sexta-feira, 25 de novembro de 2011

[Crítica] American Horror Story - 1x08: Rubber Man

It's a very mad world.

Crítica:
(Spoilers Abaixo)

Dizem que de medico e louco, todo mundo tem um pouco, mas se você começar a ver fantasmas, eu tenho péssimas notícias. Já estava na hora dos protagonistas saberem o que acontece naquela casa e o que significa continuar morando nela, não é? Pena que ver fantasmas não é uma qualidade forte de pessoas sãs, já que apenas os crentes conseguem se salvar de uma camisa de força quando começam com esse lance.

E foi um dos episódios onde mais pudemos torcer pela nossa protagonista. É sério, quem a viu no remake de A Hora do Pesadelo interpretando uma mãe cheia de segredos não sabia que a mulher poderia se tornar a heroína de uma história de terror envolvendo uma casa assombrada. Isso porque os espíritos também ajudaram, né? E eu que antes pensava que era patético espíritos derrubarem as coisas e mover objetos, mas dessa vez eu entendi. Já que estão mortos, sua única diversão é enlouquecer os vivos, e cérebros que estão sendo comidos por minhocas possuem uma criatividade sem tamanho.

Mas, apesar de ter sido um ótimo episódio para Vivien e as loucuras do fantasma biscate de Hayden, Violet nãos e saiu tão bem. Sim, ela protagonizou algumas cenas românticas com Tate e até teve sua primeira vez, só que ela ajudou a ferrar a vida da mãe quando decidiu não dizer a verdade, fazendo todo mundo acreditar que a mulher era louca. Isso não se faz, Violet, existem tantos outros namorados fantasmas assassinos por aí enquanto sua mãe é única. Pelo menos Vivien conseguiu sair daquela casa, por isso aceitou feliz que precisava de um tratamento.

Só quero ver o que a Hayden vai fazer agora que Vivien não mora mais na casa. Porque né, vocês sabem, mulheres que engravidam, mas não têm a chance de carregar seu filho nos braços acabam enlouquecendo, principalmente depois de morta. Ela acabou se juntando a loira do mal e fizeram um acordo: Cada uma ficaria com um bebê de Vivien, porque elas acham que merecem mais.

E pra mais duvidas serem esclarecidas, finalmente tivemos uma explicação sobre o “homem de borracha’. Ele chegou na série como quem não queria nada e estampou o pôster, depois engravidou a protagonista, sem falar que no halloween passado matou um casal de gays. E eu fiquei surpreso quando foi revelado que ele era o Tate, acho que ninguém esperava por essa. O pior é que ele é o pai dos filhos da Vivien e só a engravidou porque a loira maternal que teve o filho transformado num alien queria um bebê. Pra completar, ele só matou o casal gay porque eles tinham desistido de colocar uma criança naquela casa.

Parece que o Tate não é mais tão inocente, né? Ele não sabe que está morto, mas nunca hesitou em matar ninguém. O que será que ele faria se a Vivien perdesse os bebês? Ela teria o mesmo destino do casal gay ou ele não faria nada por causa do que sente pela Violet? OBS: Tate é fértil, se a Violet aparecer grávida vai ser o cúmulo da bizarrice.
Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...
Comentários
4 Comentários

Comentário(s)

4 comentários:

  1. Eu já não gostava da Violet desde o primeiro episódio, nesse eu odiei ainda mais!

    ResponderExcluir
  2. realmente a Violet com aquela cara menina rebelde suicida é de #matar

    ResponderExcluir
  3. OI, O QUE SERÁ QUE DEVEMOS ESPERAR PARA O PROXIMO EPISODIO SE NOSSA PROTAGONISTA ESTA LONGE DA "MURDER HOUSE" , SEM ELA ACHO QUE VAI PERDER A GRAÇA , PQ TA SEM GRAÇA PASSA UM EPISODIO OLHANDO O TATE ENGRAVIDANDO AS PESSOAS . . .

    ResponderExcluir
  4. Adorei a crítica e sinceramente, pra mim, só ficou claro nesse episódio quem era a protagonista, apesar dos posters e tal. Enfim, antes até tinha uma simpatia pela Violet, não tirava a razão dela por ser revoltada, afinal, seus pais estavam mudando a vida dela sendo que os irresponsáveis eram eles, e - cá entre nós - isso é entre eles, não precisam arrastar a menina pra isso. Porém, nem isso justifica o que essa jumenta fez nesse episódio.

    O que eu tô ficando meio doido de tanto pensar na teoria é do porquê tem tanta gente realmente PRESA na casa, que não pode sair de lá enquanto a Moira pode cambalear pra lá e pra cá, O Tate também pode vagabundear pra todos os cantos e tal.

    E provavelmente, agora a Viv vai perder os bebês - pelo menos na teoria, uma vez que todas as vezes que ela saía da Murder House acabava passando mal. Imagine agora que ela vai passar umas "férias" no manicômio? haha

    Estou me simpatizando cada vez mais pela protagonista - que agora eu sei quem é.
    E quanto ao Tate ser o Rubber Man, pra mim tava mais do que na cara. Nem fiquei surpreso quando ele tirou a máscara. Mas que ele fica sexy demais naquela roupa, ah, ele fica.

    ResponderExcluir