quarta-feira, 23 de novembro de 2011

[Crítica] Hart of Dixie - 1x08: Homecoming and Coming Home


Lavon: Eu disse que te amo, você não pode me ignorar.
Nefferson: É, ela pode!

Crítica:
(Spoilers Abaixo)

Ai, gente! O hiatus está chegando - Calma! Não é semana que vem, mas sem ser esta, a outra. Hart of Dixie simplesmente chegou para alegrar a minha semana, como poderia ficar meses sem poder assistir a atrapalhada Zoe? Sim, eu sofro antecipadamente. Mas pelo menos com o hiatus (e as férias), ficamos livres para assistir aquelas séries que deixamos para trás. É o tempo para dar uma segunda chance aquelas que não nos conquistaram de primeira ou simplesmente ainda não tivemos a chance de acompanhar. Vocês já planejaram o que vão fazer com seu tempo livre? Eu já, Dexter e Game of Thrones me aguardam.

Enfim, vou parar de falar dos meus planos e focar no episódio, que eu achei que seria o mais fraco de todos, mas acabou me surpreendendo, como sempre. Eu pensei que não iria gostar porque, logo na promo, já sabia que a Zoe iria se dar mal. Dar uma festa Novaiorquina em Bluebell? Sério que você se atreveu a fazer isso, Dra. Hart? Eu tinha achado sem sentido e difícil de engolir, tudo bem que a protagonista é um pouco atrapalhada, mas ela já devia saber que fazer uma festa dessas nunca renderia boa coisa. Para minha surpresa, o roteiro formou esta confusão de uma forma interessante e também dividiu o episódio em dois núcleos fantásticos.

No primeiro núcleo, temos a Zoe Hart, é claro. Lavon pediu para ela organizar uma festa simples, mas ela se enrolou, ligou para uma amiga patricinha de Nova Iorque e, quando menos esperava, a garota já estava tirando a lama de BlueBell de seu salto, no meio de sua sala. Parece que a cidadezinha não fica tão longe assim da cidade grande, afinal. Como um bom curioso, eu já sabia muito bem o que aconteceria. A amiga da Zoe simplesmente surtou e preparou uma festa de proporções épicas, pelo menos para os padrões da cidade. Achei muito engraçado os moradores desnorteados com tanto brilho e cores exóticas. Morri de rir quando a velha não bebeu uns bons drink porque ele era roxo.

Mas até que a Zoe não teve culpa disso, quando ela deu por si, a festa já estava armada. A amiga dela foi uma ótima personagem. Apesar de ser fútil até o último fio de cabelo loiro, ela tirou o veterinário Judson (É esse o nome dele?) de vez do caminho da Zoe. Primeiro ficamos o episódio inteiro achando que ele era gay, e realmente parecia, uma vez que ele se mostrou um fã assíduo de Burlesque. Mas imaginem minha cara de surpresa quando a Zoe pega sua amiga e o Dr. Dolittle no meio de uma "consulta" na cama. Definitivamente não é gay e agradeço muito a amiga dela, porque parece que a quase-história com o veterinário acabou por aí. Pensei que renderia mais, mas graças a Deus acabou ainda que eu ficasse cansado.

Do outro lado do episódio, estava o trio ternura: Wade, George e... Lemon (Oi?). Fiquei surpreso em saber que eles eram inseparáveis nos tempos de escola e que a Lemon aprontava todas. Queria poder ver dessa garota espontânea que as vezes ela demonstra ser. Definitivamente a personagem vem crescendo. Começou como uma vilã qualquer e atualmente consegue nos fazer torcer por ela. E tenho que reconhecer, ela é boa para fazer maldades. A idéia dela para fazer o cara se tornar irmão do gênio da lâmpada do Aladdin foi simplesmente diabólica. Pena que acabou mal e até a Zoe teve que entrar nesta enrascada. Mas eu simplesmente adorei a dupla Wade&Lemon, quem diria!

Por fim, tivemos uma cena fofa entre a Zoe e o Lavon, comendo caranguejos. Além disso, ainda tivemos o pequeno interrogatório do Wade, querendo saber se a Zoe tinha beijado o Judson. Vai que é tua, garoto! Está desimpedido. Parece que o Lavon&Lemon está na beira do precipício, se tiver mais uma pressão, a Lemon irá cair nos braços do amado. Estou sentindo isso, não vai demorar muito. Eu só espero que a Zoe dê uns beijos logo no Wade, está demorando sair uma pegação frenética. OBS: Fiquei surpreso com os comentários. Então quer dizer que o George também é amado por vocês? Choque eterno.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
3 Comentários

Comentário(s)

3 comentários:

  1. Gostei da crítica! Ansiosa pra maiores acontecimentos entre Zoe e Wade também haha Team Wade *-*

    ResponderExcluir
  2. Team Wade sem dúvida!!! Wade e Zoe juntos transbordam química... Casal perfeito!

    ResponderExcluir
  3. Você deveria acrescentar 'Misfits' na sua lista do que fazer no tempo livre... a série começa como quem não quer nada e depois arrebenta. Diria que é uma das melhores séries da atualidade... e a melhor do gênero!!!
    Gostaria de ler a sua opinião sobre ela.

    (TEAM WADE)

    ResponderExcluir