terça-feira, 29 de novembro de 2011

[Crítica] Once Upon A Time - 1x05: That Still Small Voice


Quem vai se preocupar com a vida social quando se está no buraco, literalmente?

Crítica:
(Spoilers Abaixo)

Sim, ficamos uma semana inteira sem um pouco de magia em nossas vidas por causa de um mini-hiatus, mas agora Once Upon a Time voltou com tudo. Bem, "com tudo" em partes. A série continua ótima, desenrolando muito bem sua proposta e fazendo grandes trabalhos com os personagens nos contos de fadas, mas eu estou um pouco cansado de acompanhar a Emma ajudando aquela gente e não fazendo a mínima idéia de que tudo aquilo é real. Quando acompanhei o primeiro episódio, achei que ela iria descobrir logo nos próximos episódios, até porque, de que mais sinais a personagem necessita?

Enfim, pelo menos neste episódio, ela voltou a suspeitar que o Henry possa ter mais do que apenas uma mente fértil. Deu para perceber que ela ficou um pouco abalada ao ligar o desabamento do túnel com o fato dela estar "criando raízes", se estabilizando em StoryBroke. E são tantas deixas jogadas na cara da personagem, é que estranho ela não duvidar. Eu entendo que é muito difícil acreditar nesta baboseira de conto de fadas que uma criança anda espalhando numa cidade localizada no fim do mundo, mas, mesmo assim, temos muitos indícios que provam exatamente o que está acontecendo.

Primeiro de tudo, Henry pode ter a mente fértil, mas ele não é Gandhi. Ele não podia imaginar, fantasiar e/ou inventar sobre os fatos que ele não presenciou. E o pior, o garoto sempre está certo em relação a tudo. E me diga mais uma coisa, será que a Emma não achou nem um pouco suspeito a Malvadona ter um pé de maçãs no jardim? Hello, o que falta para você ver? A Malvadona te tacar uma maça na cara? Acredite, vai doer. Enfim, eu desabafei porque estava precisando dizer isso, meu dedo estava coçando. Eu só acho que algo realmente importante deveria acontecer, pelo menos alguém deveria descobrir a verdade. Mas parece que todos ficarão no "escuro", pelo menos por mais alguns episódios.

Acho que a Professorinha está bem perto de descobrir a verdade. Toda aquela relação com o Principe desmemorizado é um dos pontos mais fortes da série. Tudo bem que eu estava achando toda aquela melação bem boba no começo, até porque, achava a Professorinha muito sem sal, mas acho que acabei me acostumando com o jeito "delicado" dela. E ela realmente combinada com o sem-memória, apesar dele estar comprometido com uma qualquer. Sinceramente, não entendo o drama. Queridos, vocês estão no mundo real, já ouviram falar de separação? Enfim, acho que este casal vai render nos próximos episódios, duvido que eles manterão esta vibe "amigos 4ever" por muito tempo.

Esta semana, até o clássico "Emma VS Malvadona" esfriou. Ela tiveram que trabalhar em equipe para retirar o Henry de dentro do túnel maldito. É claro que a Malvadona nunca iria abaixar o nariz para a rival, mas, desde o primeiro episódio, estamos acostumados com brigas bem mais interessantes (ainda morro só de pensar na Emma com a serra elétrica, "your move"). Como já era previsto, todos saem lindos e intactos, inclusive o Sr. Grilo Falante, que - só Jesus sabe como - conseguiu segurar na corda. Sabe como é, ninguém realmente morre em um conto de fadas... Ou morre? O importante é soubemos mais do Sr. Grilo e as consequências de sua pequena "artimanha" permanecem até nos dias atuais. Trágico! Aliás, eu simplesmente AMEI quando o Sr. Grilo acabou com a moral da Malvadona, foi a melhor cena do episódio, definitivamente.

O Shrek-Feiticeiro também foi outro que não teve muito destaque. Ele apenas apareceu rapidamente para fazer uma poção para o Sr. Grilo. É interessante, mesmo que sem muito significado no momento, saber que o Shrek praticamente liga todos os núcleos dos flashbacks. Pelo amor de Deus, o cara está em todos os lugares, oferecendo magias, poções, contratos satânicos, a varinha do Harry Potter, o nariz do Voldemort e outras milhões de bugigangas pelo caminho. Enfim, o texto pode ter parecido um pouco pejorativo, mas era apenas um detalhe que eu queria compartilhar com vocês. Espero que a série ainda me surpreenderá e acho que não irá demorar muito. Quem aí troca um feitiço por uma barra de chocolate?
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
2 Comentários

Comentário(s)

2 comentários:

  1. Adorei o episódio.

    Concordo com a crítica em partes. Também acho que eles precisam desenvolver mais o lance da Emma acreditar logo no Henry e nos poupar um pouco dessa coisa "tapada" que ela está sendo.
    Adorei também ela dizendo pra Malvadona - amei o apelido, haha - que o Henry também era filho dela.

    E eu adoro a Snow White e eu não acho ela sem sal. :( rs
    Acho que ela não combinou muito bem com o papel que colocaram ela no terceiro episódio, que era ela roubando o Príncipe Gostosinho e tal. Achei que ela representa algo tão delicado que dificilmente imaginaria ela como ladra se o seriado não tivesse traçado esse rumo.

    Logo de início não fiquei muito animado quando vi que o episódio iria tratar sobre o passado do Grilo, mas até que me simpatizei por ele e todo o drama de tentar ser livre, aqueles pais rabujentos e tudo o mais.

    Enfim... Só isso. Ótima crítica e adorei o blog, já favoritei aqui, haha.
    Adoro ler reviews, críticas e tal.
    Parabéns. õ/

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente com a crítica, realmente acho que ja esta na hora de Emma acreditar em Henry. Sobre a Snow, depois do terceiro episódio passei a gostar dela, acho que realmente vai render coisas boas no drama. Agora o que vai render realmente, eu acho, é aquele espelho da ultima cena. Não vejo a hora de saber mais. E sim, sei que estou bastante atrasada em relação a série, aoeioei. Alias, estou adorando as reviews que vi até agora. Bjos, by: Hemi

    ResponderExcluir