jogo e não ter piedade. Será que no futuro ela vai se tornar uma oponente da Emily? Quem sabe né, mas difícil mesmo é ela aceitar o ‘trabalho’ do seu namorado numa boa. E não é homofobia, já que Tyler poderia beijar quantos homens quisesse, contanto que não estivesse com ela.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário