quarta-feira, 16 de novembro de 2011

[Crítica] Gossip Girl - 5x07: The Big Sleep No More

Liguem pra imigração, tenho uma britânica para denunciar.

Crítica:
(Spoilers Abaixo)

Ah, tadinha da Charlie, ela poderia conquistar qualquer homem em Manhattan, mas roubou mesmo o coração de Nate Archibald. Não que isso seja ruim, mas ela quase iniciou a terceira guerra mundial por causa do ciúmes da Diana (finalmente lembrei do nome). E pra ela terminar como a estela do episódio – Apesar de Blair e Chuck terem tentado viver outro drama – nada melhor que trazer ex namorados pra acabar de vez com a felicidade dos quase sortudos.

Durante os episódios anteriores eu me perguntei se o ex namorado da Charlie/Ivy ficaria realmente esquecido na história ou apareceria só pra causar mais dor de cabeça na garota. Bom, e parece que os roteiristas ouviram minhas preces, porque o cara não só apareceu em Nova York, mas como também quase ficou de romance com Serena Van Der Woodsen. E eles até que fizeram um belo quase casal, não é? Eu queria que tivesse dado certo, mas é claro que Diana aproveitaria todas as oportunidades para prender Nate, manter Serena trabalhando com ela e provar a Charlie que Nate é só dela.

E como fazer tudo isso usando apenas o reaparecimento do ex namorado de Charlie? Bom, tem que ser psicopata como Diana pra armar toda uma situação onde ela não se prejudica. Primeiro ela fez Charlie convidar Nate pra uma festa de máscaras, depois convenceu Serena de que ela e o ex de Charlie deveriam ir pra mesma festa juntos, e eu até pensei que iria ter barraco. Mas as britânicas têm classe, minha gente, nunca se prestariam a um vexame desses quando podem conseguir o que querem por debaixo dos panos.

Ela deu um jeito de fazer Serena pensar que tinha levado um bolo de Max só para uma desconhecida fotografá-la pra ela sair novamente na Gossip Girl e poder sentir vontade de se defender. Depois, Diana deu um jeito de Charlie beijar Max pensando que era Nate, tudo isso enquanto o corno Archibald prestava atenção. A conclusão disso tudo se deu ao fato de Max começar a correr atrás de Serena, Charlie ser despedida, Nate decidir que tem que ficar com Diana e Serena aceitar continuar trabalhando em seu blog, já que ficou furiosa quando a Gossip Girl ofendeu sua prima no blog. Mal ela sabe que tudo isso foi armação da Diana, que além de conseguir tudo o que queria, ainda nos revelou o fato de que só está com Nate para satisfazer as vontades de seu avô. Fazia um tempinho que ele não dava as caras, não é? Mas como quem é vivo sempre aparece – apesar de parecer quase morto de tão velho – o cara demonstrou que está afastado, mas nunca vai desistir de controlar a vida de seu neto.

E com tudo isso acontecendo, como Blair e Chuck poderiam ganhar destaque dessa vez? É sério, o drama de Dan e o recém fracasso de seu livro foi bem mais interessante que as tentativas frustradas de Blair para provar que Chuck não mudou nada. Mas pra que isso? Só pra no final ele dar mais uma prova do seu amor e insistir em fazer Blair se libertar dele? Achei desnecessário, porque eu sabia exatamente o que iria acontecer. Chuck provou a Blair que não mudou apenas para fazê-la se focar em Louis novamente enquanto ele tenta não ser um monstro. As cenas do casal já foram melhores, né? E também tinham um propósito maior, mas ainda espero que o romance entre Blair e Louis termine antes da Mid-Seaosn Finale, não dá pra esperar até o casamento deles que provavelmente acontecerá na Season Finale né? Aliás, todo mundo já sabe que o episódio inteiro será dedicado a Blair tendo o filho, isso se ela não perdê-lo antes. Ta na hora do roteiro nos surpreender.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário