sábado, 19 de novembro de 2011

[Crítica] Revenge - 1x08: Treachery

Amizade eterna é assim.

Crítica:
(Spoilers Abaixo)

Após duas semanas de desespero, finalmente os fãs puderam se deliciar com mais um episódio de Revenge. E eu realmente não sei o que vou fazer quando a série entrar em Hiatus, uma semana sem a história de Emily Thorne é capaz de deixar qualquer um louco. Ainda mais depois que os fãs assistiram a promo deste episódio, Emily parecia tão ferrada que sua vingança poderia até ter um fim. Mas no fim, não aconteceu nada além de duas histórias envolvendo melhores amigas e como é difícil mantê-las... Ou simplesmente fazê-las lembrar das coisas.

E sim, Frank está mesmo morto, mas como Revenge é quase uma novela mexicana ele pode muito bem voltar ao estilo Paola Bracho e ferrar a vida da Emily, só que os mocinhos ainda precisam lidar com o foto da nova Amanda ter matado o cara. Por que melhores amigas fazem tudo uma pela outra, não é? E quando viu que o cara podia ferrar a BFF, Amanda tratou de dar um jeito no vilão. Agora só faltava tirá-la do país para evitar qualquer suspeita. O problema é que a garota é apaixonada pela Emily, ou pelo menos é isso que eu acho. Ela faz tudo pela garota, quer ficar sempre perto, pediu até pra fugirem juntas e se sentiu mal quando viu a garota abraçada com Daniel, só pode ser paixão né?

Acho que Amanda ainda rende, porque ela parece ter muitas duvidas sobre deixar Emily. O problema é que enquanto ela tem um amor verdadeiro de sobra para dar, Emily apenas a usou e finge que elas são como irmãs. Isso foi comprovado quando apareceu um flashback em Cristo do tempo delas no reformatório, uma mulher convenceu Emily de que era mais fácil fingir ser amiga de Amanda porque assim ela faria o que ela quisesse. Só quero ver o que vai acontecer quando a assassina descobrir, vai encarnar a Beatrix Kiddo e sair retalhando todo mundo com sua espada da dignidade.

Mas se vocês pensam que Emily esqueceu o caso Lydia por causa da irmã malvada, realmente não sabem o que significa Revenge. Convenientemente, Lydia não lembrou de muitas coisas das ultimas semanas após acordar do coma, mas Emily logo tratou de fazer uma montagem na foto em que aparece só pra confundir mais a cabeça da loira. É claro, com a ajuda de Nolan, já que sem ele Emily não conseguiria nem escrever a primeira sílaba da palavra ‘vingança’. E o cara ainda deixou a irmã malvada ficar na casa dele uns dias enquanto ela cuidava de tudo pra garota sumir, pelo menos até descobrir que Amanda está suja com o sangue de Frank.

No final, Emily conseguiu contornar a situação, pelo menos por enquanto. Lydia e Victoria já estão mais próximas apesar do adultério e depois que Emily as fez acreditar que estavam enganadas em relação as fotos, com certeza seu único drama vai girar em torno da lembrança de Lydia, que está voltando bem rápido, viu? E não podemos esquecer do Tyler também né? Ele não aprontou das suas neste episódio, mas xeretou lindamente e no final ainda juntou os pedaços da carta de confissão que Lydia usaria para expor os Grayson. Será que rola uma chantagem ou com uns beijinhos do Nolan ele fica calminho?
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário